Category Archives: Diversos

28jun/13

Papa Francisco comemora aniversário de ordenação episcopal

Poucos meses e muitos quilômetros separam o Papa Francisco de suas duas últimas dioceses. Antes de assumir o Papado, o cardeal Jorge Mario Bergoglio foi arcebispo da Arquidiocese de Buenos Aires. O bispado de Roma é uma continuação da missão episcopal conferida ao Santo Padre há exatos 21 anos, no dia 27 de junho de 1992. A Igreja celebra o seu primeiro aniversário de ordenação episcopal sob o título de Papa.

Powered by WPeMatico

28jun/13

Governo publica decreto que regulamenta a Lei dos Portos

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e o ministro-chefe da Secretaria de Portos, Leônidas Cristino, comentaram, nesta sexta-feira (28), no Palácio do Planalto, a publicação do decreto que regulamenta a Lei dos Portos. Segundo Gleisi, esse passo é importante porque permite que os primeiros anúncios de concessão sejam feitos sob o novo marco, modernizando o setor e trazendo competitividade ao país.

“Estamos com foco bastante grande em cumprir os prazos, para que tenhamos os resultados esperados na modernização do nosso sistema portuário, trazendo competitividade para o nosso país. A regulamentação é importante porque vai proporcionar que a partir da semana que vem façamos o primeiro anúncio público de terminais de uso privado, sob o novo marco”, afirmou Gleisi.

O ministro Leônidas afirmou que os pedidos de autorização para operação de aproximadamente 40 terminais privados novos devem ser anunciadas na próxima quarta-feira (3). Depois, os solicitantes terão 30 dias para apresentar toda documentação necessária, e possíveis concorrentes poderão, no mesmo prazo, declarar interesse por operar em áreas próximas.

“Mais uma etapa foi vencida, que é a publicação do decreto que regulamenta a Lei dos Portos, o novo marco regulatório do sistema portuário nacional. A SEP, juntamente com a Antaq, vão continuar trabalhando para viabilizar essas autorizações, no sentido de que nós possamos receber esses investimentos necessários para a melhoria e a eficiência do setor portuário nacional”, afirmou.


Leia

Powered by WPeMatico

28jun/13

Dilma debate reforma política com lideranças da juventude

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

O governo deve lançar, no próximo dia 8 de julho, o Observatório Participativo, uma plataforma virtual e física de consulta à sociedade civil a partir das redes sociais. O anúncio foi feito pela secretária Nacional da Juventude, Severine Macedo, após reunião, nesta sexta-feira (28), entre a presidenta Dilma Rousseff e representantes de movimentos da juventude.

“A pauta girou muito fortemente em torno de uma demanda da juventude por aprofundamento da participação, da democracia, com a reforma política. Fazendo com que a gente consiga ampliar a participação dos jovens também no sistema político, além de que a opinião deles no plebiscito possa ser mais incorporada nas instituições”, afirmou Severine.

Segundo a secretária, houve um consenso em torno da proposta de reforma política por meio de plebiscito. Entre as entidades presentes, estavam o Conselho Nacional de Juventude, União Nacional dos Estudantes, União Brasileira dos Estudantes Secundaristas, Movimento Sem Terra, Pastoral da Juventude, Marcha das Vadias, Coordenação das Entidades Negras, Levante Popular da Juventude e Rede fale.

“O consenso das organizações de juventude em relação à proposta de reforma política. Não só uma proposta de reforma política que seja discutida a partir de referendo com o Congresso Nacional. (…) Mas hoje, a partir do plebiscito, o povo tem a oportunidade de apresentar essa pauta da reforma política”, afirmou Alessandro Melchior Rodrigues, presidente do Conselho Nacional da Juventude.


Leia

Powered by WPeMatico

27jun/13

Musical “Terra de Santa Cruz” vai apresentar o Brasil ao Papa

Primeiro Ato Central com a presença do Papa Francisco, a cerimônia de acolhida no dia 25 de julho, será uma celebração com música, apresentações artísticas, além de momento de oração. Através do musical intitulado “Terra de Santa Cruz”, o Santo Padre poderá conhecer as belezas do Rio de Janeiro e alguns dos fortes momentos de fé do povo brasileiro.

