30dez/13

Café com a Presidenta: Apostar no Brasil é o caminho mais rápido para todos saírem ganhando

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Café com a presidenta

O programa semanal de rádio Café com a Presidenta foi ao ar nesta segunda-feira (30) com a mensagem de fim de ano de Dilma Rousseff. A presidenta fez um balanço das principais ações do governo em 2013 e afirmou que apostar no Brasil é o caminho mais rápido para todos saírem ganhando. Ela também disse que 2014 será ainda melhor para todos os brasileiros.

“Não existe nada mais importante para mim do que ver as famílias brasileiras melhorando de vida, mais felizes, mais tranquilas e mais satisfeitas com o fruto do seu trabalho. Por isso, sinto alegria de poder tranquilizar vocês dizendo-lhes que entrem em 2014 com a certeza que o seu padrão de vida vai ser ainda melhor do que você tem hoje. Sem risco de desemprego, podendo pagar suas prestações, em condições de abrir sua empresa ou ampliar o seu próprio negócio. Entrem em 2014 com toda energia e otimismo e com a certeza de que a vida vai continuar melhorando”.

A presidenta celebrou a vitória do governo na luta em defesa do emprego e da valorização do salário dos trabalhadores e disse que vai continuar dialogando com os trabalhadores e os empresários sobre os rumos da economia brasileira.

“Temos que agir sempre de forma produtiva e positiva tentando buscar soluções e não ampliar os problemas. Se alguns setores, seja porque motivo for, instilarem desconfiança, especialmente desconfiança injustificada, isso é muito ruim. A guerra psicológica pode inibir investimentos e retardar iniciativas. Digo aos trabalhadores e empresários que continuo disposta a ouvi-los em tudo que for importante para o Brasil. Digo aos trabalhadores e aos empresários que apostar no Brasil é o caminho mais rápido para todos saírem ganhando. O governo está atento e firme em seu compromisso de lutar contra a inflação e de manter o equilíbrio das contas públicas. Sabemos o que é preciso para isso e nada nos fará sair desse rumo”.

Confira a íntegra


Leia

Powered by WPeMatico

29dez/13

Dilma: Padrão de vida dos brasileiros vai ser ainda melhor em 2014

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff disse neste domingo (29), durante pronunciamento em cadeia nacional de rádio e TV, que em 2014 o padrão de vida dos brasileiros vai ser ainda melhor. Dilma afirmou que as dificuldades enfrentadas não foram capazes de interromper o ciclo positivo que o país vive e que tem garantido que a vida dos brasileiros melhore gradativamente a cada ano.

“Sinto alegria de poder tranquilizar vocês dizendo-lhes que entrem em 2014 com a certeza que o seu padrão de vida vai ser ainda melhor do que você tem hoje. Sem risco de desemprego, podendo pagar suas prestações, em condições de abrir sua empresa ou ampliar o seu próprio negócio. Entrem em 2014 com toda energia e otimismo e com a certeza de que a vida vai continuar melhorando”.

No pronunciamento, Dilma Rousseff falou sobre a firme ação do governo para garantir o equilíbrio fiscal e reduzir impostos e lembrou que o Brasil alcançou em 2013 o menor índice de desemprego da história.

“Não deixamos em nenhum momento de lutar em favor de todos os brasileiros em especial dos que mais precisam. Com o olhar muito especial para os jovens, para as mulheres e para os negros (…) reforçamos o programa Brasil sem Miséria e estamos a um passo de acabar com a pobreza absoluta em todo o território nacional”.

Em relação ao cenário econômico, a presidenta disse que é preciso agir sempre de forma produtiva e positiva tentando buscar soluções e não ampliar os problemas. Segundo Dilma, se alguns setores, seja porque motivo for, instilarem desconfiança, especialmente desconfiança injustificada, podem inibir investimentos e retardar iniciativas.

“Digo aos trabalhadores e empresários que continuo disposta a ouvi-los em tudo que for importante para o Brasil. Digo aos trabalhadores e aos empresários que apostar no Brasil é o caminho mais rápido para todos saírem ganhando. O governo está atento e firme em seu compromisso de lutar contra a inflação e de manter o equilíbrio das contas públicas. Sabemos o que é preciso para isso e nada nos fará sair desse rumo”.

A presidenta concluiu o pronunciamento com uma mensagem de otimismo sobre o futuro do país e desejando um ano novo cheio de felicidade e prosperidade para todos os brasileiros.

“O Brasil tem passado, tem presente e tem muito futuro. Existem poucos lugares no mundo onde o povo tenha melhores condições de crescer, melhorar de vida e ser mais feliz. É isso que sinto Brasil afora, é isso que sinto coração adentro”.

Confira a íntegra


Leia

Powered by WPeMatico

27dez/13

Cumprimos a nossa meta de 2013 e nosso compromisso com a reforma agrária, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Twitter

Em sua conta no Twitter, nesta sexta-feira (27), a presidenta Dilma Rousseff anunciou a desapropriação de 92 áreas para fins de reforma agrária. Com a publicação do decreto no Diário Oficial da União, ela lembrou que, ao longo do ano, foram 100 imóveis desapropriados, o que cumpre a meta de 2013 e o compromisso do governo federal com a reforma agrária para beneficiar mais de 4 mil famílias.

“Assinei hoje decreto desapropriando 92 áreas para a reforma agrária. Com as oito áreas que já tinham sido desapropriadas ao longo de 2013, chegamos a 100 desapropriações. Assim, cumprimos a nossa meta de 2013 e nosso compromisso com a reforma agrária. As 92 áreas destinadas à reforma agrária por meio dessas desapropriações somam 193,5 mil hectares e beneficiarão 4.670 famílias. São áreas em 15 estados: BA, CE, ES, GO, MAMG, MT, PB, PE, PI, RN, SC, SE, SP e TO, além do DF”, afirmou a presidenta.

Além das desapropriações, Dilma anunciou a publicação de medida provisória que beneficia a liquidação de dívidas dos assentados e que prevê novas regras para concessões de crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).


Leia

Powered by WPeMatico

27dez/13

Dilma: Nossa prioridade neste momento é salvar vidas e assegurar abrigo

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Twitter

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta sexta-feira (27), em sua conta no Twitter, que a prioridade do governo federal é salvar vidas e assegurar abrigo. Dilma esteve hoje em Governador Valadares, em Minas Gerais, para sobrevoar áreas alagadas e articular ações de apoio às populações atingidas.

“Estive hoje em Minas Gerais acompanhando a assistências às vítimas das chuvas que desabrigaram 10 mil pessoas. Nossa prioridade neste momento é salvar vidas e assegurar abrigo. Não temos como impedir desastres naturais como as chuvas, mas estamos trabalhando firmemente para impedir que uma vida sequer seja perdida. Temos sempre de fazer mais. O governo federal criou, em 2012, e colocou à disposição dos prefeitos e dos governadores, o cartão eletrônico da Defesa Civil, para gastos de enfrentamento de desastres naturais. O cartão evita a burocracia, torna mais rápido e transparente o gasto. Desde então, por meio do cartão, foram liberados R$ 613 milhões para estados e municípios. Este cartão só pode ser usado quando é decretado estado de emergência. Pode ser empregado na assistência às vítimas e nas ações de resgate e proteção dos desabrigados”, disse.

A presidenta, que participou hoje de reunião com o governador de Minas Gerais, Antonio Anastasia, também falou sobre os investimentos do governo federal em obras de drenagem e proteção de encostas.

“Na prevenção de desastres naturais, o governo federal contratou R$ 19 bilhões em investimentos. São obras em drenagem urbana, proteção de encostas e proteção de cheias. R$ 13,6 bilhões de recursos a fundo perdido do Orçamento e R$ 7,7 bilhões de financiamento com 20 anos para pagar, 6% de taxa de juros e 4 anos de carência. Para maior rapidez e eficiência na realização desses investimentos, assinei ontem MP que simplifica a liberação dos recursos federais relativos às ações de prevenção realizadas pelos municípios e estados. Com essa MP, prefeitos e os governadores poderão planejar, fazer projetos e mais rapidamente investir na prevenção dos desastres naturais”.


Leia

Powered by WPeMatico

27dez/13

Dilma Rousseff visita Minas gerais e sobrevoa áreas atingidas por chuvas

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Dilma sobrevoa áreas alagadas na região de Governador Valadares. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma sobrevoa áreas alagadas na região de Governador Valadares. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Para reforçar o apoio federal a Minas Gerais em decorrência das recentes chuvas, a presidenta Dilma Rousseff esteve nesta sexta-feira (27) no município de Governador Valadares e sobrevoou regiões alagadas. Acompanhada de comitiva de ministros, a presidenta participou de reunião com o governador do estado, Antonio Anastasia, para articular ações de apoio às populações atingidas.

“Eu vejo uma grande parceria entre nós e um espírito de cooperação que tem de imperar nessas horas. Nessas horas nós temos de esquecer que temos divergências políticas, ou que somos de partidos distintos, ou, enfim, que um torce por um clube de futebol, outro torce por outro clube de futebol. Temos de atuar como um organismo salvando a população. Para isso eu fui eleita, ele [governador de Minas Gerais] foi eleito, a prefeita foi eleita, os prefeitos foram eleitos”, afirmou.

Minas Gerais receberá dois kits de medicamentos, atendendo solicitação para assistência à população dos municípios de Aimorés e Governador Valadares. Cada kit é composto por 48 itens (30 tipos de medicamentos e 18 insumos para primeiros-socorros) e pode atender 1.500 pessoas por mês. Além da comunicação diária com as autoridades das regiões atingidas, o Ministério da Saúde já deslocou dois coordenadores nacionais da Força Nacional do SUS para acompanhar o trabalho realizado e identificar a necessidade de envio de mais medicamentos.

Por meio do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (CENAD), gerenciado pela Secretaria Nacional de Defesa Civil, o Ministério da Integração Nacional acompanha diariamente a ocorrência das chuvas e envia os alertas necessários às defesas civis municipais. Além disso, especialistas em diversas áreas prestam assistência técnica em defesa civil aos municípios mineiros. Também foram instalados radares meteorológicos nos municípios mineiros de São Francisco, Três Marias e Almenara.

Em Minas Gerais, o Ministério das Cidades, por meio da Secretaria Nacional Acessibilidade e Programas Urbanos, investe em 33 intervenções um total de R$ 455 milhões. Em Minas Gerais, os investimentos em drenagem somam R$ 2,177 bilhões. Também há investimentos de R$ 6,3 milhões para elaboração de projetos de drenagem urbana sustentável.


Leia

Powered by WPeMatico

27dez/13

Trecho da BR-040 entre o Distrito Federal e Minas Gerais é arrematado com deconto de 61% no pedágio

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A empresa Investimentos e Participações em Infraestrutura (Invepar) venceu o leilão pela concessão de trecho da BR-040, entre o Distrito Federal e Minas Gerais, por um período de 30 anos. Com a oferta de R$ 3,22 para cada praça de pedágio, o valor representa um deságio de 61,13% em relação ao valor máximo estipulado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que era de R$ 8,30 para cada 78 km. Oito grupos participaram do leilão, realizado nesta sexta-feira (27), em São Paulo.

O edital do último leilão de concessão de 2013 prevê a execução dos serviços de duplicação, recuperação, manutenção, conservação, operação, implantação de melhorias e ampliação de capacidade de 936,8 quilômetros da rodovia que passa pelo DF, por Goiás e termina em Juiz de Fora (MG). Em 30 anos, os investimentos na BR-040 estão estimados em R$ 7,92 bilhões.


Leia

Powered by WPeMatico

26dez/13

Ministério da Saúde anuncia ações para assistência e resgate às vítimas nas regiões atingidas por chuvas

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou nesta quinta-feira (26), durante videoconferência com autoridades do Espírito Santo e de Minas Gerais, novas medidas para atender as demandas das regiões atingidas por fortes chuvas nos últimos dias. Ainda hoje, serão enviadas mais duas toneladas de medicamentos e insumos para o Espírito Santo, além de reforço para o transporte de vítimas do desastre, com a disponibilização de veículos e equipes. Minas Gerais receberá dois kits de medicamentos, atendendo à solicitação do estado para assistência à população dos municípios de Aimorés e Governador Valadares.

Com o envio de mais medicamentos para o Espírito Santo, o estado contará com 20 kits de socorro da Força Nacional do SUS, equivalente a quatro toneladas de produtos como antibióticos, anti-inflamatórios, ataduras, entre outros insumos. Essa quantidade é suficiente para atender 30 mil pessoas por mês. Além disso, o estado receberá quatro ambulâncias 4×4, que deverão chegar até o fim de semana, e três equipes de resgate aéreo. Cada equipe é composta por um médico, um enfermeiro e um técnico de enfermagem.

“Além de mantermos comunicação diária com as autoridades das regiões atingidas, estamos deslocando ainda hoje dois coordenadores nacionais da Força Nacional do SUS para acompanhar ainda mais de perto o trabalho que está sendo realizado nos estados e ver a necessidade de envio de mais medicamentos, como também de equipamentos e profissionais da Força Nacional do SUS especializados em situação de desastre para garantir a assistência à população atingida”, disse Padilha.

Para garantir a qualidade da água de consumo nas regiões atingidas, serão enviados para o Espírito Santo adicional de 10 mil frascos de hipoclorito, composto químico usado na desinfecção de água potável e essencial nesse tipo de situação. O estado já havia recebido 20 mil frascos.


Leia

Powered by WPeMatico

26dez/13

Vítimas de tragédias naturais terão assistência mais rápida, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Twitter

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta quinta-feira (26), em sua conta no Twitter, que as vítimas de tragédias naturais terão assistência mais rápida com a publicação da medida provisória que agiliza o envio de recursos públicos federais para dar suporte às ações de prevenção dos municípios e Estados.

A medida provisória, publicada hoje no Diário Oficial da União, altera o funcionamento sobre o Fundo Especial para Calamidades Públicas do governo federal, agilizando o repasse de verbas para a execução de ações de resposta e recuperação nas áreas atingidas por desastres.

“Assinei Medida Provisória que agiliza o envio de recursos públicos federais para dar suporte às ações de prevenção dos municípios e Estados necessárias para enfrentar desastres naturais. Muitas vezes, os recursos para prevenção ou reconstrução chegam atrasados aos municípios por falta de projetos ou exigências, que são corretas em tempos normais, mas excessivas para enfrentar situações de emergência. Agora, teremos mecanismos mais simples e rápidos, sem perder a transparência nos quais o controle sobre o gasto do recurso público se dará sobre os resultados, durante a execução e na prestação de contas. Isso significa que as vítimas de tragédias naturais terão assistência mais rápida e que as autoridades locais poderão planejar a prevenção”, afirmou.


Leia

Powered by WPeMatico

24dez/13

Dilma: política de alerta e prevenção de desastres é prioridade para o governo federal

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff afirmou, após sobrevoar as áreas atingidas pela chuva, no Espírito Santo, nesta terça-feira (24), que o governo federal, desde 2011, estabeleceu como uma das suas prioridades a política nacional de monitoramento de alerta e prevenção de desastres naturais, além da atuação da Força Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS), com kit de medicamentos e hospitais de campanha e das Forças Armadas, no resgate de pessoas e transporte de mantimentos.

“Então, nós organizamos uma ação interministerial, que começa com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, e ligado a um sistema de alerta. (…) O Ministério da Saúde construiu a Força Nacional do SUS, por que todos os desastres que têm alagamentos têm certas doenças. Leptospirose e outras doenças que ocorrem por conta das águas subirem. (…) As forças armadas atuam excepcionalmente no resgate das pessoas, das vidas, porque num momento inicial o que nos interessa é não ter mortos. Você tem de salvar as pessoas e garantir um abrigo a elas”, detalhou Dilma.

Ações emergenciais e de prevenção

O governo federal elaborou medidas de resposta aos estragos causados pelas chuvas no Espírito Santo. Entre as ações já em prática nos 44 municípios em situação de emergência no estado, 9 mil Kits Dormitório, Limpeza e de Higiene Pessoal foram disponibilizados pelo Ministério da Integração Nacional, 10 mil kits com medicamentos do Ministério da Saúde (Cada kit atende até 1500 pessoas por até 30 dias), além de cestas de alimentos do Ministério do Desenvolvimento Social.

As medidas emergenciais também incluem o auxílio às ações da Defesa Civil capixaba de um helicóptero da Marinha, outro da FAB, cinco equipes de patrulha em terra e 80 homens da Força Nacional de Emergência. Uma equipe de engenharia do Ministério da Defesa estuda as necessidades de pontes para pedestres e veículos nas regiões afetadas.

Também fazem parte das ações governamentais as medidas estruturantes. As obras de prevenção do PAC no Espírito Santo incluem R$ 603,4 milhões em obras de drenagem e R$ 4,2 milhões para obras de contenção de encostas. O estado ainda conta com 22 pluviômetros automáticos e 29 semiautomáticos do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), com 42 municípios capixabas sendo monitorados pelo centro.


Leia

Powered by WPeMatico

24dez/13

Todos os municípios mais desassistidos que pediram médicos recebem profissional, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Conversa com a PresidentaA presidenta Dilma Rousseff falou, na coluna semanal Conversa com a Presidenta, sobre o programa Mais Médicos, que já levou 6.658 médicos para 2.177 municípios e está oferecendo atendimento a uma população de aproximadamente 23 milhões de brasileiras e brasileiros. A presidenta destacou a cobertura dada para regiões onde, historicamente, faltam profissionais, como a periferia das grandes cidades, o Norte e o Nordeste.

“Os profissionais do Mais Médicos estão trabalhando em postos de saúde por todo o Brasil, nas regiões e comunidades onde historicamente mais faltam médicos, especialmente nas periferias das médias e das grandes cidades, nos municípios da Região Norte e Nordeste, nos distritos indígenas e junto às populações quilombolas. Em menos de seis meses, todos os municípios mais desassistidos desse universo que pediram médicos já receberam ao menos um profissional do Mais Médicos”, disse.