Powered by WPeMatico

27jun/13

Via-Sacra da JMJ Rio2013 falará do sofrimento de Jesus expresso no jovem de hoje

O trajeto percorrido por Jesus na cidade de Jerusalém será retratado pela Via-Sacra no dia 26 de julho, em cenários cariocas, como a Pedra do Arpoador e Escadaria Selarón, na Lapa. Serão 14 estações no total, com 13 delas encenadas ao longo de cerca de um quilômetro do canteiro central da Avenida Atlântica e a última, no palco central, onde estará o Papa Francisco.

Powered by WPeMatico

27jun/13

Líderes da base na Câmara fecham unanimidade em torno de plebiscito para reforma política

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Dilma se reuniu com os líderes dos partidos da base na Câmara dos Deputados. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR.

Dilma se reuniu com os líderes dos partidos da base na Câmara dos Deputados. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR.

Os líderes dos partidos da base aliada na Câmara dos Deputados firmaram compromisso em torno da consulta pública para reforma política por meio de plebiscito. Eles se reuniram com a presidenta Dilma Rousseff nesta quinta-feira (27) no Palácio do Planalto. Mais cedo, os senadores e os presidentes de partido da base já haviam anunciado a unanimidade em relação ao tema.

“Estabelecemos uma unidade extremamente forte e firme no sentido de que as manifestações legítimas democráticas e pacíficas tenham uma resposta numa participação, numa consulta popular, para que nós possamos avançar. (…) Por isso que todos os partidos estão convictos que a consulta à população, que o plebiscito é fundamental, porque ouve em primeiro lugar a população”, afirmou Ideli Salvatti, ministra-chefe da Secretaria de Relações Institucionais.

Confira as declarações dos líderes sobre o plebiscito

José Guimarães, líder do PT

“Os líderes da base todos apoiam a consulta via plebiscito, e assumimos o compromisso de discutir nas bancadas. (…) Há uma posição política dos líderes, apoio a uma consulta popular via plebiscito. (…) Foi uma importante e bela reunião”.

Arlindo Chinaglia, líder do governo

“Quando o tema da reforma política surgiu, todos nós valorizamos, sem exceção, aquilo que já foi comentado pela ministra, da consulta popular. E quando confrontado a ideia de um plebiscito e a ideia de um referendo, por unanimidade, nós fechamos essa unidade já referida em torno de um plebiscito”.

Eduardo Cunha, líder do PMDB

“Houve uma convergência sobre um ponto, que a consulta popular se dará como plebiscito e terá o apoio unânime de todos. O que vai constar no plebiscito, o tempo que vai levar para esse plebiscito ser feito e para quando ele vai valer vai ser uma decisão que nós vamos levar para a bancada, e o Congresso soberanamente vai decidir”.

Anthony Garotinho, líder do PR

“Eu quero reafirmar tudo o que foi dito aqui, sobre o apoio ao plebiscito. Até porque referendo não cabe. Referendo só cabe sobre algo que já existe. Só pode referendar algo que já existe. Então, tem que haver um plebiscito. É a nossa opinião”.


Leia

Powered by WPeMatico

27jun/13

Reforma política e plebiscito são pontos de consenso, diz Cardozo após reunião com partidos da base aliada

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Dilma Rousseff durante reunião com presidentes de partidos políticos. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR.

Dilma Rousseff durante reunião com presidentes de partidos políticos. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR.

A presidenta Dilma Rousseff se reuniu com os presidentes dos partidos da base aliada para receber sugestões sobre a reforma política. Segundo os ministros da Educação, Aloizio Mercadante, e da Justiça, José Eduardo Cardozo, a proposta de Dilma de realizar um plebiscito foi apoiada durante o encontro, que durou quase três horas.