Até abril do ano que vem, serão 13 mil médicos no programa, levando atendimento para 45,5 milhões de brasileiros. Segundo Dilma, o Mais Médicos beneficia todo o Sistema Único de Saúde, ao oferecer atenção nos postos para 80% dos problemas de saúde que as pessoas têm durante a vida. Isso diminui as filas nas Unidades de Pronto Atendimento, que resolvem até 95% dos problemas graves, e nos hospitais, onde são tratados apenas os casos mais complexos. “É um efeito positivo para todo o sistema de saúde”.


Leia

Powered by WPeMatico

23dez/13

Dilma embarca nesta terça para o Espírito Santo

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

TwitterA presidenta Dilma Rousseff embarca, nesta terça-feira (24), para o Espírito Santo, onde vai avaliar os estragos feitos pelas chuvas que já desabrigaram mais de 40 mil pessoas. Dilma lembrou, em seu perfil no Twitter, que já foram enviados kits emergenciais (medicação, dormitório, higiene e limpeza) e cestas básicas, além da disponibilização de pessoal e veículos para transportar carga e pessoas.

“Estamos mobilizados, junto com todo o Brasil, para ajudar os mais de 40 mil desabrigados pela #ChuvaNoES. Enviamos kits emergenciais (medicação, dormitório, higiene e limpeza) e cestas básicas. Disponibilizamos dois helicópteros e dez veículos com capacidade de carga de 5 toneladas. Equipe de engenharia do Ministério da Defesa está instalando pontes. Enviamos 80 homens da Força Nacional e quatro geólogos. Embarco amanhã para o Espírito Santo para avaliar como poderemos ajudar ainda mais”, disse.

Dilma ainda revelou que já assinou o decreto que reajusta o salário mínimo para R$ 724 a partir de janeiro de 2014, o que representa um aumento de 6,78% sobre o valor atual.


Leia

Powered by WPeMatico

23dez/13

No Café com a Presidenta, Dilma deseja Feliz Natal para todas as famílias brasileiras

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

post facebook natal

A presidenta Dilma Rousseff aproveitou o programa Café com a Presidenta desta segunda-feira (23) para desejar um Feliz Natal para todas as famílias brasileiras.

Desejo, do fundo do coração, um Feliz Natal para todas as famílias brasileiras. Tenho certeza de que 2014 será um ano ainda melhor para todos nós, porque estamos trabalhando junto com vocês, dia e noite, para uma vida melhor no nosso país.


Leia

Powered by WPeMatico

23dez/13

Dilma: Trabalho dos servidores públicos torna possíveis avanços e conquistas de um Brasil mais justo

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff enviou, nesta segunda-feira (23), uma mensagem de fim de ano dirigida aos servidores públicos federais. No texto, Dilma considera de especial relevância a prestação de serviços públicos de qualidade para um pleno processo de redução de desigualdades num país com 200 milhões de habitantes como o Brasil. Ela ainda assegura que a Presidência da República tem profunda admiração pelo trabalho que realizam.

“Vocês, servidores públicos, são os responsáveis por prestar serviços de qualidade para toda a população, promovendo a inclusão social, a cidadania e o fortalecimento da democracia. É o trabalho diário de vocês que torna possíveis todos os avanços e conquistas recentes que estão construindo um Brasil mais justo. (…) Desejo a todos vocês e aos seus familiares um ótimo Natal e um ano de 2014 pleno de saúde, realizações e conquistas”, escreveu Dilma.


Leia

Powered by WPeMatico

23dez/13

Dilma: O Mais Médicos é uma resposta do governo federal às necessidades da população

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Café com a presidentaA presidenta Dilma Rousseff falou, no Café com a Presidenta desta segunda-feira (23), sobre o programa Mais Médicos, que já levou profissionais para 2.177 municípios e, segundo Dilma, está transformando a vida de milhões de pessoas. Para a presidenta, o governo federal está ouvindo os pleitos da população e se esforçando para melhorar o atendimento de saúde do Brasil. O objetivo é oferecer tratamento digno e respeitoso para toda a população e, sobretudo, para quem mais precisa.

“O Mais Médicos já levou 6.658 médicos para milhares de municípios de todo o país. Esses profissionais estão garantindo o atendimento a cerca de 23 milhões de brasileiras e brasileiros. Veja só, 23 milhões de pessoas que passaram a contar com o médico em suas cidades e, em muitos casos, até no bairro onde moram. O Mais Médicos é uma resposta do governo federal às necessidades da população, que sempre reivindicou a melhoria da saúde em nosso país”, afirmou.

Confira a íntegra


Leia

Powered by WPeMatico

22dez/13

Dilma: título mundial inédito no handebol feminino indica caminho certo na preparação para Olimpíadas

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

handebol-580

TwitterCom um final emocionante, o Brasil venceu, neste domingo (22), na Sérvia, as donas da casa, por 22 a 20, e levaram pela primeira vez o título do mundial de handebol feminino. A presidenta Dilma Rousseff parabenizou o feito inédito, e afirmou que a conquista indica que o país está no caminho certo na preparação dos atletas para os Jogos Olímpicos de 2016.

“O Brasil trocou hoje os pés pelas mãos. As meninas do handebol são campeãs mundiais invictas! Com garra e determinação, nossas meninas superaram a Sérvia, na casa adversária. Com @lelepn03 (Alexandra), melhor do mundo, @babiarenhart (Bárbara), no gol, e @DudaAmorim18 (Duda), melhor do campeonato, superamos as favoritas. Também temos que parabenizar @Danao05 (Dani Piedade), @May_Fier (Mayara), @Darahandebol2 (Fabiana Diniz, a Dara), @Deonisehand (Deonise) e todas as heroínas desse título inédito. O feito indica o caminho certo na preparação para @Rio2016!”.

Segundo o Ministério do Esporte, a campanha histórica da Seleção Brasileira feminina de handebol no Campeonato Mundial tem importante colaboração do governo federal. Na preparação para os Jogos Olímpicos de Londres 2012 e Rio 2016, o ministério investiu R$ 5,4 milhões nas meninas. Já especificamente para os Jogos Rio 2016, a preparação das seleções feminina e masculina conta com R$ 3 milhões do ministério, R$ 4,4 milhões do Banco do Brasil e R$ 2 milhões dos Correios, totalizando R$ 9,4 milhões de investimentos do governo federal.


Leia

Powered by WPeMatico

22dez/13

Brasil chega a primeira final no mundial feminino de handebol: Elas mereceram a nossa torcida e o nosso aplauso, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Alexandra Nascimento, eleita melhor do mundo em 2012, está na artilharia da competição, com 48 gols

Alexandra Nascimento, eleita melhor do mundo em 2012, está na artilharia da competição, com 48 gols. Foto: CBHb/ Reprodução

TwitterA Seleção Brasileira feminina de handebol disputa, neste domingo (22), às 14h15, sua primeira final em um campeonato mundial da categoria, contra os donos da casa, a Sérvia. O Brasil briga pelo título após superar, na semifinal, a tricampeã olímpica Dinamarca. A presidenta Dilma Rousseff comentou, ontem, o desempenho das meninas na competição, destacou o apoio do governo e de empresas estatais ao esporte e afirmou: Elas mereceram a nossa torcida e o nosso aplauso.

“Quem assistiu as meninas do handebol nas Olimpíadas de Londres já havia se apaixonado pela sua garra e categoria. É a primeira vez que as brasileiras chegam tão longe. Elas mereceram a nossa torcida e o nosso aplauso. Agora as meninas do handebol foram mais longe: disputam amanhã a final do Campeonato Mundial. Desde 2003, o governo apoia o handebol. Em junho, Banco do Brasil e Correios assinaram patrocínio de R$9,4 milhões para o esporte. O handebol terá centro de treinamento em São Bernardo do Campo para se preparar para as Olimpíadas do Rio”, afirmou.

Segundo o Ministério do Esporte, a campanha histórica da Seleção Brasileira feminina de handebol no Campeonato Mundial tem importante colaboração do governo federal. Na preparação para os Jogos Olímpicos de Londres 2012 e Rio 2016, o ministério investiu R$ 5,4 milhões nas meninas. Já especificamente para os Jogos Rio 2016, a preparação das seleções feminina e masculina conta com R$ 3 milhões do ministério, R$ 4,4 milhões do Banco do Brasil e R$ 2 milhões dos Correios, totalizando R$ 9,4 milhões de investimentos do governo federal.


Leia

Powered by WPeMatico

21dez/13

Com o neto no colo e sem cinto, Dilma erra no trânsito e pede desculpas – Jornal O Globo

 

Dilma explicou que levava o neto da casa da filha à residência do avô. “Estive hoje na casa da minha filha e, de lá, levei meu neto à casa do avô, que fica no mesmo bairro. Meu neto foi abraçado comigo no banco de trás. Foi um erro. A legislação de trânsito é clara: criança tem que andar na cadeirinha. Peço desculpas pelo erro”, escreveu ela.

viaCom o neto no colo e sem cinto, Dilma erra no trânsito e pede desculpas – Jornal O Globo.

21dez/13

Pelé: Copa é oportunidade para o Brasil se tornar um dos maiores países do mundo

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Pelé, tricampeão da Copa do Mundo pela Seleção Brasileira, afirmou que a Copa do Mundo Fifa 2014 é a grande oportunidade para o país figurar entre as maiores potências do planeta. Ele esteve ao lado de Cafú (campeão em 1994 e 2002), Clodoaldo (campeão em 1970) e do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, no lançamento da exposição sobre futebol “Brasil, um país, um mundo”, na última terça-feira (17).

“Tenho certeza que vai ser a melhor de todas as Copas. Eu acho que é uma grande oportunidade para o Brasil se tornar um dos países maiores do mundo. É o mais querido, mas acho que o Brasil tem nesses eventos a oportunidade de crescer como país, e por isso acho que todo o povo brasileiro deve nos ajudar”, convidou o maior jogador de todos os tempos.

Cafu também esteve na exposição, que conta com a camisa que ele usou na final da Copa do Mundo no Japão, em 2002. O capitão do pentacampeonato lembrou o que foi dito pela presidenta Dilma Rousseff no sorteio final dos grupos do Mundial 2014, na Costa do Sauípe, no início do mês. O ex-lateral, assim como a presidenta, afirmou que esta será a “Copa das Copas”.

“Vai representar muito uma Copa bem-organizada como está sendo essa. E a nossa gloriosa presidente falou uma coisa que é verdade: vamos fazer uma Copa do Mundo jamais vista por todo o mundo. Uma Copa do Mundo fantástica em todos os sentidos e todos os aspectos. Isso para o povo brasileiro é bom. Volta à credibilidade do povo brasileiro. Volta aquela esperança de ver um Brasil melhor”, analisou.

Outro com experiência em mundiais é o ex-volante do Santos e da Seleção Brasileira na Copa de 1970, Clodoaldo. Ele afirmou que esta Copa representa a capacidade que o povo brasileiro tem, mas que ainda não acreditam, de organizar uma grande Copa do Mundo, a partir de junho de 2014.

“É um momento de esse país crescer dentro do pensamento, sabe, do pensamento dos estrangeiros, do mundo, em ver um país alegre, não só do futebol, mas um país tentando fazer, criar uma qualidade dentro da vida do ser humano melhor. Um país que luta por isso, e esse povo é que vai estar dentro do estádio. Então pra frente Brasil!”, exclamou Clodoaldo.

“Além da festa do futebol, buscamos um legado”

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, vê a Copa do Mundo como um evento aguardado por bilhões de telespectadores, tanto pela presença de seleções campeãs mundiais quanto de astros do futebol como Messi, da Argentina, e Cristiano Ronaldo, de Portugal. Mas ele analisa que, além da festa do futebol, o Brasil busca um legado de infraestrutura para além de 2014.

“O que é esse legado? Um esforço de reestruturação do futebol brasileiro. Que ele amplie a sua competência também na gestão dos clubes, no gerenciamento desse patrimônio. Nós queremos que o Brasil exporte jogadores, tudo bem, mas que exporte serviços futebolísticos. Esse será o esforço para ter esse legado, junto com os estádios e junto com o aumento da nossa participação na economia do país”, afirmou Aldo.


Leia

Powered by WPeMatico

20dez/13

Dilma: Vamos juntos preservar vidas e garantir que as festas sejam motivo de celebração

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Durante o evento de inauguração da BR-448, a presidenta Dilma fez um apelo para que todos zelem pela segurança no trânsito nas cidades e rodovias durante o período de festas, férias e carnaval. Ela destacou o lançamento da Operação RodoVida pelo governo federal, que tem como objetivo reduzir a gravidade dos acidentes de trânsito e o número de vítimas fatais.

“Uma lembrança, que é aproveitando a imprensa, falando pra todo o Brasil, que é lembrar a todos os brasileiros e brasileiras que segurança no trânsito nas cidades e rodovias deve ser preocupação ainda maior nesse período de festas. Queremos que essas festas de fim de ano, férias e carnaval sejam, para todos, datas a serem lembradas com muitos sorrisos e alegria. Lançamos pelo 3º ano consecutivo a Operação RodoVida. […] No Brasil, em todo Brasil isso ocorre. Estamos focados na fiscalização das rodovias pra diminuir acidentes e mortes. Meu governo está engajado na operação RodoVida. Convido a todos a participarem também, se comprometendo com práticas de direção seguras nas cidades e rodovias. Vamos juntos preservar vidas e garantir que as festas sejam motivo de celebração”.

A operação Rodovida foi lançada na quinta-feira (19) pelo governo federal e termina em março de 2014, e é baseada em um diagnóstico feito pela Polícia Rodoviária Federal que detectou os 100 trechos mais perigosos das rodovias federais e seus respectivos índices de possíveis acidentes. A atuação de fiscalização integrada será empregada com a realização de blitz em vias que servem de acesso a esses trechos. Desde o início da operação, a taxa de mortes por milhão de veículos diminuiu 24,5%, apesar da frota de veículos ter aumentado 17,5%.


Leia

Powered by WPeMatico

20dez/13

Dilma inaugura BR-448 e anuncia mais investimentos em rodovias no Rio Grande do Sul

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Dilma visita a ponte estaiada sobre o Rio Gravataí, na BR 448, no Rio Grande do Sul. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma visita a ponte estaiada sobre o Rio Gravataí, na BR 448, no Rio Grande do Sul. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Ao inaugurar a BR-448, nesta sexta-feira (20), em Canoas (RS), a presidenta Dilma Rousseff anunciou outros investimentos nas rodovias que cortam o estado, como melhorias na BR-116, entre Porto Alegre e Novo Hamburgo, a segunda ponte sobre o Rio Guaíba e a assinatura da ordem de serviço para duplicação de 57,5 km da BR-290, a principal rodovia transversal do estado.

“Falo de todas essas obras para evidenciar o compromisso do governo com a mobilidade na região metropolitana de Porto Alegre, como exemplo a BR-448, mas também com o sistema rodoviário do estado do Rio Grande do Sul. Estamos fazendo investimentos nas rodovias do estado porque temos clareza da importância do Rio Grande do Sul para o desenvolvimento do Brasil e  dos brasileiros”, afirmou.

BR-290

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e o Consórcio TB – ECB – Etel firmaram contrato para elaboração de projetos e execução de obras de duplicação e de melhorias da BR-290, no Rio Grande do Sul. As obras se referem aos lotes 2 e 4 da rodovia e totalizam R$ 302 milhões em investimentos. Com 57,5 quilômetros de extensão, esses lotes fazem parte das obras previstas para o trecho compreendido entre Eldorado do Sul e Pântano Grande com 115,7 quilômetros.

A BR-290 é a principal rodovia transversal do Rio Grande do Sul, com uma extensão total de 725 quilômetros. Inicia no município de Osório e termina na fronteira do Brasil com a Argentina, em Uruguaiana. A rodovia integra o Corredor do Mercosul, de Belo Horizonte a Buenos Aires, passando pelos importantes centros urbanos de São Paulo, Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre, e é a principal ligação com Argentina, Paraguai e Chile.


Leia

Powered by WPeMatico

20dez/13

Helena Chagas nega reunião entre ministros para mudanças no ministério

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A ministra da Secretaria de Comunicação Social, Helena Chagas, esclareceu nesta sexta-feira (20), que não houve qualquer reunião em que a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, tenha passado temas da Pasta para o ministro Aloizio Mercadante, conforme afirmou o jornal O Globo na edição de hoje. Segundo a ministra, são especulações as informações que têm sido veiculadas pela imprensa sobre a reforma ministerial, tema que será tratado pela presidenta Dilma Rousseff no momento certo.


Leia

Powered by WPeMatico

20dez/13

Nova BR-448 vai absorver 40% do fluxo de veículos da BR-116 e ajudar no escoamento da produção do RS

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

TwitterA presidenta Dilma Rousseff anunciou nesta sexta-feira (20), em sua conta no Twitter, uma série de obras para dar continuidade à inauguração da BR-448, em Canoas (RS). Ela destacou melhorias para a BR-116, a execução da segunda Ponte do Guaíba, e o início da licitação para estudos e obras na BR-290, além de falar dos desafios enfrentados até a conclusão da obra e dos benefícios que ela trará para a população gaúcha.

“A inaguração da BR-448 é exemplo de determinação. Acompanho essa obra desde 2005, quando era chefe da Casa Civil. A BR-448 é paralela ao Rio dos Sinos, cortando áreas inundáveis, um parque estadual e uma Área de Proteção Ambiental. Foram executados 22 programas ambientais ao longo da BR-448. 599 famílias foram reassentadas. Todas receberão sua casa nova pelo Minha Casa, Minha Vida. A BR-448 é agora uma realidade, com 10 viadutos e três pontes, desafogando o trânsito na região metropolitana de Porto Alegre. E vem mais obras no Rio Grande do Sul: daremos continuidade à BR-448, faremos melhorias na BR-116, vamos tirar do papel a segunda Ponte do Guaíba e dar início a licitação para estudos e obras na BR-290. O RS merece mais emprego, mais infraestrutura, mais mobilidade. Governar um país diverso como o Brasil é compreender as necessidades regionais e fazer o Estado atuar para melhorar a vida de todos”, afirmou a presidenta.