“A interpretação amplamente majoritária na reunião é que o plebiscito é um instrumento muito importante de partição popular na reforma política. (…) Permitirá debater e o povo decidir os pilares da reforma. Foram citados dois aspectos essenciais, o financiamento de campanha e o sistema eleitoral. Duas diretrizes que são essenciais. Então, a presidenta deverá encaminhar sua mensagem. Ela vai continuar ouvindo as lideranças do Congresso, tanto da base, quanto da oposição, no Senado e na Câmara, para aprofundar essa reflexão, e saudar esse movimento que o Congresso vem fazendo”, afirmou Mercadante.

O ministro da Justiça enfatizou que tanto a necessidade de reforma política, quanto a realização do plebiscito são pontos de consenso. Ele afirmou que há uma posição majoritária na linha de que o plebiscito seria a melhor alternativa, porque permite que a população possa debater as teses e estabelecer as diretrizes indispensáveis que vão compor o novo sistema político brasileiro.

“Houve uma posição majoritária na linha de que o plebiscito seria a melhor alternativa, embora existam outras maneiras. (…) Porque o plebiscito permite que a população, já de imediato, debata as teses e fixe as diretrizes necessárias e indispensáveis para a construção dos textos que vão compor o novo sistema político brasileiro. A participação do povo não se limitará a um ‘sim’, um ‘não’”, disse Cardozo.

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, que preside o PSB, lembrou que a sociedade foi às ruas para melhorar a nossa democracia e a representatividade. Segundo ele, é necessário dar curso dentro da institucionalidade às demandas da população, como vêm fazendo a presidenta Dilma Rousseff e os presidentes dos outros poderes.

“O instrumento do plebiscito, que cabe ao Congresso organizar esse debate. E lá as visões serão apresentadas, mas acho que valoriza efetivamente o que há de mais importante nas ruas do Brasil, que é um enorme desejo de participar. (…) A disposição dos partidos da base é de ajudar a presidenta Dilma a dar sequência ao esforço que tem feito, de ouvir e dar consequência aos reclamos da rua no Brasil, e que a gente possa fazer com que toda essa energia faça bem ao Brasil. Esse é o objetivo”, afirmou Campos.

Além de Eduardo Campos, participaram da reunião Carlos Lupi (PDT), Valdir Raupp (PMDB), Ciro Nogueira (PP), Rui Falcão (PT), Gilberto Kassab (PSD), Alfredo Nascimento (PR), Renato Rabelo (PCdoB), Benito Gama (PTB) e Marco Antonio Pereira (PRB).


Leia

Powered by WPeMatico

27jun/13

Agenda: encontro com parlamentares

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Agenda presidencialA presidenta Dilma Rousseff recebe, nesta quinta-feira (27), às 9h, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Ela ainda se reúne, às 11h, com os presidentes de partidos políticos; às 14h30, com lideranças na Câmara dos Deputados; e, às 16h30, com lideranças no Senado Federal.


Leia

Powered by WPeMatico

26jun/13

Momento de oração celebra marca de um mês para a JMJ

Para celebrar a marca de um mês para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ Rio2013), foi realizado um momento de louvor, oração e de adoração ao Santíssimo Sacramento no último domingo, 23 de junho. O encontro aconteceu na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Santa Cruz sob a presidência do presidente do Conselho Organizador Local (COL) e arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta.

Powered by WPeMatico

26jun/13

Centrais sindicais apoiam plebiscito e são convidadas a formular propostas, afirma ministro do Trabalho

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Dilma Rousseff recebe representantes das Centrais Sindicais. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma Rousseff recebe representantes das Centrais Sindicais. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff se reuniu, nesta quarta-feira (26), no Palácio do Planalto, com representantes das centrais sindicais. Segundo o ministro do Trabalho, Manoel Dias, os representantes dos trabalhadores foram convidados por Dilma para que colaborem com as questões que serão enviadas para o Congresso para compor o plebiscito da reforma política.

Nos últimos dias, a presidenta vem recebendo representantes de vários setores para apresentar os pactos propostos em torno de demandas surgidas das manifestações que acontecem nas principais cidades brasileiras. Na segunda-feira (24), Dilma se reuniu com governadores e prefeitos de capitais, e, ontem, recebeu os presidentes da Câmara dos Deputados, do Senado Federal e do Supremo Tribunal Federal.