A nova BR-448 foi construída para ligar o município de Sapucaia do Sul a Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul. A rodovia tem acessos nos municípios de Esteio – pela BR-386 – e de Canoas. A expectativa é que a nova via consiga absorver 40% do fluxo diário de veículos que hoje trafegam pela BR-116, estimado em quase 160 mil veículos/dia.

Segundo o superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no Rio Grande do Sul, Pedro Luzardo, a obra é esperada pela população há quase 30 anos e vai beneficiar, principalmente, o escoamento da produção industrial e de grãos.

“Até então, a BR-116 era a única rota em direção ao Porto de Rio Grande. Temos aqui na região uma das maiores produções de grãos e produtos industriais, vindos da Serra Gaúcha e do Vale dos Sinos, por exemplo. Vamos diminuir em mais de um terço o tempo de deslocamento até o acesso da BR-290”.

Com a inauguração da 448, Pedro assegura que o Dnit poderá investir, também, na melhoria operacional da BR-116.

“Diminuindo o fluxo na BR-116, poderemos fazer intervenções, recuperar e investir em melhorias de segurança e de tráfego. Em pouco tempo, teremos as duas vias com uma capacidade muito melhor”, afirma.


Leia

Powered by WPeMatico

20dez/13

Natal de Jesus!

José de Paiva Netto - fevereiro 2011 - MenorPaiva Netto

Duas datas significativas preparam o espírito dos povos para as comemorações de mais um Natal de Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista. Refiro-me ao Dia Internacional da Solidariedade (20/12) e ao dedicado, no Brasil, aos órfãos (24/12).

Quando de Sua primeira vinda visível ao planeta, o Provedor Celeste exemplificou com a própria vida o valor da solidariedade sem fronteiras, sejam elas de idioma, cor da pele, opinião política etc. É Dele também uma postura ecumênica de amparo aos desfavorecidos da Terra.

Refletindo sobre o amplo e irrestrito significado do Natal de Jesus para a LBV e para os que com ela cerram fileiras na construção “de um Brasil melhor e de uma Humanidade mais feliz”, recordo trecho de circular que escrevi em Brasília/DF, datada de 4 de junho de 1997. Faz parte da minha obra “Liderar sob a proteção de Deus”, em preparação.

Dedico a todos os corações de Boa Vontade: (…) Elevemos uma fervorosa Prece ao Cristo, nosso Senhor, porquanto este é o caminho seguro que nos conduzirá à vitória. No Cristo, venceremos! Que queremos nós senão oferecer aos deserdados do mundo uma Ceia Especial que nutra, para todo o sempre, os seus Espíritos sequiosos de um alimento que vem do Alto: Jesus, o Pão que desceu do Céu? E esse Pão que desceu do céu igualmente é Educação e Cultura, Alimentação, Segurança, Saúde e Trabalho com Espiritualidade Ecumênica! Um sonho que nos vem do Cristo de Deus, de forma que o tornemos uma instituição em toda a Terra, para o que precisamos desenvolver um sentido realista, a fim de infalivelmente conduzir multidões pelas estradas da Alma. Isso porque nestes tempos de avançada tecnologia, é urgente que a Humanidade seja mais sensível aos sentimentos generosos, que impulsionam a Fraternidade e a Solidariedade Social, que andam fazendo bastante falta nos dias que correm. (…)

Um Feliz Natal a todos, e um ano-novo próspero em realizações no Bem!

 José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.

paivanetto@lbv.org.brwww.boavontade.com

19dez/13

Governo manifesta grande satisfação por adoção de projeto brasileiro sobre privacidade digital pela ONU

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Entrevista do  ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo Machado sobre a resolução O Direito à Privacidade na Era Digital adotada pela Organização das Nações Unidas (ONU). Foto: Wilson Dias/ABr

Entrevista do ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo Machado sobre a resolução O Direito à Privacidade na Era Digital adotada pela Organização das Nações Unidas (ONU). Foto: Wilson Dias/ABr

A Assembleia-Geral das Nações Unidas aprovou por unanimidade, nesta quarta-feira (18), o projeto de resolução “O Direito à Privacidade na Era Digital” apresentado por Brasil e Alemanha. O ministro das Relações Exteriores, Luiz Alberto Figueiredo Machado, afirmou em entrevista coletiva, nesta quinta-feira (19), que a adoção da proposta representa um marco importante para as relações entre os Estados, por ser o começo de um debate sobre os direitos do cidadão em uma nova época.

“Essa resolução e sua aprovação por consenso representa um marco muito importante em toda uma agenda nova que se abre para as relações entre os Estados, porque é o começo de um debate muito sério sobre os direitos do cidadão em uma nova época – uma época em que as comunicações são amplas, abertas, imediatas – em que meios novos de comunicação requerem um olhar cuidadoso para que os direitos dos indivíduos, das empresas, dos Estados, sejam devidamente respeitados e protegidos. Esse é o grande significado dessa resolução adotada consensualmente pela Assembleia-Geral da ONU, e que traz pontos muito importantes”, afirmou o ministro.

O documento convoca os Estados-membros da ONU a respeitar e assegurar o respeito à privacidade e determina que os cidadãos não podem ser submetidos a ingerências arbitrárias ou ilegais em sua vida privada, em sua família, em seu domicílio ou em sua correspondência. No dia 6 de outubro, a presidenta Dilma Rousseff anunciou que o projeto do Marco Civil da Internet no Brasil seria o ponto de partida para a proposta encaminhada ao organismo internacional.

Durante discurso de abertura da 68ª Assembleia-Geral das Nações Unidas, no dia 24 de setembro, Dilma defendeu o estabelecimento de um Marco Civil multilateral para a governança e uso da internet e de medidas que garantam uma efetiva proteção dos dados. A presidenta propôs, na ocasião, a implementação de mecanismos capazes de garantir os seguintes princípios: Liberdade de expressão, privacidade do individuo e respeito aos direitos humanos; Governança democrática, multilateral e aberta; Universalidade que assegura o desenvolvimento social e humano e a construção de sociedades inclusivas e não discriminatórias; Diversidade cultural, sem imposição de crenças, costumes e valores; e neutralidade da rede, ao respeitar apenas critérios técnicos e éticos, tornando inadmissível restrição por motivos políticos, comerciais e religiosos. Reveja o discurso da presidenta.


Leia

Powered by WPeMatico

19dez/13

Hoje o Estado brasileiro trabalha para todos os cidadãos e cidadãs, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff se reuniu, nesta quinta-feira (19), em São Paulo, com o movimento dos catadores e da população em situação de rua para uma celebração de Natal. Dilma reforçou que, hoje,o governo federal reconhece as demandas de todas as parcelas da população. O encontro, segundo a presidenta, também demonstra um compromisso firme com os movimentos sociais.

“É muito importante que a presidenta tenha uma compromisso anual, que muito me honra. (…) Eu sigo a tradição inaugurada pelo presidente Lula. E esse encontro nosso é uma confraternização em que fica claro que o meu governo reconhece, considera e olha para os catadores e a população de rua como cidadãos do nosso país. É uma oportunidade também para lembrar que a origem do meu governo, do governo do presidente Lula está nas lutas sociais. E nós continuamos mantendo um compromisso firme com os movimentos sociais. Hoje, o Estado brasileiro trabalha para todos os cidadãos e cidadãs”, afirmou Dilma.


Leia

Powered by WPeMatico

19dez/13

Desemprego no país atinge a menor marca da série histórica do IBGE

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Com taxa de desocupação de 4,6% em novembro, o desemprego atingiu o menor índice na série histórica da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) realizada desde março de 2002 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A queda foi de 0,6% em relação ao mês de outubro, de 0,3% na comparação com novembro de 2012, e igual à marca registrada em dezembro do ano passado.

Na comparação com o mês anterior, a população desocupada (1,1 milhão de pessoas) registrou queda de 10,9%. A taxa caiu em cinco das seis regiões metropolitanas, com destaque para a diminuição do desemprego em São Paulo e Salvador, onde o valor caiu 0,9% em relação a outubro, mais do que no Rio de Janeiro (0,3%), em Porto Alegre (0,4%) e em Belo Horizonte (0,2%).

A PME divulgada nesta quinta-feira (19) também mostrou um aumento do rendimento real habitual dos trabalhadores. O valor de R$ 1.965,20 é 2% maior que o registrado em outubro deste ano, e 3% maior que em novembro de 2012.


Leia

Powered by WPeMatico

19dez/13

Dilma: Celebrar Natal com catadores é oportunidade para lembrar compromisso do governo com todos brasileiros

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Twitter

A presidenta Dilma Rousseff afirmou em sua conta no Twitter, que vai celebrar nesta quinta-feira (19), em São Paulo, o Natal com os catadores e moradores de rua. A presidenta disse que a celebração é uma oportunidade de mostrar o compromisso do governo federal com todos os brasileiros e brasileiras.

“O presidente Lula iniciou uma tradição, que eu mantenho, de celebrar o Natal com os catadores e moradores de rua. É uma oportunidade para lembrar que o nosso governo tem compromisso com todos os brasileiros e brasileiras. Esse Natal com os catadores e os moradores de rua é sempre emocionante. Hoje estarei em São Paulo para mais uma dessas celebrações. Hoje, todos os moradores de rua têm direito ao Bolsa Família e acesso aos Centro POP – Centros de assistência social para a população de rua. Visitarei a Expocatadores. Imagine vocês, uma feira de catadores em pleno Anhembi, espaço privilegiado para exposições internacionais. Participo também do Prêmio Cidade Pró-Catador, de boas práticas de inclusão dos catadores. A cerimônia reafirma que o Estado brasileiro trabalha para todos, criando condições para que todos tenham direito a oportunidades”.


Leia

Powered by WPeMatico

18dez/13

Aldo: Recepção calorosa às jogadoras da Seleção foi a renovação do apoio de Dilma ao futebol feminino

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Dilma Rousseff recebe a Seleção Brasileira de futebol feminino. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma Rousseff recebe a Seleção Brasileira de futebol feminino. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff recebeu, nesta quarta-feira (18) no Palácio do Planalto, a visita das jogadoras de futebol feminino da Seleção Brasileira. Elas estão em Brasília para a disputa do Torneio Internacional, no Mané Garrincha. Segundo o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, a presidenta cumprimentou cada uma das atletas, o que significou um ato de renovação do apoio do governo ao esporte.

“Ela comentou inclusive o apoio do governo ao futebol feminino. Renovou o apoio da Caixa, que patrocinou o ultimo campeonato brasileiro de futebol feminino. O apoio à preparação da nossa Seleção para os Jogos Olímpicos. O Campeonato Brasileiro escolar de futebol feminino que realizamos recentemente com o apoio do ministério. Na verdade a recepção calorosa e carinhosa às jogadoras da Seleção e a comissão técnica foi na verdade a renovação do apoio dela ao futebol feminino”, comentou Aldo.


Leia

Powered by WPeMatico

18dez/13

Força Aérea Brasileira receberá 36 novos caças suecos Gripen NG

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

O governo federal concluiu a licitação do Programa FX-2 para a aquisição de 36 caças Gripen NG para a Força Aérea Brasileira (FAB). No valor de US$ 4,5 bilhões, a serem pagos até 2023, o contrato prevê transferência de tecnologia e cooperação industrial. O Gripem NG substituirá os Mirage 2000, que serão aposentados nesta sexta-feira (20). O Gripen NG venceu a disputa contra o Rafale, da francesa Dassault; e o Super Hornet F-18, da norte-americana Boeing.

A FAB informou que o Gripen NG permitirá ao Brasil enfrentar ameaças em qualquer ponto do território nacional com carga plena de armas, além de contribuir para que a indústria nacional se capacite para a produção de caças de última geração em médio e longo prazo. A decisão foi autorizada hoje pela presidenta Dilma Rousseff. Durante a cerimônia de cumprimentos de fim de ano das Forças Armadas, Dilma informou que já havia um vencedor para a disputa e destacou a necessidade de investimentos em Defesa.

“Somos de fato um país pacífico, mas não vamos ser indefesos. E aí a importância de todo esse processo de industrialização de defesa. Temos muito a avançar, é importante que se tenha consciência que um país com as dimensões do Brasil deve estar sempre pronto a proteger cidadãos, patrimônio e soberania (…) Devemos estar preparados para enfrentar qualquer ameaça, defender nosso patrimônio em regiões que já recebem nossa atenção, como é o caso da Amazônia, e em regiões cujo valor estratégico aumentou de forma exponencial, como o caso do pré-sal, nossa Amazônia azul”, disse.


Leia

Powered by WPeMatico

18dez/13

Dilma participa de sessão de devolução simbólica do mandato presidencial a João Goulart

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Presidenta Dilma Rousseff durante sessão solene do Congresso Nacional destinada à devolução simbólica do mandato presidencial a João Goulart. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Presidenta Dilma Rousseff durante sessão solene do Congresso Nacional destinada à devolução simbólica do mandato presidencial a João Goulart. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff participou nesta quarta-feira (18), no Congresso Nacional, de sessão solene para a devolução simbólica do mandato presidencial de João Goulart. Deputados e senadores aprovaram em novembro projeto de resolução que anulou a sessão do Congresso de 2 de abril de 1964, em que foi declarada vaga a Presidência da República, então ocupada por João Goulart.

No dia 14 de novembro, Dilma participou, na Base Aérea, juntamente com os ex-presidentes José Sarney, Fernando Collor e Luiz Inácio Lula da Silva, de homenagem a João Goulart, que recebeu honras de chefe de Estado. A cerimônia foi uma forma de homenagear o ex-presidente que, na época, não contou com esse ritual concedido aos chefes da Nação.

“Hoje é um dia de encontro do Brasil com a sua história. Como chefe de Estado da República Federativa do Brasil participo da recepção aos restos mortais de João Goulart, único presidente a morrer no exílio, em circunstância ainda a serem esclarecidas por exames periciais. Junto comigo estarão ex-presidentes da República, o presidente do Senado e políticos de todas as vertentes. Este é um gesto do Estado brasileiro para homenagear o ex-presidente João Goulart e sua memória. Essa cerimônia que o Estado brasileiro promove hoje com a memória de João Goulart é uma afirmação da nossa democracia. Uma democracia que se consolida com este gesto histórico”, disse a presidenta na ocasião, em sua conta no Twitter.


Leia

Powered by WPeMatico

18dez/13

Com programa Luz para Todos, Brasil é um outro país, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Criado em novembro de 2003 a partir da constatação, no Censo 2000 do IBGE, da existência de um contingente de dois milhões de famílias no setor rural brasileiro sem energia elétrica, o programa Luz para Todos completa 10 anos com um saldo positivo de 15 milhões de pessoas atendidas. Durante café da manhã, nesta quarta-feira (18), com os jornalistas que fazem a cobertura do Palácio do Planalto, a presidenta Dilma Rousseff reafirmou o compromisso de universalizar o programa.

“Disse que íamos universalizar o Luz para Todos, e vamos. Estamos na fase de universalização, estamos na fase mais difícil, tendendo a 0. Por fim, fica o que é mais difícil de fazer. E isso pode levar três anos para conseguir. Por que onde está o que falta? No meio da floresta amazônica. Ou em lugares de difícil acesso. (…) Achávamos que tínhamos 10 milhões de pessoas, em torno de 2 milhões de ligações, descobrimos que tinha 12 milhões, depois era 15 milhões. E, hoje, falta 270 mil. Aí vai me perguntar se cumpriu a meta? Cumpri. Estamos agora no 15 milhões e um pouquinho. Não ter 15 milhões sem luz faz toda diferença do mundo. É um outro país”, afirmou a presidenta.

O Censo 2000 revelou que as famílias beneficiadas estavam localizadas em áreas de reduzido Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), abaixo da linha da pobreza. Cerca de 90% dos entrevistados pelo IBGE possuíam renda familiar inferior a três salários mínimos. Para o secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia (MME), Ildo Grüdtner, a iniciativa leva cidadania às pessoas.

“Nós temos uma satisfação muito grande de poder trabalhar na implantação do programa Luz para Todos – um programa que tem por objetivo principal reduzir a desigualdade social e levar melhores condições de vida para a população brasileira. (…) Nós já levamos energia elétrica para uma população equivalente ao estado da Bahia, ou cerca de 7,5% da população brasileira. Numa pesquisa recente que a gente fez de avaliação do programa, constata-se que 97% dos entrevistados consideraram que as suas condições de vida melhoraram. E chama a atenção, desse universo de pessoas, a quantidade que adquiriram televisão, geladeira e, por incrível que pareça, telefone celular”, disse o secretário.

Em conversa com o Blog do Planalto, Ildo ainda destacou melhorias proporcionadas em áreas como saúde, lazer, educação, emprego e renda, além de outras.

“Eu não conheço forças tarefas similares em outros países, é tanto que o secretário-geral da ONU convidou o ministro Edison Lobão para assessorá-lo num programa a ser desenvolvido pela ONU para levar energia elétrica para às populações que não possuem energia elétrica no mundo”, finalizou o representante do MME.


Leia

Powered by WPeMatico

18dez/13

Dilma lamenta morte do senador João Ribeiro

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff lamentou nesta quarta-feira (18) a morte do senador João Ribeiro. Segundo Dilma, Ribeiro foi um companheiro leal da base aliada do governo e uma voz de contribuição positiva na relação entre o Legislativo e Executivo. Veja abaixo a íntegra da nota de pesar:

Foi com tristeza que tomei conhecimento da morte do senador João Ribeiro, ilustre representante do estado do Tocantins.

Líder do Partido da República no Senado, Ribeiro foi um companheiro leal da base aliada do governo. Foi sempre uma voz de contribuição positiva na relação entre o Legislativo e Executivo.

De família humilde, Ribeiro foi engraxate, vendedor de picolé e trabalhou na roça. Foi prefeito de Araguaína, deputado estadual e, como deputado federal, peça importante na criação do estado do Tocantins. Aos amigos e familiares, solidarizo-me neste momento de dor.

Dilma Rousseff
Presidenta da República Federativa do Brasil


Leia

Powered by WPeMatico

18dez/13

Não há nada hoje que o Brasil não possa segurar, afirma Dilma sobre a economia

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff concedeu, nesta quarta-feira (18), entrevista para rádios de Pernambuco e comentou a situação econômica do Brasil. Ela lembrou que a dívida líquida do país sobre o Produto Interno Bruto (PIB) é de 35% e que a inflação vai terminar pelo 11º ano seguido dentro da meta.

“O Brasil nunca esteve tão preparado. Espirrou nos Estados Unidos, era uma pneumonia no Brasil, o pessoal dizia. Não estamos mais assim. Queremos que a tormenta seja rápida e não tenha efeitos graves sobre nós. Vamos tranquilamente – falo com aquela determinação que a tranquilidade dá – enfrentar esse momento de dificuldade. Não há nada hoje que o Brasil não possa segurar”, destacou Dilma.

Ainda sobre a economia, Dilma lembrou que o Brasil recebe um grande volume de investimentos diretos estrangeiros, estando entre os quatro principais países do mundo nesse quesito. A presidenta ainda destacou o fato de o país contar com reservas de capital e desemprego baixo, fatores que, segundo ela, trazem tranquilidade ao enfrentar turbulências.

Confira a íntegra


Leia

Powered by WPeMatico

18dez/13

Governo anunciará decisão sobre licitação para compra de caças

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Durante a cerimônia de cumprimentos de fim de ano das Forças Armadas, nesta quarta-feira (18), a presidenta Dilma Rousseff anunciou que o governo tomou a decisão sobre a licitação do Projeto FX, para compra de caças para Força Aérea. O ministro Celso Amorim concederá entrevista coletiva sobre ainda nesta quarta-feira, às 17h, no Ministério da Defesa.

“Gostaria de dar aqui uma informação, digamos assim, inaugural. É informar que instrui o ministro Celso Amorim para anunciar a decisão quanto a compra do FX e a parceria que iremos fazer pro FX 2”, disse.


Leia

Powered by WPeMatico

18dez/13

Foi um orgulho fazer uma política que transforma, afirma Dilma sobre retirada de 22 milhões de pessoas da miséria

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Dilma Rousseff conversou com jornalistas setoristas do Palácio do Planalto. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma Rousseff conversou com jornalistas setoristas do Palácio do Planalto. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff tomou café da manhã, nesta quarta-feira (18), com os jornalistas que fazem a cobertura do Palácio do Planalto. No encontro, Dilma conversou sobre economia, educação, saúde e os programas de transferência de renda, que retiraram, nos últimos anos, 22 milhões de brasileiros da pobreza extrema. Confira os principais trechos.

Combate à pobreza

Mas não posso deixar de dizer que tenho orgulho da gente ter sido capaz de focar a política de superação da pobreza. (…) Acho que temos sido capazes de, em dois anos e meio, tirar 22 milhões de brasileiros da pobreza é um orgulho para mim. Porque demonstra maturidade e domínio do instrumento público de política. Pudemos fazer isso porque viemos do patamar de evolução de dez anos. (…) Para mim foi um orgulho grande, quando chegar que vê um ponto de maturação, fazer uma política que transforma.

Leilão de Libra

O leilão foi um sucesso porque juntou empresas fortíssimas. Primeiro juntou a Shell, que, com a Petrobras, são as responsáveis pelas melhores tecnologias de exploração de petróleo em águas profundas. A Total também, e duas das maiores petroleiras do mundo, que são as chinesas CNPC e CNOOC, que controlam os fluxos comercias de compra e venda de petróleo. (…) Implica em um fato de que 85%, se contar Petrobras junto, ficamos com 85% do óleo produzido no Brasil.

Confiança na economia

O Banco Central deu novos números de investimento estrangeiro direto no Brasil. Até novembro, foram US$ 57,5 bilhões. Vamos fechar o ano naquela hierarquia de investimentos. Primeiro, Estados Unidos, depois China, depois Brasil. US$ 57,5 bilhões é algo significativo, e ninguém bota isso onde acha que a situação não rende. Acho que há uma tendência de muita gente, e temo por ela, de olhar sempre o copo meio vazio. Essa tendência ela é complicada, porque uma parte da economia é expectativa. Cada vez que você instiga desconfiança, instiga discussão sem muito sentido, cria clima ruim.

Mais Médicos

Considero importante o Mais Médicos. Se vai levar oito anos para gente formar médico no país. Temos de tomar providência e aumentar o número de médicos e interiorizar a formação. Agora. A população não pode esperar. Sabemos que a distribuição era desigual na periferia, no interior, no Norte e no Nordeste. Faltava médico fisicamente. Pode ter o posto, estou tratando da atenção básica, que resolve 80% dos problemas de saúde. O médico pode atender onde? Na casa da pessoa. No espaço do atendimento da atenção básica é o mais simplificado. Depois tem a UPA [Unidade de Pronto Atendimento] e o hospital. Tomamos uma medida, que é formatar uma política focada que leva esse médico, com um atendimento humanizado.

Igualdade de oportunidades

Gosto do Viver sem Limites, da Casa das Mulheres e de todos os programas de cotas para os negros, porque esse país viveu a escravidão durante muitos anos. E, quando aboliu, manteve a hierarquia da sociedade escravista, que era o racismo. E o racismo se perpetuou numa estrutura. Tanto que tiramos 40 milhões da pobreza e pode saber que uma parte significativa dessas pessoas é negra. Então, ter uma política de cotas é a forma pela qual se faz a política afirmativa. Sou a favor nas universidades e no serviço público. É imprescindível num país que mais de 50% dos brasileiros se declararam afrodescendentes. Têm que ser contemplados com políticas especificas. Ocorre no Prouni, no Fies, em todas as politicas de valorização.

Luz para todos

Disse que íamos universalizar o Luz para Todos, e vamos. Estamos na fase de universalização, estamos na fase mais difícil, tendendo a 0. Por fim, fica o que é mais difícil de fazer. E isso pode levar três anos para conseguir. Por que onde está o que falta? No meio da floresta amazônica. Ou em lugares de difícil acesso. (…) Achávamos que tínhamos 10 milhões de pessoas, em torno de 2 milhões de ligações, descobrimos que tinha 12 milhões, depois era 15 milhões. E, hoje, falta 270 mil. Aí vai me perguntar se cumpriu a meta? Cumpri. Estamos agora no 15 milhões e um pouquinho. Não ter 15 milhões sem luz faz toda diferença do mundo. É um outro país.

Logística

Nós estamos conseguindo fazer as concessões que prometemos. Tivemos seis concessões ao longo do governo de aeroportos. (…) Fizemos as cinco rodovias viáveis, porque tem rodovia que não é viável porque o local não é compatível com a renda, exige preço de retorno que não bate com o que é possível. E vamos fazer, o tribunal aprovou a primeira concessão de ferrovias. É importante fazer a primeira porque, dessa forma, jamais fizemos licitação de ferrovia. O Brasil, um país desse tamanho, não tem ferrovia nesse momento. (…) Aí teremos de fato modais, porque, sem trilho, num país dessa dimensão, podem ter certeza, isso é uma questão tão grave quanto você não conservar suas rodovias. (…) Queria dizer sobre os portos, uma das coisas mais importantes foi em termos de reforma regulatória. Para terem uma ideia, a quantidade de terminais de uso privado liberados vai ser muito significativa como investimento. (…) Tudo isso vai representar uma melhoria significativa na logística portuária.


Leia

Powered by WPeMatico

18dez/13

Foi um orgulho grade fazer uma política que transforma, afirma Dilma sobre a retirada de 22 milhões da miséria

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Dilma Rousseff conversou com jornalistas setoristas do Palácio do Planalto. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma Rousseff conversou com jornalistas setoristas do Palácio do Planalto. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff tomou café-da-manhã, nesta quarta-feira (18), com os jornalistas que fazem a cobertura do Palácio do Planalto. No encontro, Dilma conversou sobre economia, educação, saúde e os programas de transferência de renda, que retiraram, nos últimos anos, 22 milhões de brasileiros da pobreza extrema.

Confira os principais trechos.

Combate à pobreza

Mas não posso deixar de dizer que tenho orgulho da gente ter sido capaz de focar a política de superação da pobreza. (…) Acho que temos sido capazes de, em dois anos e meio, tirar 22 milhões de brasileiros da pobreza é um orgulho para mim. Porque demonstra maturidade e domínio do instrumento público de política. Pudemos fazer isso porque viemos do patamar de evolução de dez anos. (…) Para mim foi um orgulho grande, quando chegar que vê um ponto de maturação, fazer uma política que transforma.

Leilão de Libra

O leilão foi um sucesso porque juntou empresas fortíssimas. Primeiro juntou a Shell, que, com a Petrobras, são as responsáveis pelas melhores tecnologias de exploração de petróleo em águas profundas. A Total também, e duas das maiores petroleiras do mundo, que são as chinesas CNPC e CNOOC, que controlam os fluxos comercias de compra e venda de petróleo. (…) Implica em um fato de que 85%, se contar Petrobras junto, ficamos com 85% do óleo produzido no Brasil.

Confiança na economia

O Banco Central deu novos números de investimento estrangeiro direto no Brasil. Até novembro, foram US$ 57,5 bilhões. Vamos fechar o ano naquela hierarquia de investimentos. Primeiro, Estados Unidos, depois China, depois Brasil. US$ 57,5 bilhões é algo significativo, e ninguém bota isso onde acha que a situação não rende. Acho que há uma tendência de muita gente, e temo por ela, de olhar sempre o copo meio vazio. Essa tendência ela é complicada, porque uma parte da economia é expectativa. Cada vez que você instiga desconfiança, instiga discussão sem muito sentido, cria clima ruim.


Leia

Powered by WPeMatico

18dez/13

Não há nada hoje que o Brasil não possa assegurar, afirma Dilma sobre a economia

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff concedeu, nesta quarta-feira (18), entrevista para rádios de Pernambuco e comentou a situação econômica do Brasil. Ela lembrou que a dívida líquida do país sobre o Produto Interno Bruto (PIB) é de 35% e que a inflação vai terminar pelo 11º ano seguido dentro da meta.

“O Brasil nunca esteve tão preparado. Espirrou nos Estados Unidos, era uma pneumonia no Brasil, o pessoal dizia. Não estamos mais assim. Queremos que a tormenta seja rápida e não tenha efeitos graves sobre nós. Vamos tranquilamente – falo com aquela determinação que a tranquilidade dá – enfrentar esse momento de dificuldade. Não há nada hoje que o Brasil não possa assegurar”, destacou Dilma.

Ainda sobre a economia, Dilma lembrou que o Brasil recebe um grande volume de investimentos diretos estrangeiros, estando entre os quatro principais países do mundo nesse quesito. A presidenta ainda destacou o fato de o país contar com reservas de capital e desemprego baixo, fatores que, segundo ela, trazem tranquilidade ao enfrentar turbulências.


Leia

Powered by WPeMatico

18dez/13

Agenda: sessão solene de devolução simbólica do mandato presidencial a João Goulart

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Agenda presidencialA presidenta Dilma Rousseff concede, nesta quarta-feira (18), às 8h30, entrevista para rádios de Pernambuco. Dilma ainda participa, às 9h30, de café da manhã com jornalistas-setoristas do Palácio do Planalto; às 11h30, de solenidade de apresentação de oficiais-generais recém-promovidos; às 13h, de cerimônia de cumprimentos de fim de ano e em homenagem à Presidenta da República; e, às 15h, de sessão solene do Congresso Nacional destinada à devolução simbólica do mandato presidencial a João Goulart.


Leia

Powered by WPeMatico

17dez/13

Dilma anuncia R$ 2,9 bilhões para mobilidade urbana em Pernambuco

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Dilma discursa durante visita às obras da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma discursa durante visita às obras da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff anunciou nesta terça-feira (17), durante cerimônia de inauguração da plataforma P-62, R$ 2,9 bilhões em mobilidade urbana para Pernambuco. O anel viário da região metropolitana do Recife, na BR 101, receberá R$ 1 bilhão. O restante, R$ 1,9 bilhão, será investido, em parceria com o governo de Pernambuco e a Prefeitura do Recife, na construção de dois corredores exclusivos de ônibus, com 8,1 quilômetros de extensão; Veículo Leve Sobre Trilhos (VLTs) com extensão de 13,4 quilômetros; e corredor de transporte público por via fluvial com 9,5 quilômetros.

“Estamos cuidando de uma coisa importantíssima, que é mobilidade urbana no Brasil, porque quero falar que no Brasil tem manias. Havia época que não se fazia metrô no Brasil, não se investia em mobilidade urbana e se achava que simplesmente ônibus resolvia o problema. Hoje tá pra lá de provado que com cidades maiores precisa de metrô, de trilho, ou seja, precisa de segregar o lugar que passa o transporte público”, disse.


Leia

Powered by WPeMatico

17dez/13

Dilma: Brasil vai se transformar no maior produtor de plataformas de petróleo do século XXI

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Dilma Rousseff durante cerimônia de conclusão das obras da plataforma P-62 no Estaleiro Atlântico Sul. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma Rousseff durante cerimônia de conclusão das obras da plataforma P-62 no Estaleiro Atlântico Sul. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff destacou, nesta terça-feira (17), a importância da indústria naval brasileira, que vai se ternar a maior produtora de plataformas do século XXI. Dilma participou, em Ipojuca (PE), da inauguração da plataforma P-62, que contou com 63% de conteúdo nacional e criou 5 mil empregos diretos.

“O Brasil vai precisar de muita plataforma daqui para frente. Quero dizer que com a exploração do petróleo do pré-sal ganhando velocidade e escala o Brasil vai se transformar necessariamente no maior produtor de plataformas de petróleo do século XXI. A gente tem de pensar grande, do tamanho do Brasil”, ressaltou.

Dilma lembrou que, só em 2013, foram entregues nove plataformas, o que demonstra a capacidade e o dinamismo da indústria naval brasileira. O setor emprega, hoje, 79 mil homens e mulheres, enquanto em 2003, eram apenas 7 mil funcionários. E a presidenta ainda garantiu que muitas contratações serão feitas.

“Só em Libra, para terem uma ideia, só esse último campo, para eles extraírem petróleo de um campo, precisa de 12 a 18 plataformas. (…) E precisa de navios. Estou falando uma coisa das que já estão garantidas, que foi licitado, que tem sócio, grandes empresas são sócias e 75% de todo o óleo fica para o governo, 25% para as empresas”, lembrou.


Leia

Powered by WPeMatico

17dez/13

P-62 vai produzir 180 mil barris de petróleo por dia na Bacia de Campos (RJ)

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff participa, nesta terça-feira (17) da inauguração da plataforma P-62, primeira obra dessa modalidade realizada em Ipojuca (PE). Durante quase três anos, cerca de 5 mil trabalhadores ergueram uma estrutura de mais de 60 mil toneladas, 330 metros de comprimento e 119 metros de altura, com capacidade para 110 pessoas e que terá capacidade de produzir 180 mil barris de petróleo e 6 milhões de m³ de gás quando estiver em operação no campo de Roncador, na Bacia de Campos.

Atraído pela oportunidade profissional, Osmar Barbosa, de 29 anos, saiu de sua cidade natal, Santos (SP), para trabalhar nas obras da P-62.

“Foi uma aventura, tanto profissional quanto pessoal. Mas acho que foi a melhor coisa que fiz. A experiência foi maravilhosa e eu tenho certeza que quero seguir carreira nessa área de engenharia naval”, afirma.

A mesma impetuosidade também moveu o eletricista Emanoel Uelinton da Silva, de 40 anos. Ele, que trabalhava no comércio, viu sua vida mudar quando a cidade em que morava, Palmares, foi destruída por uma enchente causada pelas fortes chuvas. Decidido a mudar de vida, Emanoel seguiu para a região de Suape, e começou a buscar qualificação como eletricista, a profissão do pai.

“Eu sabia fazer, mas não tinha nenhuma qualificação profissional. Comecei a trabalhar na refinaria e fiz uma qualificação no Senai. Agora estou no curso técnico e acho que tenho que me especializar ainda mais. (…) Meu salário agora é compatível com a minha família. Eu já pude pagar um curso técnico para a minha família e posso dizer que a minha vida está muito boa”, afirma.

Para Hermano Medeiros, diretor-geral do CCI, consórcio responsável pela obra da P-62, o principal legado da obra é a formação de mão-de-obra qualificada para o setor.

“Investimos em qualificação para as pessoas que trabalharam aqui ao longo da construção da plataforma. Sabemos que algumas pessoas fixam raízes aqui, mas outras vão em busca de outras oportunidades dentro do mercado da construção naval no Brasil, que está em plena expansão”, diz.


Leia

Powered by WPeMatico

17dez/13

Refinaria Abreu e Lima será maior unidade para produção de diesel do país

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff visitou, nesta terça-feira (17), a refinaria Abreu e Lima, localizada no Complexo Portuário de Suape, em Pernambuco. Quando estiver em funcionamento, terá capacidade de processar 230 mil barris por dia de petróleo pesado, produzindo derivados para comercialização. A taxa de conversão de óleo cru em diesel será de aproximadamente 70%, o que fará da refinaria a maior unidade operacional da Petrobras nessa atividade.

“Nós estamos dando mais um passo para que o nosso país seja um grande produtor e um grande transformador de petróleo. Eu vim aqui para comemorar com vocês o dia em que nós estamos começando o processo de comissionamento desta unidade, que está totalmente pronta. (…) Que vocês que contribuíram para a construção dessa grande refinaria vão contribuir para construção de outros projetos”, afirmou Dilma.

As obras estão em ritmo acelerado, com mais de 80% de execução e previsão de partida do primeiro trem de refino em novembro de 2014 e do segundo trem em maio de 2015. Os recursos são oriundos do Plano de Aceleração do Crescimento e a obra gerou mais de 44 mil empregos diretos.


Leia

Powered by WPeMatico

17dez/13

BR-163, no Mato Grosso do Sul, é concedida com deságio de 52,74%

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A Companhia de Participações em Concessões (CPC) venceu o leilão pela concessão de trecho da BR-163, no Mato Grosso do Sul, por um período de 30 anos. Com a oferta de R$ 4,381 para cada 100 km de rodovia, o valor representa um deságio de 52,74% em relação ao valor máximo estipulado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que era de R$ 9,27 para cada 100 km. O leilão aconteceu nesta terça-feira (17), em São Paulo.