“A reunião foi para ouvir as centrais sobre o momento que o país vive, como reuniu o Judiciário, o Legislativo. Essa é a razão de ouvir também as centrais sindicais, que lá se manifestaram e apoiaram o plebiscito e o conjunto de ações que o governo tem proposto. (…) A presidenta inclusive, no apoio que eles deram ao plebiscito, pediu a cada uma das centrais que formulassem propostas, apresentassem soluções, a fim de que ela, na elaboração do projeto, que enviará ao Congresso, possa ser contemplada também pelas opiniões e propostas das centrais”, afirmou Manoel Dias.


Leia

Powered by WPeMatico

26jun/13

População terá oportunidade de eleger as principais questões da reforma política, afirma Mercadante

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em entrevista coletiva no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (26), reafirmou a importância da participação popular na formatação da reforma política, com a realização de um plebiscito. Segundo ele, após 19 anos de tentativas frustradas, o plebiscito dará ao país a oportunidade de eleger as principais questões que devem orientar a reforma política.

De acordo com Mercadante, a presidenta Dilma Rousseff deve entrar em contato ainda hoje com a presidenta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Cármem Lúcia, para tratar do tema. O tribunal será ouvido sobre questões logísticas e operacionais. O ministro ainda lembrou que o país tem experiência na realização de plebiscitos e que o Brasil conta com um sistema eleitoral bastante eficiente, com o uso das urnas eletrônicas.


Leia

Powered by WPeMatico

25jun/13

Mercadante fala sobre plebiscito para reforma política

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou nesta terça-feira (25) que a presidenta Dilma Rousseff enviará mensagem à Câmara e ao Senado propondo a realização de um plebiscito sobre a reforma política. Mercadante disse que nos encontros que Dilma teve hoje com movimentos sociais, entidades e representantes do Legislativo e do Judiciário, houve um entendimento em torno da realização de um plebiscito com foco na reforma política.

“Já amanhã entraremos em contato com Tribunal Superior Eleitoral para verificar as condições materiais para a realização do plebiscito. O objetivo é a brevidade porque qualquer mudança legal se faz sempre até um ano antes da vigência de qualquer eleição.  Então nós temos que fazer isso com bastante objetividade e vamos encaminhar o mais rápido possível, a presidenta vai encaminhar aos presidentes da Câmara e do Senado a proposta do Executivo para a realização do plebiscito após essa consulta”, disse Marcadante.

Segundo Mercadante,  sugestões propostas pela sociedade civil e por entidades ouvidas pela presidenta como a CNBB, a OAB e o MCCE poderão estar incluídas no plebiscito. De acordo com o ministro, a presidenta ainda esta semana fará reuniões com os líderes da Câmara e do Senado, da base e da oposição, para discutir o plebiscito e quais questões deverão ser incorporadas.


Leia

Powered by WPeMatico

25jun/13

Presidenta Dilma se reúne com representantes de movimentos sociais urbanos

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff se reuniu, nesta terça-feira (25), no Palácio do Planalto, com movimentos sociais urbanos. O presidente da Central Única das Favelas, Preto Zezé, afirmou que, no encontro, foi acertada a implementação de um fórum de diálogo permanente e cada movimento deverá, a partir de agora, negociar suas pautas diretamente com cada Pasta do governo.

“A presidenta convidou os movimentos urbanos, que atuam na área de moradia, de favela, no setor de usuários de transporte público, nos convidou para nos ouvir. Cada um dos movimentos colocou sua pauta específica, e foi muito proveitoso, inclusive, para retomar o diálogo em um outro patamar. Que não é mais um diálogo para debater saídas, mas para encaminhar as propostas que inclusive já são documentos oficiais do governo”, disse.

Segundo Bartíria Lima da Costa, presidenta da Confederação Nacional das Associações de Moradores (Conam), Dilma pediu que os movimentos se organizem para participar dos pactos discutidos com governadores e prefeitos de capitais nesta segunda-feira (25), para que o controle e a participação social não fique somente no âmbito governamental.