O edital prevê a execução dos serviços de duplicação, recuperação, manutenção, conservação, operação, implantação de melhorias e ampliação de capacidade de 847,2 km da rodovia BR-163 (MS). O trecho inicia-se na divisa com o estado de Mato Grosso e termina na divisa com o Paraná, atravessando vinte municípios no estado de Mato Grosso do Sul. A concessão faz parte da 3ª Etapa das Concessões de Rodoviárias Federais, do Programa de Investimentos em Logística (PIL).


Leia

Powered by WPeMatico

17dez/13

BR-163, no Mato Grosso do Sul, é concedida com deságio de 52,74%

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A Companhia de Participações em Concessões (CPC) venceu o leilão pela concessão de trecho da BR-163, no Mato Grosso do Sul, por um período de 30 anos. Com a oferta de R$ 4,381 para cada 100 km de rodovia, o valor representa um deságio de 52,74% em relação ao valor máximo estipulado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que era de R$ 9,27 para cada 100 km. O leilão aconteceu nesta terça-feira (17), em São Paulo.

O edital prevê a execução dos serviços de duplicação, recuperação, manutenção, conservação, operação, implantação de melhorias e ampliação de capacidade de 847,2 km da rodovia BR-163 (MS). O trecho inicia-se na divisa com o estado de Mato Grosso e termina na divisa com o Paraná, atravessando vinte municípios no estado de Mato Grosso do Sul. A concessão faz parte da 3ª Etapa das Concessões de Rodoviárias Federais, do Programa de Investimentos em Logística (PIL).


Leia

Powered by WPeMatico

17dez/13

Nesses onze anos, fizemos renascer a indústria naval, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

TwitterA presidenta Dilma Rousseff falou, nesta terça-feira (17), sobre a agenda de logo mais em Pernambuco, onde inaugura a plataforma P-62, a nona da Petrobras entregue este ano. Dilma ainda lembrou que foram entregues três navios petroleiros e contratados outros 19, além de seis sondas de perfuração.

“Participo de solenidade da conclusão da plataforma #P62, equipamento para exploração de petróleo em águas profundas. (…) Nesses onze anos, fizemos renascer a indústria naval. Hoje, 79 mil homens e mulheres trabalham nos estaleiros nacionais”, afirmou Dilma, que ainda destacou que 63% da P-62 teve produção nacional.


Leia

Powered by WPeMatico

17dez/13

Agenda: cerimônia de conclusão das obras da P-62 em Pernambuco

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Agenda presidencialA presidenta Dilma Rousseff visita, nesta terça-feira (17), às 9h50, as obras da Refinaria Abreu e Lima. Às 11h, ela participa da cerimônia de conclusão das obras da P-62 no Estaleiro Atlântico Sul, em Ipojuca (PE). No Palácio do Planalto, Dilma se reúne, às 17h, com a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann.


Leia

Powered by WPeMatico

16dez/13

Dilma: Retirar 36 milhões de pessoas da extrema pobreza é a maior vitória do nosso país

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Dilma Rousseff durante abertura da IX Conferência Nacional de Assistência Social. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma Rousseff durante abertura da IX Conferência Nacional de Assistência Social. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (16), na abertura da IX Conferência Nacional de Assistência Social, que o Brasil pode se orgulhar de ter uma política de assistência social amparada por leis e que supera o velho estigma da ajuda e do favor. Segundo Dilma, a maior vitória do país foi ter conseguido, por meio de políticas sociais, como o Bolsa Família, retirar da pobreza 36 milhões de brasileiros.

“O Brasil pode se orgulhar de ter politica de assistência social que é pública. Conseguimos superar o velho estigma da ajuda e do favor. Os benefícios e serviços são amparados por leis nacionais e passaram a ser vistos na condição legítima de direitos sociais (…) Não há antagonismo entre desenvolvimento social e econômico, pelo contrário. O desenvolvimento social garante um econômico sustentável. É possível crescer com desenvolvimento social (…) São vocês que ajudaram a construir esse programa e devem comemorar conosco a maior vitória desse país, 36 milhões se mantendo fora da pobreza graças ao Bolsa Família, 22 milhões só nos anos do meu governo”, disse.

Dilma afirmou que nos últimos anos o Estado avançou na construção de uma rede de proteção social pública e que resgatar as pessoas da pobreza é imperativo ético e o melhor caminho para alcançar o desenvolvimento.

“Vivemos um momento de reafirmação da assistência social como uma política publica e dever do Estado. Tem sido grande o esforço para tirar da invisibilidade parcelas expressivas da população. Para superar em definitivo a atitude de verdadeira não responsabilidade do Estado face aos mais pobres. Devemos relembrar que o recurso pras áreas sociais, em especial para assistência social costumava ser espécie de variável para o ajuste fiscal. Vejam quanta diferença. Saímos de um patamar de R$ 10 bilhões antes do Lula, e chegamos a um patamar de R$ 68 bilhões em recursos para assistência social”.


Leia

Powered by WPeMatico

16dez/13

Em telefonema, Dilma parabeniza Bachelet por vitória nas urnas e confirma presença em posse

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff telefonou, no início da tarde desta segunda-feira (16), para a presidenta eleita do Chile, Michelle Bachelet, a fim de estender os cumprimentos pelo “ótimo desempenho nas eleições presidenciais chilenas”. Bachelet venceu ontem o segundo turno do pleito no Chile, com 62% dos votos.

Dilma disse esperar que “Brasil e Chile possam trabalhar juntos por uma América do Sul cada vez mais forte”. Confirmou também que comparecerá à posse da presidenta eleita, marcada para o próximo dia 11 de março de 2014. Bachelet agradeceu o telefonema e disse que pretende trabalhar em estreita parceria com o Brasil após assumir a Presidência do Chile.


Leia

Powered by WPeMatico

16dez/13

Paz em 2014

José de Paiva Netto - fevereiro 2011 - MenorPaiva Netto

Mundo em guerra, ou melhor, mundo sempre em guerra. Então, é igualmente hora, no raiar de mais um ano, de falar na Paz e de lutar por ela, até que seja alcançada, incluída a paz no trânsito, em que os desastres vitimam tanta gente. Um dos perigos que a Humanidade atravessa é a vulgarização do sofrimento. De tanto assistir a ele pela necessária mídia, parcela dos povos pode passar a tê-lo como coisa que não possa ser mudada. Eis o assassínio da tranquilidade entre pessoas e nações quando se deixam arrastar pelo “irremediável”. Ora, tudo é possível melhorar ou corrigir nesta vida, como no exemplo de Bogotá.

Se, pelo massacre das notícias trágicas, as famílias se acostumarem ao absurdo, este irá tomando conta de suas existências.

Todos estão profundamente preocupados com a selvageria que campeia na Terra, à cata de uma solução para pelo menos diminuir a violência, que saiu dos lugares ocultos, das madrugadas sombrias, ganhou as ruas e os lares, pois invadiu as mentes. Contudo, hoje, cresce o entendimento de que, se há violência, não é só problema dos governos, das organizações policiais, marcantemente, porém, um desafio para todos nós, sociedade. Se ela saiu da noite escura e mostrou-se à luz do dia, é porque habita o íntimo das criaturas. Existindo nas Almas e nos corações, se fará presente onde estiver o ser humano.

SOCIEDADE SOLIDÁRIA E ALTRUÍSTICA

Debate-se em toda a parte a brutalidade infrene e fica-se cada vez mais perplexo por não se achar uma eficiente saída, apesar de tantas teses brilhantes. É que a resposta não está longe, e sim perto de nós: Deus, que não é uma ilusão. Paulo Apóstolo dizia: “Vós sois o Templo do Deus Vivo” (Segunda Epístola aos Coríntios, 6:16)Ora, João Evangelista, por sua vez, asseverou que “Deus é Amor” (Primeira Epístola de  João Evangelista, 4:8). Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista, pelos milênios, vem pacientemente ensinando e esperando que, por fim, aprendamos a viver em comunidade. Trata-se da perspectiva nascida do Seu coração, que é solidária e altruística, firmada no Seu Mandamento Novo: “Amai-vos como Eu vos amei” (Evangelho segundo João, 13:34), a Lei da Solidariedade Espiritual e Humana, sem o que jamais este planeta conhecerá a justiça social verdadeira.

Num futuro que nós, civis e militares de bom senso, desejamos próximo, não mais se firmará a Paz sob as esteiras rolantes de tanques ou ao troar de canhões; sobre pilhas de cadáveres ou multidões de viúvas e órfãos; nem mesmo sobre grandiosas realizações de progresso material sem Deus. Isto é, sem o correspondente avanço ético, moral e espiritual.

OUTRO PARADIGMA

Deve haver um paradigma para a Paz. Qual? Os governantes do mundo? Todavia, na era contemporânea, enquanto se põem a discuti-la, seus países progressivamente se armam. Tem sido assim a história da “civilização”… “Quousque tandem, Catilina?” (Até quando, Catilina?) A Sabedoria Divina, no entanto, adverte que, se queremos a Paz, devemos preparar-nos para ela. E Jesus nos apresentou um excelente caminho: “Minha Paz vos deixo, minha Paz vos dou. Eu não vos dou a paz do mundo. Eu vos dou a Paz de Deus, que o mundo não vos pode dar. Não se turbe o vosso coração nem se arreceie, porque Eu estarei convosco, todos os dias, até o fim dos tempos” (Evangelho segundo João, 14:27). Que tal experimentá-lo?

José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.

paivanetto@lbv.org.brwww.boavontade.com

16dez/13

Jovens cientistas contribuem para desenvolvimento com inclusão social, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Dilma durante cerimônia de entrega do XXVII Prêmio Jovem Cientista 2013. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma durante cerimônia de entrega do XXVII Prêmio Jovem Cientista 2013. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff parabenizou, nesta segunda-feira (16), os vencedores do XXVII Prêmio Jovem Cientista, que, segundo ela, estão contribuindo, cada vez mais, para produzir o desenvolvimento do país. A presidenta ainda destacou os investimentos crescentes do Brasil em educação, com programas como o Universidade para Todos (Prouni) e o Ciência Sem Fronteiras.

“Por isso é bom ver as novas gerações produzindo conhecimento e soluções, em um futuro cada vez mais próximo, decisivo para continuidade do desenvolvimento com inclusão social que todos queremos pro Brasil. (…) Em uma competição que se busca conhecimento, todos aqueles que participam ganham. Temos muito a comemorar, portanto, a dedicação dos estudantes, escolas e universidades”, disse.


Leia

Powered by WPeMatico

16dez/13

Dilma saúda Bachelet pela vitória na eleição presidencial chilena

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

TwitterA presidenta Dilma Rousseff saudou, nesta segunda-feira (16), Michelle Bachelet pela sua eleição para presidência do Chile. Dilma destacou a importância de mais uma disputa eleitoral democrática no país e que Bachelet é amiga e parceira do Brasil.

“Saúdo a senhora Michelle Bachelet pela sua eleição para presidenta do Chile. Michelle é uma amiga e parceira do Brasil. Em nome do povo brasileiro, congratulo-me com os chilenos por mais uma eleição democrática. Estou certa que o meu governo e o de Michelle Bachelet irão aprofundar ainda mais as relações entre nossos países. Brasil e Chile têm muito a cooperar e a construir juntos. Temos uma compreensão clara do papel da integração da América do Sul”, afirmou.


Leia

Powered by WPeMatico

16dez/13

Dilma: Garantir transporte escolar de qualidade é passo importantíssimo para diminuir as diferenças de oportunidade

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Café com a presidentaA presidenta Dilma Rousseff afirmou, nesta segunda-feira (16), no Café com a Presidenta, que o governo federal repassou aos municípios, a fundo perdido, recursos para compra de quase 17 mil ônibus escolares. Segundo Dilma, isso ajuda a manter 1,9 milhão de crianças na sala de aula, diminuindo as diferenças de oportunidade entre a educação da cidade e do campo.

“Nós sabemos que garantir o transporte escolar seguro e de qualidade é um passo importantíssimo para diminuir as diferenças de oportunidade, inclusive a diferença entre a educação da cidade e do campo. Todas as crianças brasileiras, todas elas, vivam elas nas cidades, nas áreas rurais ou em qualquer canto deste país, têm o direito de estudar, se qualificar, ter uma vida melhor e ter um belo futuro”, destacou.

Ainda foram repassados recursos para a compra de quase 2 mil novos ônibus escolares para cidades, para o transporte de crianças com deficiência, dentro do programa Viver sem Limite. Todos os veículos, por exemplo, contam com plataforma elevatória para quem usa cadeiras de roda. Para a presidenta, isso tem ajudado as crianças com deficiência a ir estudar e a permanecer na escola.

“Trabalhamos para que todas as crianças brasileiras, seja qual for o nível de renda de suas famílias, possam estudar e se desenvolver, porque é isso que importa. Por isso, a nossa prioridade tem sido atender as regiões mais pobres, aquelas que mais precisam. Veja que mais de 1/3 dos ônibus do Caminho da Escola foram distribuídos para as cidades do interior do Nordeste”, disse.

Confira a íntegra


Leia

Powered by WPeMatico

15dez/13

23 milhões de brasileiros terão atendimento básico de saúde graças ao Mais Médicos, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff afirmou neste domingo (15), em sua conta no Twitter, que a partir desta semana mais 6.500 profissionais serão integrados ao Mais Médicos, o que significa uma cobertura de atendimento básico de saúde para 23 milhões de brasileiros.

“Mais médicos estão chegando nas cidades do interior e periferia. A partir dessa semana serão 6.500, o que significa cobertura para 23 milhões Ou seja: 23 milhões de brasileiros terão acesso ao atendimento básico de saúde graças ao Mais Médicos. Mas não vamos parar: até abril serão mais 13 mil médicos por todo o país, permitindo que 45 milhões de brasileiros possam receber atendimento. E se precisar, abriremos mais vagas. Porque governar é compreender as prioridades da população, é colocar o Estado a serviço dos que mais precisam”, afirmou.


Leia

Powered by WPeMatico

13dez/13

Nós olhamos a questão da saúde como uma rede, afirma Dilma em inauguração de hospital

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Cerimônia de Inauguração do Hospital de Clínicas Municipal José de Alencar. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Cerimônia de Inauguração do Hospital de Clínicas Municipal José de Alencar. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

“Não basta ter hospital, precisa ter posto de saúde, UPA [Unidade de Pronto Atendimento] de urgência”, afirmou a presidenta Dilma Rousseff, em São Bernardo do Campo (SP), nesta sexta-feira (13), durante a inauguração do Hospital de Clínicas Municipal José Alencar. A unidade terá capacidade para realizar, anualmente, 18 mil internações pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“O Hospital José Alencar é um dos maiores investimentos do governo federal na área de saúde aqui no estado de São Paulo. Não é o único investimento nosso, porque olhamos a questão da saúde como uma rede. Não basta ter hospital, precisa ter posto de saúde, UPA de urgência, e hospital. Cada um deles resolve um tipo de problema. O que não é possível é ter só um deles”, afirmou Dilma.

A presidenta lembrou pesquisa do Ministério da Saúde que indica que 80% dos problemas de saúde, como pressão, diabetes, controle da taxa de açúcar, bronquite, asma, os mais básicos, são resolvidos nos postos de saúde são resolvidos nos postos de saúde. E que 97% das demais situações podem ser tratadas em Unidades de Pronto Atendimento (UPA). Os hospitais ficam, segundo Dilma, com o tratamento dos problemas mais graves.

Hospital

A unidade contará com 293 leitos (197 de internação e 96 de UTI), vai atender a população de São Bernardo, as cidades de Santo André, São Caetano, Rio Grande da Serra, Diadema, Ribeirão Pires e Mauá e conta com investimentos de R$ 126 milhões do governo federal, incluindo recursos para construção, aquisição de equipamentos e material permanente.

A unidade conta, ainda, com investimentos de R$ 74,1 milhões do município e R$ 40 milhões do governo estadual. No hospital estão disponíveis 70 leitos, sendo 30 de clínica médica, 24 de Ortopedia e Traumatologia, 10 de UTI Adulto e seis de Neurocirurgia. A unidade tem 11 pavimentos e ocupa 36 mil metros quadrados de área construída. Até 2015, o hospital terá um total de 293 leitos.

Mais Médicos

Dilma lembrou que, até o fim dessa semana, chegarão aos municípios que pediram médico em torno 6,5 mil profissionais, o que significa uma cobertura para 23 milhões de pessoas. Segundo a presidenta, isso é algo muito importante, e significa que mais 23 milhões de pessoas terão condições de serem atendidas num período de tempo em que anteriormente não tinham nenhum atendimento médico.

“Até abril de 2014, serão 13 mil médicos no Brasil, e vão ser, portanto, 45,5 milhões de pessoas com cobertura. Quando chegar março, vamos fazer avaliação, e se for necessário, traremos mais médicos pro Brasil”, afirmou.


Leia

Powered by WPeMatico

13dez/13

Hospital de alta complexidade inaugurado em São Bernardo do Campo humaniza o cuidado, afirma médico

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

“Esse é um momento muito especial para São Bernardo do Campo, muito especial para a região do Grande ABC”, afirma o dr. Daniel Beltrammi, superintendente do Hospital de Clínicas José Alencar, em São Bernardo do Campo (SP). O hospital, inaugurado pela presidenta Dilma Rousseff, nesta sexta-feira (13), receberá do Ministério da Saúde, ao todo, de R$ 126 milhões de investimento, incluindo recursos para construção, aquisição de equipamentos e material permanente. A unidade conta, ainda, com investimentos de R$ 74,1 milhões do município e R$ 40 milhões do governo estadual.

“[É] um equipamento hospitalar de média e alta complexidade, de grande capacidade de cuidado, para qualificar as ofertas de cuidado hospitalar e de outros cuidados. Para a gente apoiar a rede de serviços de saúde que faz cuidado no município e também na região, a partir de um hospital que está preparado para cumprir essa missão”, diz o dr. Beltrammi.