“A reunião foi de fundamental importância para o fortalecimento dos movimentos sociais organizados, dentro da nossa pauta, que já vínhamos discutindo, e também pela pauta colocada pela presidenta, onde ela chama também para que a gente se organize num pacto por essa pauta. (…) Eu acredito que as pautas vão avançar, porque muitas das pautas colocadas anteriormente têm sido concretizadas. E, nesse momento, acreditamos que é um momento histórico, que nós estamos nas ruas, buscando para que essa pauta avance. E que nós temos clareza e certeza que ela vai ser cumprida”, afirmou.


Leia

Powered by WPeMatico

25jun/13

O povo tem que ser ouvido para que tenhamos um sistema político legítimo, afirma Cardozo

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Após encontro, nesta terça-feira (25), com representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou que o governo considera fundamental a participação popular no processo de reforma de política, por meio de um plebiscito. A medida foi proposta pela presidenta Dilma Rousseff durante reunião com prefeitos de capitais e governadores nesta segunda (24).

“O povo tem que ser ouvido para que tenhamos um sistema político legítimo, que seja expressão maior da posição dos brasileiros. (…)Achamos fundamental que a reforma política passe por um processo de ampla discussão com a sociedade. E o plebiscito tem o papel muito importante para que essa reforma ocorra. (…) A presidenta quando falou, falou de um processo constituinte específico, não falou de uma constituinte, não falou de um plebiscito com questões que orientassem as decisões do Congresso. Ela falou que era necessário um processo constituinte específico. Como seria esse processo? Não foi discutido. Se vocês pegarem o discurso da presidenta, foi isso que foi dito. Óbvio que temos diferentes teses. Uma das teses é a da assembleia constituinte, que muitos defendem. Nenhumas das teses deve ser ignorada. Aliás, a decisão é do Congresso”, afirmou.


Leia

Powered by WPeMatico

25jun/13

Em coluna, mensagem de Dilma Rousseff sobre as ações para a melhoria dos serviços públicos

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Conversa com a PresidentaA coluna semanal Conversa com a Presidenta desta terça-feira (25) trouxe uma mensagem da presidenta Dilma Rousseff sobre as ações para a melhoria dos serviços públicos. Ontem, uma reunião com prefeitos de capitais e governadores serviu para definir ações conjuntas em prol dessa melhoria.

“Todos nós, brasileiras e brasileiros, estamos acompanhando com muita atenção as manifestações que ocorrem no país, e que reivindicam a melhoria da saúde, dos transportes públicos, da educação, um combate sistemático à corrupção e ao desvio de recursos públicos, entre outros. Também vou conversar sobre essas questões com os chefes dos poderes Legislativo e Judiciário e já iniciei as conversas com representantes das manifestações pacíficas, das organizações de jovens, das entidades sindicais, dos movimentos de trabalhadores, das associações populares”, afirmou.

Confira a íntegra


Leia

Powered by WPeMatico

25jun/13

Agenda: presidentes da OAB e do STF

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Agenda presidencialA presidenta Dilma Rousseff se reúne, nesta terça-feira (25), às 10h, com o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinicius Furtado Coêlho. Às 15h, se encontra com Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). Às 16h30, recebe os representantes de movimentos urbanos; e, às 17h30, o presidente do Senado, Renan Calheiros.


Leia

Powered by WPeMatico

25jun/13

Agenda: presidente da OAB e do STF

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Agenda presidencialA presidenta Dilma Rousseff se reúne, nesta terça-feira (25), às 10h, com o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinicius Furtado Coêlho. Às 15h, se encontra com Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). Às 16h30, recebe os representantes de movimentos urbanos; e, às 17h30, o presidente do Senado, Renan Calheiros.


Leia

Powered by WPeMatico

25jun/13

Ônibus intermunicipais terão frota extra durante a Jornada

Os peregrinos que moram em cidades vizinhas ao Rio de Janeiro poderão vir à Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Rio2013 utilizando o transporte público regular. Haverá ônibus intermunicipais extras disponíveis durante o evento, de acordo com o Departamento de Transportes Rodoviários do Rio de Janeiro (Detro). A instituição não recomenda que os peregrinos do estado contratem ônibus fretados e orienta que utilizem as linhas regulares para desafogar o trânsito.