O projeto arquitetônico do hospital privilegia a interação entre pacientes e familiares, com espaços amplos e áreas de convivência em todas as sua unidades, incluindo os leitos de terapia intensiva. A ambientação do hospital utiliza uma paleta de cores suaves, em vez do tradicional branco, para oferecer uma sensação de acolhimento. A área externa conta com espaços de descontração e paisagismo diferenciado, com a função de criar um ambiente agradável.

“As unidades de terapia intensiva são normalmente mais escuras, mais fechadas. Todos os nossos leitos de terapia intensiva no hospital, bem como todos os nossos leitos de internação, eles têm uma janela individual para o paciente. Na terapia intensiva, para humanização, ela tem uma função fundamental. A pessoa que está restrita no leito, recebendo cuidados para rapidamente recuperar sua saúde, porque ela está muito grave, é muito importante para ela saber se é dia, saber se é noite, saber se está sol, porque essa referência normalmente ajuda a diminuir o estresse do confinamento, a diminuir o estresse das invasividades, dos cuidados que a terapia intensiva acaba impondo. […] As estruturas mais acolhedoras de terapia intensiva fazem com que a pessoa se recupere muito mais rápido”, declara o superintendente do hospital.

Leitos e Assistência

No hospital estão disponíveis 70 leitos, sendo 30 de clínica médica, 24 de Ortopedia e Traumatologia, 10 de UTI Adulto e seis de Neurocirurgia. A unidade tem 11 pavimentos e ocupa 36 mil m² de área construída. Até 2015, terá um total de 293 leitos, sendo 197 de internação (incluindo 17 destinados à desintoxicação de pacientes em uso abusivo de álcool e outras drogas) e 96 leitos complementares (incluindo 60 leitos de UTI). Serão realizadas, mensalmente, 120 mil consultas e 1,5 mil internações.

As internações clínicas envolverão diferentes especialidades, entre elas, cardiologia, nefrologia, doenças infecto-contagiosas, pneumologia, reumatologia, gastroenterologia, neurologia, hematologia, além de dermatologia, pediatria e psiquiatria para tratamento de dependentes de álcool e drogas. Na ala cirúrgica haverá especialidades como neurocirurgia, traumato-ortopedia, cirurgias vascular, cardíaca, do aparelho digestivo e coloproctologia, além de cirurgia torácica, de cabeça e de pescoço. Também haverá as especialidades de otorrinolaringologia, oftalmologia, urologia, cirurgia dermatológica, cirurgia plástica, transplante de órgãos e cirurgias ortopédicas de grande porte, além do atendimento nas especialidades pediátricas.


Leia

Powered by WPeMatico

13dez/13

Hospital de média e alta complexidade inaugurado em São Bernardo do Campo (SP) humaniza o cuidado, afirma médico

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

“Esse é um momento muito especial para São Bernardo do Campo, muito especial para a região do Grande ABC”, afirma o dr. Daniel Beltrammi, superintendente do Hospital de Clínicas José de Alencar, em São Bernardo do Campo (SP). O hospital, inaugurado pela presidenta Dilma Rousseff, nesta sexta-feira (13), receberá do Ministério da Saúde, ao todo, de R$ 126 milhões de investimento, incluindo recursos para construção, aquisição de equipamentos e material permanente. A unidade conta, ainda, com investimentos de R$ 74,1 milhões do município e R$ 40 milhões do governo estadual.

“[É] um equipamento hospitalar de média e alta complexidade, de grande capacidade de cuidado, para qualificar as ofertas de cuidado hospitalar e de outros cuidados. Para a gente apoiar a rede de serviços de saúde que faz cuidado no município e também na região, a partir de um hospital que está preparado para cumprir essa missão”, diz o dr. Beltrammi.

O projeto arquitetônico do hospital privilegia a interação entre pacientes e familiares, com espaços amplos e áreas de convivência em todas as sua unidades, incluindo os leitos de terapia intensiva. A ambientação do hospital utiliza uma paleta de cores suaves, em vez do tradicional branco, para oferecer uma sensação de acolhimento. A área externa conta com espaços de descontração e paisagismo diferenciado, com a função de criar um ambiente agradável.

“As unidades de terapia intensiva são normalmente mais escuras, mais fechadas. Todos os nossos leitos de terapia intensiva no hospital, bem como todos os nossos leitos de internação, eles têm uma janela individual para o paciente. Na terapia intensiva, para humanização, ela tem uma função fundamental. A pessoa que está restrita no leito, recebendo cuidados para rapidamente recuperar sua saúde, porque ela está muito grave, é muito importante para ela saber se é dia, saber se é noite, saber se está sol, porque essa referência normalmente ajuda a diminuir o estresse do confinamento, a diminuir o estresse das invasividades, dos cuidados que a terapia intensiva acaba impondo. […] As estruturas mais acolhedoras de terapia intensiva fazem com que a pessoa se recupere muito mais rápido”, declara o superintendente do hospital.

Leitos e Assistência

No hospital estão disponíveis 70 leitos, sendo 30 de clínica médica, 24 de Ortopedia e Traumatologia, 10 de UTI Adulto e seis de Neurocirurgia. A unidade tem 11 pavimentos e ocupa 36 mil m² de área construída. Até 2015, terá um total de 293 leitos, sendo 197 de internação (incluindo 17 destinados à desintoxicação de pacientes em uso abusivo de álcool e outras drogas) e 96 leitos complementares (incluindo 60 leitos de UTI). Serão realizadas, mensalmente, 120 mil consultas e 1,5 mil internações.

As internações clínicas envolverão diferentes especialidades, entre elas, cardiologia, nefrologia, doenças infecto-contagiosas, pneumologia, reumatologia, gastroenterologia, neurologia, hematologia, além de dermatologia, pediatria e psiquiatria para tratamento de dependentes de álcool e drogas. Na ala cirúrgica haverá especialidades como neurocirurgia, traumato-ortopedia, cirurgias vascular, cardíaca, do aparelho digestivo e coloproctologia, além de cirurgia torácica, de cabeça e de pescoço. Também haverá as especialidades de otorrinolaringologia, oftalmologia, urologia, cirurgia dermatológica, cirurgia plástica, transplante de órgãos e cirurgias ortopédicas de grande porte, além do atendimento nas especialidades pediátricas.


Leia

Powered by WPeMatico

13dez/13

Temos excelentes oportunidades à frente, afirma Dilma sobre relação comercial com a França

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Presidenta Dilma Rousseff recebe a Ordem do Mérito Industrial São Paulo durante Encontro Econômico Franco-Brasileiro. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Presidenta Dilma Rousseff recebe a Ordem do Mérito Industrial São Paulo durante Encontro Econômico Franco-Brasileiro. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff afirmou, durante Encontro Econômico Franco-Brasileiro, nesta sexta-feira (13), em São Paulo, que o avanço das negociações entre o Mercosul e a União Europeia é uma das “excelentes oportunidades” para aumentar as relações comerciais entre os dois países, que é de US$ 10 bilhões.

“A França está entre os principais parceiros brasileiros. (…) Temos excelentes oportunidades à frente. O avanço de negociações entre Mercosul e a União Europeia é uma delas. O Brasil e o Mercosul estão prontos para fazer oferta comercial. Esperamos que a troca de ofertas se realize em janeiro”, afirmou Dilma.

Dilma destacou que as empresas francesas são parceiras do governo brasileiro no desenvolvimento de projetos estratégicos, com US$ 35 bilhões investidos no país. A presidenta citou a participação de companhias da França na exploração do campo de Libra, na construção da hidroelétrica de Jirau e do reator de Angra 3.


Leia

Powered by WPeMatico

12dez/13

Philco – Blog

Não é recente a popularização do café no cotidiano dos brasileiros – a bebida já se tornou tradição no café da manhã, depois do almoço, no meio da tarde e, por que não, a qualquer hora que der vontade.A semente chegou a terras verde-amarelas no meio do século 18, vinda diretamente da Guiana Francesa para o interior de São Paulo e do Rio de Janeiro, para nunca mais nos deixar.Diversos estudos já foram feitos pelas mais respeitadas universidades do mundo buscando descobrir quais são os benefícios que a bebida traz para nós. Os resultados são surpreendentes e vão desde a conhecida ação estimulante da cafeína, perfeita para melhorar a concentração, até uma possível prevenção do mal de Parkinson. Acredita-se também que o consumo diário de 3 a 4 xícaras de café por dia pode aumentar a expectativa de vida e melhorar o humor.

viaPhilco – Blog.

12dez/13

O Estado não aceita nem aceitará práticas de tortura contra qualquer cidadão, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Dilma Rousseff durante cerimônia de entrega do Prêmio Direitos Humanos 2013 (19ª edição). Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma Rousseff durante cerimônia de entrega do Prêmio Direitos Humanos 2013 (19ª edição). Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff afirmou, nesta quinta-feira (12), no Fórum Mundial dos Direitos Humanos, em Brasília, que o Estado não aceita nem aceitará práticas de tortura contra qualquer cidadão. Dilma reconheceu que o problema continua existindo no país, mas que o governo está determinado a mudar este quadro.

“Estamos preocupados com o fato de que devemos criar todas as condições para que a nossa Constituição, que proíbe que qualquer cidadão seja submetido a tortura ou a tratamento desumano, seja respeitada. Apesar de termos ratificado a convenção das Nações Unidas contra tortura e protocolo adicional. É necessário reconhecer que a tortura continua existindo”, disse.

Para o combate à prática de tortura foi celebrada a regulamentação da lei que instituiu o Sistema Nacional de Prevenção e Combate à Tortura. Dilma destacou que o fortalecimento e o respeito aos direitos humanos são diretrizes do governo federal, e que se está construindo um país onde os direitos humanos são garantidos, e a tolerância é regra.


Leia

Powered by WPeMatico

12dez/13

Governo acolhe todos os movimentos sociais que querem debater direitos humanos, diz ministra

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Na semana em que a Declaração Universal dos Direitos Humanos completa 65 anos, a capital federal recebe representantes de governos e movimentos sociais para discutir o tema no Fórum Mundial dos Direitos Humanos. Em conversa com o Blog do Planalto, a ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Maria do Rosário, explicou os principais objetivos do encontro. A ministra também destacou a atuação do governo brasileiro na garantia dos direitos humanos, que se dá, principalmente, por meio de programas como o Juventude Viva, Bolsa Família, Brasil Carinhoso e Viver Sem Limites.

“O Fórum Mundial de Direitos Humanos é uma realização do governo brasileiro que acolhe todos os movimentos sociais do Brasil e do mundo que querem debater temas relacionados aos direitos humanos e os desafios de uma sociedade que, no marco dos 65 anos da declaração dos direitos universais, esteja voltada para a paz, para o diálogo, para a não violência, para a superação de todas as formas de opressão e de discriminação”.

Durante o fórum, a presidenta Dilma Rousseff participará da entrega da 19ª edição do Prêmio Direitos Humanos, que consiste na mais alta condecoração do governo brasileiro a pessoas e instituições que desenvolvam ações de destaque na área dos direitos humanos. Para a seleção e a eleição dos agraciados são considerados critérios como o histórico de atuação na área dos direitos humanos, o desenvolvimento de ações relevantes e a implementação de práticas inovadoras em relação ao tema.


Leia

Powered by WPeMatico

12dez/13

Brasil e França querem ser sócios na construção de uma ordem mundial mais justa e democrática, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff disse que Brasil e França querem ser sócios na construção de uma ordem mundial mais justa, igualitária e democrática. Dilma agradeceu o apoio do presidente francês, François Hollande, à iniciativa brasileira na Organização das Nações Unidas (ONU) sobre governança na internet. O Brasil vai sediar nos dias 23 e 24 abril de 2014, em São Paulo, uma conferência internacional sobre governança na internet. Durante discurso de abertura da 68ª Assembleia-Geral das Nações Unidas, no dia 24 de setembro, Dilma defendeu a criação de uma governança global para internet.

“O presidente e eu também conversamos sobre outra parceria, queremos ser sócios na construção de uma ordem mundial mais justa, igualitária e democrática. Agradeço pelo apoio da França a bem-sucedida iniciativa brasileira na ONU em direito à privacidade e na era digital. Uma parceria com a França também em todas as áreas que dizem respeito a defesa cibernética. Por outro lado é importante dizer que esse evento do dia 23 e 24 reunirá representantes da comunidade técnica, acadêmica, com a sociedade civil e setor privado internacionais e governos”, disse.


Leia

Powered by WPeMatico

12dez/13

Relação Brasil-França é tradicionalmente importante e verdadeiramente estratégica, afirma diretor do MRE

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff recebe nesta quinta-feira (12), no Palácio do Planalto, a visita oficial de Estado do presidente da França, François Hollande. Em conversa com o Blog do Planalto, o diretor do Departamento da Europa do Ministério das Relações Exteriores, ministro Oswaldo Biato Júnior, avaliou a relação brasileira com o país europeu como tradicionalmente importante e verdadeiramente estratégica.

“É a primeira visita de Estado que o presidente da França, François Hollande, faz ao Brasil. A França é um país que tradicionalmente é um parceiro muito importante do Brasil, comercialmente, economicamente, há investimentos franceses em todos os setores da economia brasileira, isso já é uma coisa tradicional. A mudança que nós estamos observando nos últimos anos é que, para além dessa cooperação tradicional, econômica, temos hoje uma relação verdadeiramente estratégica”, afirmou.

De acordo com o ministro, durante a visita do presidente francês está prevista a assinatura de acordos nas áreas de educação e ciência e tecnologia. Um deles, no primeiro segmento, prevê a ampliação da cooperação entre os dois países por meio do programa Ciência sem Fronteiras.

“A França está nos ajudando, por exemplo, numa série de setores de alta tecnologia. Esses acordos são importantes, sobretudo, porque nos ajudam a construir setores estratégicos que serão muito importantes para o desenvolvimento futuro do Brasil, na área de satélites, na área de computação, mas há também essa cooperação na área de Ciência sem Fronteiras, que vai ser reforçada com esse novo acordo. Então há uma cooperação educacional, cientifica e tecnológica que é muito importante”, explicou.

Brasil e França estabeleceram parceria estratégica em 2006, com importantes iniciativas conjuntas em áreas como ciência e tecnologia, produtos de defesa e educação. A França é o terceiro destino de bolsistas do Programa Ciência sem Fronteiras e desenvolve com o Brasil projetos estratégicos na área aeroespacial e militar. Sobre as características que definem a relação entre os dois países como simbólica, Oswaldo Biato Júnior destacou a semelhança de posturas em uma série de temas internacionais: “Defendem o multilateralismo, defendem o império da Lei, o fortalecimento da ONU, então há uma relação verdadeiramente importante em quase todos os setores”.

O comércio bilateral atingiu em 2012 a cifra de 10 bilhões de dólares, com déficit para o Brasil de US$ 1,8 bilhão. A França é o sexto investidor no Brasil, e empresas francesas estão presentes em importantes projetos estratégicos e de infraestrutura no Brasil, como por exemplo o campo de Libra (Total); a Usina de Angra 3 (Areva); a hidrelétrica de Jirau (GDF-Suez) e em diversos outros setores, como automotivo, hoteleiro e de hipermercados.


Leia

Powered by WPeMatico

12dez/13

Agenda: visita oficial de Estado do presidente da França, François Hollande

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Agenda presidencialA presidenta Dilma Rousseff participa, nesta quinta-feira (12), às 11h, da cerimônia oficial de chegada do presidente da França, François Hollande, e de encontros bilaterais, no Palácio do Planalto. Às 12h45, eles assinam atos e fazem declaração à imprensa. Em seguida, às 13h30, será oferecido almoço em homenagem ao presidente francês e à senhora Valérie Trierweiler, no Palácio Itamaraty. Às 15h30, a presidenta participa da cerimônia de entrega do Prêmio Direitos Humanos 2013, no Centro Internacional de Convenções do Brasil. De volta ao Palácio do Planalto, Dilma ainda se reúne com a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, às 16h30.


Leia

Powered by WPeMatico

11dez/13

Dilma oferece ajuda ao Rio de Janeiro

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff telefonou nesta quarta-feira (11) para o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e para o prefeito do Rio, Eduardo Paes, para manifestar solidariedade à população fluminense e para oferecer ajuda federal no enfrentamento das fortes chuvas que atingiram hoje a capital e diversas áreas do Estado.

Já existe em andamento uma forte parceria entre o governo federal e o estado no enfrentamento das calamidades públicas, especialmente na Região Serrana. Ontem, a ministra-chefe da Casa Civil da Presidência da República, Gleisi Hoffmann, reuniu-se com representantes federais e estaduais para discutir um balanço das ações de gestão de risco e respostas a desastre naturais na Região Serrana do estado.

De acordo com o balanço, estão sendo investidos R$ 380,9 milhões em obras de prevenção. Deste total, já foram concluídas 49 intervenções, no valor de R$ 151,9 milhões, em obras de contenção de encostas em Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis. Continuam em execução as obras restantes, que somam outros R$ 229 milhões, das quais R$ 153,4 milhões provenientes do PAC. Outros R$ 161,1 milhões serão investidos em contenção de encostas, em obras que ainda serão iniciadas. Também serão entregues até o fim deste ano 1.026 moradias, e outras 3,3 mil serão concluídas em 2014, somando 4,4 mil unidades.


Leia

Powered by WPeMatico

11dez/13

Dilma: Estamos colecionando conquistas que mostram que o Brasil sairá mais forte da crise mundial

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Presidenta Dilma discursa durante abertura do ENAI 2013. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Presidenta Dilma discursa durante abertura do ENAI 2013. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta quarta-feira (11), na abertura do 8º Encontro Nacional da Indústria (ENAI 2013), que nos últimos doze meses foram tomadas uma série de medidas favoráveis à indústria brasileira, tais como redução da tarifa de energia elétrica, desonerações tributárias, concessões de ferrovias e rodovias, novo marco regulatório dos portos, leilões de geração de energia e desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) que somaram R$ 49,9 bilhões até novembro deste ano.

“Ouso dizer que em poucos momentos o desenvolvimento da indústria esteve tão presente no centro das atenções e preocupações do governo (…) O Brasil deve criar uma indústria forte, condição para uma nação forte, e sobretudo essencial para que de fato tenhamos competitividade necessária, porque só a produtividade industrial combinada com nossa extraordinária capacidade de produzir alimentos e proteínas e setor de serviços pujante pode transformar o Brasil numa grande nação”, disse.

A presidenta lembrou que há um ano, no 7º ENAI, disse que o emprego estava crescendo, que a inflação estava sob controle, as reservas internacionais eram grandes e os investidores externos apostavam na economia brasileira. E que hoje, apesar do Brasil continuar imerso em um cenário externo de incertezas, o país é um dos poucos a registrar superávit fiscal e manter uma baixa taxa de desemprego.

“Quero insistir nesse ponto, passado mais um ano de incerteza e instabilidade da economia internacional. Estamos colecionando conquistas e avanços que mostram que o Brasil sairá mais forte e mais sólido dessa crise mundial (…) Render-se ao pessimismo nos imobiliza, nos torna incapazes de vislumbrar em meio às dificuldades do cenário internacional os avanços e alternativas possíveis para superar os desafios. O governo costuma ser acusado de excessivo otimismo. Admito que é preciso tomar cuidado com este risco. Mas é importante também lembrar nosso presidente JK, quando diz que otimista pode errar, mas o pessimista já começou errado”, afirmou.

Dilma ressaltou a importância da parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), especialmente no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e no Ciência sem Fronteiras. A presidenta afirmou ainda que os resultados da IX Conferência Ministerial da Organização Mundial do Comércio (OMC), realizada em Bali, vão beneficiar o Brasil.

“O primeiro acordo global nos 20 anos da história da OMC e que representará um incremento estimado de US$ 1 trilhão no comércio internacional. Esse acordo coloca na ordem do dia para todas as economias do mundo a questão da competitividade e portanto, da produtividade e da capacidade de, ao se inserir no quadro econômico internacional, fazê-lo nas melhores condições possíveis. O cenário que se descortina a partir desse acordo, beneficiará o Brasil como a CNI expressou em seu comunicado”.


Leia

Powered by WPeMatico

11dez/13

Dilma: Estamos colecionando conquistas que mostram que o Brasil sairá mais forte da crise mundial

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Presidenta Dilma discursa durante abertura do ENAI 2013. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Presidenta Dilma discursa durante abertura do ENAI 2013. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta quarta-feira (11), na abertura do 8º Encontro Nacional da Indústria (ENAI 2013), que nos últimos doze meses foram tomadas uma série de medidas favoráveis à indústria brasileira, tais como redução da tarifa de energia elétrica, desonerações tributárias, concessões de ferrovias e rodovias, novo marco regulatório dos portos, leilões de geração de energia e desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) que somaram R$ 49,9 bilhões até novembro deste ano.

“Ouso dizer que em poucos momentos o desenvolvimento da indústria esteve tão presente no centro das atenções e preocupações do governo (…) O Brasil deve criar uma indústria forte, condição para uma nação forte, e sobretudo essencial para que de fato tenhamos competitividade necessária, porque só a produtividade industrial combinada com nossa extraordinária capacidade de produzir alimentos e proteínas e setor de serviços pujante pode transformar o Brasil numa grande nação”, disse.

A presidenta lembrou que há um ano, no 7º ENAI, disse que o emprego estava crescendo, que a inflação estava sob controle, as reservas internacionais eram grandes e os investidores externos apostavam no Brasil. E que hoje, apesar do Brasil continuar imerso em um cenário externo de incertezas, o país é um dos poucos a registrar superávit fiscal e manter uma baixa taxa de desemprego.

“Quero insistir nesse ponto, passado mais um ano de incerteza e instabilidade da economia internacional. Estamos colecionando conquistas e avanços que mostram que o Brasil sairá mais forte e mais sólido dessa crise mundial (…) Render-se ao pessimismo, nos imobiliza nos torna incapazes de vislumbrar em meio às dificuldades do cenário internacional os avanços e alternativas possíveis para superar os desafios. O governo costuma ser acusado de excessivo otimismo. Admito que é preciso tomar cuidado com este risco. Mas é importante também lembrar nosso presidente JK, quando diz que otimista pode errar, mas o pessimista já começou errado”, afirmou.


Leia

Powered by WPeMatico

11dez/13

Dilma: Em 2014 teremos mais concessões na área de infraestrutura

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta quarta-feira (11), em sua conta no Twitter, que em 2014 o governo promoverá mais concessões na área de infraestrutura. A presidenta, que participa hoje da abertura do 8º Encontro Nacional da Indústria (ENAI 2013), disse ter reconhecido a urgência de promover forte transformação na infraestrutura em parceria com a iniciativa privada e que o governo tomou uma série de medidas para atrair investimentos privados, aumentar a eficiência e diminuir custos.

“Participo do 8º ENAI 2013. Em 2012, reconheci a urgência de promover forte transformação na infraestrutura em parceria com a iniciativa privada. Hoje trago resultados. Mudamos o marco regulatório dos portos para atrair investimentos privados, aumentar eficiência e diminuir custos. Concedemos 3 trechos de rodovias federais e até o final do ano serão mais 2. Além dos aeroportos do Galeão e Confins. Em 2013, realizamos 3 leilões de geração de energia e 3 de linhas de transmissão. Fizemos o histórico leilão de Libra, o primeiro bloco do pré-sal que será explorado sob regime de partilha. E nossa parceria com a indústria vai além da infraestrutura. Temos o Pronatec e o Ciência sem Fronteiras, ambos com inestimável apoio da CNI. Em 2014 teremos mais concessões de ferrovias, arrendamentos de novas áreas em portos, licitações em aeroportos e energia”, disse.


Leia

Powered by WPeMatico

11dez/13

Agenda: 8º Encontro Nacional da Indústria

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Agenda presidencial

A presidenta Dilma Rousseff participa nesta quarta-feira (11), às 10h, de solenidade de abertura do 8º Encontro Nacional da Indústria (ENAI 2013), no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília. Às 12h30, a presidenta participa de Sessão Solene do Congresso Nacional destinada à devolução simbólica do mandato presidencial a João Goulart.


Leia

Powered by WPeMatico

10dez/13

Celebração em Brasília homenageia Nelson Mandela

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Presidente da República em exercício, Michel Temer compareceu à missa celebrada na Catedral Metropolitana de Brasília nesta terça-feira (10). Foto: Anderson Riedel - Ascom/VPR

Presidente da República em exercício, Michel Temer compareceu à missa celebrada na Catedral Metropolitana de Brasília nesta terça-feira (10) em memória ao líder sul-africano Nelson Mandela. A cerimônia religiosa também contou com a participação do embaixador da África do Sul no Brasil, Mphakama Nyangweni Mbete. Foto: Anderson Riedel – Ascom/VPR


Leia

Powered by WPeMatico

10dez/13

Em Ipatinga, LBV beneficia famílias atendidas com cestas de alimento

Jussara Gonçalves de Assis acorda cedo para preparar o café da manhã da família. Após a refeição, a zelosa mãe apronta Luiz Felipe e os dois seguem para o Centro Comunitário de Assistência Social, da Legião da Boa Vontade. Com o filho no local, a mãe tem a certeza de que pode trabalhar tranquila.

Mas a rotina da empregada doméstica nem sempre foi calma. O filho foi diagnosticado com hiperatividade e a renda familiar não era suficiente para suprir os tratamentos médicos da criança. A falta de perspectivas deu origem a uma depressão e, enquanto buscava uma melhora para o próprio quadro clínico, a mãe ainda acompanhava o estado de Luiz Felipe piorar. A esperança de dias melhores parecia distante.Jussara e seu filho Luiz

A LBV surgiu na vida desta família em meio à complicada situação. Apresentada à Jussara por um amigo, ela encontrou na Entidade o conforto que procurava. “Vim conhecer e fui muito bem recebida. Ele gosta tanto daqui que nem quer ir embora. Além do carinho, atenção, apoio, conselho, meu filho e eu temos aprendido muitas coisas boas. A assistente social tem me dado muito apoio, sempre está à disposição, me orienta e eu melhorei muito”, relata.

Agradeço por tudo, só Deus pode pagar isso. Estou mais tranquila para trabalhar e tenho mais tempo para ele. O meu filho tem se desenvolvido a cada dia que passa. Quando ele entrou aqui mal conversava. Hoje ele conversa até demais, melhorou mesmo”, enfatiza.

Ao receber a cesta de alimentos não perecíveis da campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia!, entregues nesse sábado, 7, Jussara garante que o final de ano será mais feliz para sua família. “Esta cesta ajuda muito, estou muito satisfeita com o que a LBV faz pelas famílias. Dizer obrigada é pouco. Peço a Deus que continue abençoando. A LBV é como uma segunda família mesmo!”.

Nesta edição, a iniciativa beneficiará cerca de 50 mil famílias em mais de oitenta cidades brasileiras. Este número abrange as atendidas pela Legião da Boa Vontade, por intermédio de seus programas socioeducacionais, e as assistidas por organizações parceiras da Instituição.cestas2013-cestas

Estou desempregada, moro com meus dois filhos, então esta cesta é uma ajuda muito grande. Agradeço a todos que colaboraram, que Deus abençoe cada um e que todos tenham um bom Natal!”, destacou a atendida Lilian Rejane Gomes Breder.

A solenidade teve início com a Prece Ecumênica do Pai-Nosso. Em seguida, as crianças apresentaram a peça teatral O Galo de Belém, sendo fervorosamente aplaudidas pelo público presente. O evento foi prestigiado por voluntários, parceiros e autoridades locais.

cestas2013-autoridade-vasconceloO secretário de Assistência Social de Ipatinga, sr. Vasconcelo Lagares, esteve no Centro Comunitário da LBV. Sobre a ação, destacou: “A Legião da Boa Vontade realiza um trabalho muito importante, é uma Instituição consolidada. Ela contribui para que a politica de Assistência Social, de Educação, essa promoção da família, atinjam um número maior de pessoas“.

Em Ipatinga, MG, o Centro Comunitário de Assistência Social, da Legião da Boa Vontade, está localizado na Rua João Patrício de Araújo, 225 — Veneza I. Para outras informações, ligue: (31) 3822-8600.

10dez/13

Dilma: Personalidade maior do século XX, Mandela conduziu com paixão e inteligência o fim do apartheid

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta terça-feira (10), em discurso durante cerimônia de homenagem a Nelson Mandela, que o líder sul-africano conduziu com paixão e inteligência um dos mais importantes processos de emancipação do ser humano da história contemporânea – o fim do apartheid na África do Sul.

Em cerimônia no Estádio Soccer City, em Joanesburgo, que contou com a presença de mais de 90 chefes de Estado, Dilma afirmou que o combate de Mandela – e o do povo sul-africano – transformou-se em um paradigma, não só para a África, mas para todos os povos que lutam pela justiça, pela liberdade e pela igualdade.

“Trago aqui o sentimento de profundo pesar do governo e do povo brasileiro, e tenho certeza de toda a América do Sul, pela morte deste grande líder, Nelson Mandela (…) Madiba, como carinhosamente vocês o chamaram, constitui exemplo e referência para todos nós”, disse.

No discurso, Dilma afirmou que o apartheid, que Mandela e o povo sul-africano derrotaram, foi a forma mais elaborada e cruel da desigualdade social e política que se tem notícia nos tempos modernos. Segundo a presidenta, Mandela teve seus olhos postos no futuro de seu país, de seu povo e de toda a África.

“Ele soube fazer da busca da verdade e do perdão os pilares da reconciliação nacional e da construção da nova África do Sul. Devemos reverenciar esta manifestação suprema de grandeza e de humanismo. Sua luta transcendeu suas fronteiras nacionais. Deixou lições não só para seu querido continente africano, mas para todos que buscam a liberdade, a justiça social e a paz no mundo”, disse.

A presidenta concluiu o discurso afirmando que assim como os sul-africanos, os brasileiros choram e celebram o exemplo de Mandela, que faz parte do panteão da humanidade.

“O governo e o povo brasileiro se inclinam diante da memória de Nelson Mandela. Transmito aos seus familiares, ao presidente Zuma e a todos os sul-africanos nosso profundo sentimento de dor e pesar. Viva Mandela. Para sempre”.


Leia

Powered by WPeMatico

10dez/13

Dilma: Minha Casa, Minha Vida ativa a economia, gera empregos e cria oportunidades para todos

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Conversa com a Presidenta

A presidenta Dilma Rousseff afirmou na coluna Conversa com a Presidenta desta semana que já foram contratadas 2,065 milhões de moradias pelo Minha Casa Minha Vida. A presidenta disse que serão contratadas mais 700 mil casas até o final de 2014, atingindo a meta de 2,750 milhões de habitações contratadas em seu governo.

“O Minha Casa, Minha Vida é o maior programa habitacional da história do nosso país. Estamos atendendo famílias que, sem o apoio e os recursos do governo, não poderiam nem sonhar em ter a casa própria. E que estão, com o seu esforço também, realizando o sonho de ter casa uma moradia digna, de ter o seu lar (…) Além disso, chegamos, agora em novembro, a 100 mil casas contratadas na zona rural, espalhadas por todos os estados do nosso imenso Brasil. Isso mostra que o Minha Casa, Minha Vida está chegando aonde nenhum outro programa habitacional chegou. São agricultores e trabalhadores rurais que moravam em casas de taipa, de madeira ou mesmo em casas de alvenaria muito precárias, e que agora estão conquistando uma moradia digna”, disse.

Dilma também disse que além de realizar o sonho da casa própria para milhões de brasileiros, o Minha Casa, Minha Vida é importante para todo o país pois as obras do programa movimentam toda a economia brasileira. Milhões de empregos são gerados para pedreiros, carpinteiros, serralheiros, azulejistas e muitos outros trabalhadores. Essas obras também movimentam construtoras, fábricas de cimento, tijolos, cerâmicas, telhas e material de acabamento. Para a presidenta, o Minha Casa, Minha Vida ativa a economia, gera empregos e cria oportunidades para todos.

Confira a íntegra


Leia

Powered by WPeMatico

10dez/13

Agenda: Cerimônia oficial de exéquias de Nelson Mandela

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Agenda presidencial

A presidenta Dilma Rousseff participa nesta terça-feira (10), no Estádio Soccer City, em Joanesburgo, a partir das 11h (mais quatro horas em relação ao horário de Brasília), de cerimônia oficial de exéquias do ex-presidente Nelson Mandela. A presidenta será um dos chefes de Estado que discursarão durante a cerimônia.


Leia

Powered by WPeMatico

09dez/13

Presidenta Dilma discursará em funeral de Mandela

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff discursará durante o funeral de Nelson Mandela, nesta terça-feira (10), no estádio Soccer City, em Johanesburgo. O programa oficial prevê a participação de amigos e familiares de Mandela. Entre os líderes escolhidos para homenagear Mandela estão o secretário geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon; o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama; a presidenta Dilma Rousseff; e o vice-presidente da China, Li Yuanchao.

Também discursarão os presidentes da Namíbia, Hifikepunye Pohamba; da Índia, Pranab Mukherjee; de Cuba, Raul Castro; e da África do Sul, Jacob Zuma. Dilma embarcou nesta segunda-feira (9) para Johanesburgo, acompanhada pelos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Henrique Cardoso, Fernando Collor e José Sarney. Segundo a presidenta, é uma honra pode reunir todos os ex-presidentes para prestar a última homenagem a Nelson Mandela.

programaoficialmandela


Leia

Powered by WPeMatico

09dez/13

Dilma e ex-presidentes viajam para funeral de Nelson Mandela

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff embarcou, nesta segunda-feira (9), às 12h30, no Rio de Janeiro, com destino a Johanesburgo, na África do sul, onde acontece, amanhã, a cerimônia fúnebre pelo falecimento de Nelson Mandela. Segundo o embaixador do Brasil na África do Sul, Pedro Carneiro de Mendonça, a presença de Dilma e dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Henrique Cardoso, Fernando Collor e José Sarney é a mais expressiva homenagem que o Brasil poderia oferecer ao líder sul-africano.

“O Brasil estará representado no mais alto nível pela presidenta da República, que vem acompanhada dos nossos quatro ex-presidentes. É, a meu ver, a mais expressiva homenagem que nosso país pode prestar a esse vulto de envergadura mundial que é Nelson Mandela. (…) É a homenagem que o Brasil presta à África do Sul, país com o qual tem relações tão especiais. (…) E é, como o Brasil, uma sociedade multirracial”, disse.


Leia

Powered by WPeMatico

09dez/13

O país do futebol não pode mais conviver com a violência nos estádios, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff lamentou nesta segunda-feira (9), em sua conta no Twitter, a briga entre torcedores no jogo entre Atlético Paranaense e Vasco, pela última rodada do Campeonato Brasileiro realizada neste domingo (8). Para Dilma, o país do futebol não pode mais conviver com a violência nos estádios. Ela defendeu a presença da polícia nos estádios, a prisão em flagrante em caso de violência e a criação de uma delegacia do torcedor para que cenas como a de ontem sejam coibidas.

“São chocantes as cenas de brigas entre torcedores no jogo Atlético-PR x Vasco. Esta violência vai contra tudo o que acreditamos ser o futebol, um esporte de paixão, mas também de tolerância. O país do futebol não pode mais conviver com a violência nos estádios. Conversei com o ministro Aldo Rebelo, que acompanha o caso. É necessária a presença da polícia nos estádios, a prisão em flagrante em caso de violência e a criação de uma delegacia do torcedor para que cenas como a de ontem sejam coibidas”, disse.


Leia

Powered by WPeMatico

09dez/13

Dilma: Brasil torna-se cada vez mais uma terra de oportunidades

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (9), durante encontro da Clinton Global Initiative (CGI), entidade criada pelo ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton, que o Brasil torna-se cada vez mais uma terra de oportunidades, com inclusão social, aumento da renda e do emprego e atração de investimentos.

“O Brasil torna-se cada vez mais uma terra de oportunidades como produtor de alimentos, proteínas, recursos minerais expressivos, indústria diversificada e produtor de energia renovável e petróleo. Isso explica porque o Brasil continua atraindo investimentos diretos (…) Até fins de 2012, experimentamos expansão da economia depois de período longo de estagnação. Ela não se fez às custas da desigualdade social, ao contrário, fizemos da inclusão fator de dinamização da nossa economia. Criamos expressivo mercado de consumo de massas e políticas sociais e de transferência de renda que permitiram tirar 36 milhões da miséria (…) e isso permitiu que se configurasse um grande mercado de massas”.

Segundo Dilma, graças a esse grande mercado de massas, o Brasil atravessou com menos dificuldades os efeitos da crise global, em 2008 e 2009, e criou condições para que houvesse na América Latina um forte dinamismo nas suas trocas e no seu comércio. Dilma disse ainda que as melhorias na América Latina também são consequência do incremento do comércio intraregional no Mercosul, na Unasul e na A Comunidade dos Estados Latinoamericanos e Caribenhos (Celac)

“A política salarial ensejou valorização do salário mínimo real, o salário médio real aumentou 27% no período, e 48% no Nordeste. Também criamos quantidade significativa de empregos. Criamos mais de 4,8 milhões de empregos até outubro, e chegaremos a este ano a uma das menores taxas de desemprego de todos os tempos, o que coloca o Brasil numa posição invejável no mundo de hoje. Nos últimos dez anos, conseguimos criar 20 milhões de empregos formais”, afirmou.


Leia

Powered by WPeMatico

09dez/13

Resultados da Conferência da OMC são amplamente positivos para o Brasil, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (9), em sua conta no Twitter, que a IX Conferência Ministerial da Organização Mundial do Comércio (OMC), realizada em Bali, fortaleceu o sistema multilateral de comércio. Para a presidenta, os resultados da conferência são amplamente positivos para o país pois facilitam o acesso de produtos brasileiros a mercados em todo o mundo.

“A IX Conferência Ministerial da OMC, realizada em Bali, fortaleceu o sistema multilateral de comércio. Os resultados da Conferência da OMC são amplamente positivos para o Brasil, pois facilitam o acesso de nossos produtos a mercados em todo o mundo, ao simplificar e desburocratizar procedimentos aduaneiros. Bali determinou programa de trabalho para a retomada da negociação dos temas da Rodada Doha, de nosso grande interesse, como a agricultura. O acordo de Bali demonstra nosso acerto ao indicar o diplomata brasileiro Roberto Azevêdo para dirigir a OMC. As saídas dos impasses globais estão em acordos multilaterais, onde todos têm voz, e não na imposição dos mais fortes sobre os mais fracos”.


Leia

Powered by WPeMatico

09dez/13

Café com a Presidenta: Minha Casa Minha Vida já contratou mais de 2 milhões de moradias

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Café com a presidenta

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (9), no programa semanal de rádio Café com a Presidenta, que o governo federal já contratou mais de dois milhões de moradias pelo programa Minha Casa Minha Vida. Para a presidenta, o Minha Casa Minha Vida atende famílias que sem o apoio e os recursos do governo não poderiam nem sonhar em ter a casa própria.

“Eu tenho andado muito pelo país e sei o quanto o Minha Casa Minha Vida mudou a vida de milhões de pessoas. Veja só, no meu governo, nós já contratamos 2,065 milhões de moradias. Se a gente somar tudo o que foi contratado no meu governo com as casas contratadas no governo Lula, são mais de 3 milhões de moradias em todo o país. Desse total, nós já entregamos mais de 1,4 milhão de casas e apartamentos. É por isso que o Minha Casa Minha Vida é realmente um sucesso como você mesmo disse, é o maior programa habitacional da história deste país. Nós estamos atendendo famílias, que, sem o apoio e os recursos do governo, não poderiam nem sonhar em ter a casa própria. Mas, agora, elas estão, com o seu esforço também, realizando o sonho de receber a chave da casa, de ter o seu lar”, disse.

Dilma afirmou que até o final do próximo ano o governo federal vai contratar mais 700 mil moradias e atingir a meta de 2,750 milhões de casas contratadas em seu governo.

“Nós ainda vamos contratar mais 700 mil casas de agora até o final do ano que vem, porque a nossa meta é chegar com 2,750 milhões de casas contratadas somente durante o período do meu governo, de 2011 até o final de 2014. Como nós já contratamos 2,065 milhões, faltam 700 mil casas para serem contratadas. O trabalho duro que nós fizemos até agora nos dá a certeza de que vamos conseguir chegar lá”.


Leia

Powered by WPeMatico

09dez/13

Brasil sedia primeiro encontro da Clinton Global Initiative na América Latina

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

O Brasil será o primeiro país latino-americano a sediar um encontro da Clinton Global Initiative (CGI), entidade criada pelo ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton para mobilizar representantes de governos, empresas e entidades sem fins lucrativos e do terceiro setor na busca de soluções para os principais desafios do mundo atual, como questões climáticas e desenvolvimento econômico e sustentável. O encontro será realizado nesta segunda-feira (9), no Rio, e terá a participação da presidenta Dilma Rousseff.

Bruna Maria Braga é brasileira e vive há cinco anos nos Estados Unidos. Ela integra a equipe da CGI e comenta que a escolha do Brasil como sede do primeiro encontro na América Latina reflete a posição de destaque do país na busca por soluções para desafios como a miséria e o desenvolvimento econômico por meio da ação integrada dos poderes públicos e privados.

 “O Brasil, sendo a principal economia da região, tem exemplos concretos e reais de como resolver alguns desses desafios. Nosso objetivo é transformar ideias em ação, trazendo líderes dos setores para irmos em busca de soluções positivas”, afirma.

Segundo Bruna Maria, mais do que discussões, os participantes do CGI Latin America vão trabalhar no desenvolvimento e expansão de compromissos e programas concebidos para lidar com os desafios das cidades latino-americanas.


Leia

Powered by WPeMatico

07dez/13

Fetranspor – Notícias e Imprensa – Destaques

Mais um avanço do sistema de bilhetagem eletrônica do Estado do Rio de Janeiro. Depois dos testes com relógios para pagamento da tarifa, surge outra novidade a ser experimentada. Desta vez, aproximadamente 50 funcionários das empresas que compõem o sistema Fetranspor utilizarão smartphones para pagamento de passagens nos principais meios de transporte do Estado. O metrô é o único modal em que não será possível o débito de tarifa utilizando os celulares.

Os testes terão duração de três meses, quando será possível avaliar o desempenho da nova tecnologia. Os funcionários receberão recargas mensais para utilização dos telefones nos ônibus, trens, barcas, além das vans legalizadas. O saldo poderá ser monitorado por meio de um aplicativo pré-instalado nos telefones. As recargas deverão ser feitas nos ônibus ou diretamente nos terminais de autoatendimento da RioCard. Caso o crédito termine antes da efetivação de uma nova recarga, o usuário pode optar por comprá-lo, visto que a aplicação utilizada no teste é semelhante a de um cartão RioCard Expresso.

viaFetranspor – Notícias e Imprensa – Destaques.

07dez/13

Essa é a Copa de todos os brasileiros, afirma Dilma no Twitter

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff comentou, neste sábado (7), o resultado do sorteio dos grupos da Copa do Mundo, que aconteceu ontem, na Costa do Sauipe (BA). Ela lembrou que os especialistas têm avaliado o caminho do Brasil até a taça como difícil, mas reforçou a confiança no time liderado pelo atacante Neymar, em campo, e por Felipão e Parreira, fora das quatro linhas. Dilma ainda pediu o apoio de todos, fundamental para a “Copa de todos os brasileiros”.

“Segundo os especialistas em futebol, o caminho do Brasil até o hexa está cheio de pedreiras. Mas não poderia ser diferente. A vida sempre vai nos pedir mais. Temos um grande time, liderados pelo craque @neymarjr. O Felipão e o Parreira são os homens certos no lugar certo. E, principalmente, temos você. O seu apoio é fundamental. Porque essa é a sua Copa. É a Copa de todos os brasileiros. É a Copa Das Copas”, destacou.


Leia

Powered by WPeMatico

07dez/13

Ex-presidentes brasileiros acompanharão a presidenta Dilma aos funerais de Mandela

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

O porta-voz da Presidência da República, Thomas Traumann, informou que os ex-presidentes José Sarney, Fernando Collor de Mello, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva foram convidados e aceitaram acompanhar a presidenta Dilma Rousseff aos funerais de Nelson Mandela.

A comitiva presidencial parte do Rio de Janeiro na segunda-feira (9).


Leia

Powered by WPeMatico

06dez/13

Esta será a Copa das Copas, a Copa para ninguém esquecer, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A cerimônia do sorteio final dos grupos da Copa do Mundo FIFA começoum, nesta sexta-feira (6), na Costa do Sauipe (BA), com um minuto de silêncio em homenagem a Nelson Mandela, proposto pela presidenta Dilma Rousseff. Em seguida, Dilma afirmou que os brasileiros estão felizes por receber todos para o Mundial que será a Copa das Copas.

“A Copa no Brasil tem um significado especial, porque no Brasil o futebol está em casa. Os visitantes terão oportunidade de conhecer o Brasil, um país multicultural e empreendedor, terra de oportunidades. Um Brasil que preserva um imenso patrimônio da sua biodiversidade. Um país que enfrentou o desafio de acabar com a miséria e criar oportunidade pra todos”, destacou Dilma.


Leia

Powered by WPeMatico

06dez/13

No Twitter, Dilma fala sobre o sorteio dos grupos da Copa do Mundo com Neymar e Ronaldo

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff conversou, nesta sexta-feira (6), pelo Twitter, com os craques da Seleção Ronaldo, bicampeão do mundo, e Neymar, principal estrela do país para a Copa do Mundo de 2014, sobre o sorteio dos grupos da competição, que acontece hoje, na Costa do Sauípe (BA), às 14h (horário de Brasília). Na tabelinha, eles falaram sobre a pressão por vitórias e o papel da torcida no apoio ao time canarinho.

» Acompanhe a cobertura completa do sorteio no Blog do Planalto e no Portal da Copa

Dilma perguntou ao maior goleador de Copas do Mundo de todos os tempos, Ronaldo, como é o nervosismo antes do sorteio. “Todo mundo fica curioso, @dilmabr. É bom saber quem são os primeiros adversários. Ainda + com todos os campeões mundiais presentes”, disse o Fenômeno. Depois, a presidenta quis saber a preferência de Neymar, um grupo inicial mais fácil ou já com os principais adversários.

“Ah, @dilmabr, numa Copa não tem adversário fraco… Né, @ClaroRonaldo ??”, respondeu o craque. E Ronaldo completou: “Isso mesmo, @neymarjr! E nos jogos considerados mais fáceis a pressão pela vitória é maior”. E a torcida, que fez a festa na campanha do tetra da Copa das Confederações, também foi lembrada na tabelinha entre a presidenta e os dois ídolos brasileiros.

» Com assistentes como Zidane e Ronaldo, sorteio define caminho das seleções no Mundial

“Mas @neymarjr, jogar com a presença da torcida brasileira faz toda a diferença, não é verdade? #SorteioCopa2014. (…) Eu tenho certeza que teremos jogadores comprometidos dentro de campo e uma torcida maravilhosa por todo o país, @Claroronaldo e @neymarjr!”. Neymar respondeu: “Sem dúvida, @dilmabr! É só ver o apoio que a gente teve na Copa das Confederações. Foi show! #SorteioCopa2014”.


Leia

Powered by WPeMatico

05dez/13

Nota de pesar da presidenta Dilma Rousseff pelo falecimento de Nelson Mandela

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Nota Oficial

O governo e o povo brasileiros receberam consternados a notícia da morte de Nelson Mandela. Personalidade maior do século XX, Mandela conduziu com paixão e inteligência um dos mais importantes processos de emancipação do ser humano da história contemporânea – o fim do apartheid na África do Sul.

Seu combate transformou-se em um paradigma, não só para o continente africano, como para todos aqueles que lutam pela justiça, pela liberdade e pela igualdade.

O governo e o povo brasileiros se inclinam diante da memória de Nelson Mandela e transmitem a seus familiares, ao Presidente Zuma e aos sul-africanos nosso sentimento de profundo pesar. O exemplo deste grande líder guiará todos aqueles que lutam pela justiça social e pela paz no mundo.

Dilma Rousseff
Presidenta da República Federativa do Brasil


Leia

Powered by WPeMatico

05dez/13

Temos que fazer esforço para que as comunidades quilombolas possam viver do próprio trabalho, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff afirmou que espera que as comunidades quilombolas encontrem na terra um meio de sobrevivência, de afirmação da cultura e resgate da própria história. O discurso aconteceu durante a cerimônia de assinatura de decretos de desapropriação e imissão de posse para as comunidades quilombolas, nesta quinta-feira (5), no Palácio do Planalto.

“Temos de olhar essa questão das comunidades quilombolas e fazer esforço para que elas deixem de ser de subsistência para ser um local onde as pessoas possam viver do seu próprio trabalho. Um país verdadeiramente democrata tem de construir duas coisas: ações afirmativas na questão da desigualdade racial, e tem também de construir política – e essa não é só construída pelo governo, mas também pelos movimentos sociais – em que a cor da pele não é razão para discriminação ou exclusão”, avaliou Dilma.

Confira mais informações sobre a assinatura de decretos no site da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial.


Leia

Powered by WPeMatico

05dez/13

Zagallo: Não tenho dúvida nenhuma de que em 2014 faremos a maior Copa do Mundo aqui

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Zagallo também destacou Neymar como um dos principais candidatos ao posto de melhor do Mundial. Foto: Danilo Borges/ Portal da Copa

Zagallo também destacou Neymar como um dos principais candidatos ao posto de melhor do Mundial. Foto: Danilo Borges/ Portal da Copa

Os campeões mundiais pela Seleção Brasileira Zagallo, Amarildo, Carlos Alberto Torres, Bebeto e Ronaldo Fenômeno, além de Marta, atacante cinco vezes eleita a melhor do mundo, se reuniram, nesta quinta-feira (5), na Costa do Sauipe (BA), que sediará o sorteio final dos grupos da competição, e falaram do que esperam do país e do time canarinho para 2014. Com participação em quatro títulos, Zagallo foi direto: “Tenho certeza que o Brasil vai dar conta do recado”.

» Brasilidade: Marta fala sobre a importância de o Brasil se preparar bem para o Mundial

“A Copa das Confederações mostrou o que o povo brasileiro vai fazer nessa Copa de 2014. Nós batemos o recorde de público na Copa das Confederações e não tenho dúvida nenhuma de que em 2014 faremos a maior Copa do Mundo aqui. Já mostramos nossa capacidade. O Brasil é grande, está bem defendido pelo público de Leste a Oeste, Norte e a Sul. Tenho certeza que o Brasil vai dar conta do recado”, destacou Zagallo.

Já Bebeto afirmou que o evento é uma oportunidade única para mostrar a capacidade do Brasil dentro e fora de campo, e classificou o legado para o povo brasileiro como importantíssimo. O jogador lamentou não ter tido a oportunidade de disputar uma Copa em seu país, mas comemorou a participação na organização. O atacante campeão mundial em 1994 é membro do Conselho de Administração do Comitê Organizador Local (COL.)

“Eu, como jogador de futebol, não tinha noção do que é realizar uma Copa. É o nome do nosso país que está em jogo, então temos que estar todos juntos, unidos, para realizar um dos melhores Mundiais de todos os tempos. O Brasil tem que mostrar ao mundo que é capaz de realizar grandes eventos. Acho que o legado deixado para o nosso povo será um legado importantíssimo, não só o material, mas o imaterial também. Estou muito orgulhoso de ser brasileiro e poder sediar uma Copa”, afirmou.

Neymar

Entrando nas quatro linhas, os campeões mundiais e a Marta foram unânimes em indicar Neymar como o principal candidato a melhor jogador da competição. E ainda lembraram ser uma honra ter outros grandes jogadores desfilando nos estádios brasileiros, como o argentino Messe e o português Cristiano Ronaldo. O pentacampeão do mundo Ronaldo lembrou que ter Neymar como o grande destaque deverá significar o título para Brasil.

“Quero que seja o Neymar o melhor da Copa. Se for ele quer dizer que seremos campeões. Mas é muito bom ter Messi e Cristiano Ronaldo na disputa. Isso quer dizer que o nível vai ser elevado”, destacou Ronaldo.


Leia

Powered by WPeMatico

05dez/13

Exposição no Planalto faz relação entre a CLT e a democratização das fotografias

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Com a criação da CLT, em maio de 1943, os trabalhadores tiveram de buscar fotógrafos profissionais para fazerem seus retratos para a carteira de trabalho, muitos pela primeira vez na vida. Por acidente, as leis trabalhistas levaram o gosto pela foto aos operários e suas famílias. Essa é a mensagem das peças expostas na Mostra “Assis Horta – A Democratização do Retrato Fotográfico através da CLT”, inaugurada na segunda-feira (2), no Palácio do Planalto.

O grande artista homenageado é Assis Horta, de 95 anos. Mineiro de Diamantina (MG), ele aprendeu a arte da fotografia aos 9 anos, e aos 16 já tinha o próprio estúdio, na cidade onde nasceu. Até hoje, ele guarda dezenas de milhares de negativos e chapas com os retratos. Cada um organizado por número e nome do fotografado. A maioria mulheres, por influência das indústrias têxteis da cidade.

Ele ressalta que a partir das fotos obrigatórias para as carteiras de trabalho, as pessoas tomavam gosto e voltavam para tirar mais. “Eles tiravam a foto para o documento e gostavam, aí voltavam para tirar foto com a família, de corpo inteiro, como faziam os mais ricos na época”, lembrou Assis durante a abertura da exposição.

O curador da mostra é Guilherme Horta, fotógrafo e designer de Belo Horizonte (MG,) que pelo trabalho ganhou o XII Prêmio Marc Ferrez de Fotografia 2012, promovido pela Funarte/MinC. Ele descobriu o trabalho de Assis num museu em Diamantina, e a partir daí pesquisou para fazer a relação entre a CLT e a democratização da foto.

“Quando cheguei ao estúdio dele, vi estas fotos de pessoas. Eram milhares de placas, e quase todas com datas próximas e foi aí que ele me explicou a razão”, contou Guilherme. A mostra é aberta ao público e fica no Palácio do Planalto até o dia 8 de janeiro.


Leia

Powered by WPeMatico