Powered by WPeMatico

25jun/13

JMJ e WWF trabalham juntas por uma mensagem de sustentabilidade

A Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Rio2013 selou uma parceria com a ONG internacional WWF para fomentar a educação ecológica dos jovens e discutir a sustentabilidade do evento. A ONG vai produzir uma série de cinco vídeos com temas sobre meio ambiente, água, biodiversidade e pessoa, mudanças climáticas e energia sustentável e Amazonas. O objetivo é inspirar na juventude uma consciência ambiental.

Powered by WPeMatico

24jun/13

Dilma propõe plebiscito para reforma política

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff propôs, nesta segunda-feira (24), em reunião com governadores e prefeitos de capitais, no Palácio do Planalto, a convocação de um plebiscito para formação de uma constituinte específica para a reforma política e uma nova legislação que torne a corrupção dolosa crime hediondo. As medidas fazem parte dos cinco pactos propostos pela presidenta nas áreas de saúde, transporte público, educação, reforma política e responsabilidade fiscal.

Dilma ainda anunciou a criação do Conselho Nacional do Transporte Público, com a participação da sociedade civil, e um novo aporte de R$ 50 bilhões para obras de mobilidade urbana que privilegiem o transporte coletivo. A presidenta também pediu um pacto com os governantes pela saúde, com a contratação de médicos estrangeiros, além da criação de novas vagas de graduação e residência médica.

“Quero, nesse momento, propor um debate sobre a convocação de um plebiscito popular que autorize o funcionamento de um processo constituinte específico para fazer a reforma política que o país tanto necessita. O Brasil está maduro para avançar. (…) Devemos também dar prioridade ao combate à corrupção de forma ainda mais contundente do que já vem sendo feito em todas as esferas. Nesse sentido, uma iniciativa fundamental é uma nova legislação que classifique a corrupção dolosa como equivalente a crime hediondo, com penas muito mais severas”, afirmou.

A presidenta voltou a pedir um pacto para que os recursos provenientes dos royalties do petróleo sejam dedicados integralmente para investimentos em educação. O Plano Nacional de Educação (PNE), em tramitação no Senado, destina 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a área. E ainda destina 100% dos royalties do petróleo mais 50% do Fundo Social extraído da camada pré-sal para o financiamento da educação. Ela lembrou que nenhum país desenvolvido conseguiu evoluir sem aportes vultuosos na área.

Confira a íntegra


Leia

Powered by WPeMatico

24jun/13

Governo se reúne com Movimento Passe Livre

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Presidenta Dilma Rousseff durante encontro com representantes do Movimento Passe Livre, no Palácio do Planalto. Foto: Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Presidenta Dilma Rousseff durante encontro com representantes do Movimento Passe Livre, no Palácio do Planalto. Foto: Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff se reuniu, nesta segunda-feira (24), no Palácio do Planalto, com representantes do Movimento Passe Livre (MPL), de São Paulo. No encontro, o governo ouviu as reivindicações do grupo e, segundo o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, apresentou os investimentos de R$ 88,9 bilhões já disponilizados para a área de mobilidade urbana. A presidenta Dilma Rousseff, depois do encontro, ainda anunciou a disponibilização de mais R$ 50 bilhões para projetos de mobilidade urbana que privilegiem o transporte coletivo.

Segundo a estudante Mayara Vivian, presente na reunião, o encontro é importante porque significa uma abertura do diálogo, e ressaltou que essa é a primeira vez que um movimento por transporte é recebido por um presidente da República. Mayara destacou que a presidenta Dilma também considera o transporte como direito social e que o movimento espera, das três esferas de governo, que haja medidas concretas no sentido de melhorar o sistema de transporte.


Leia

Powered by WPeMatico

24jun/13

Com reuniões, Dilma inicia debate com movimentos populares e governantes

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Café com a presidentaA elaboração de um pacto nacional para a melhoria dos serviços públicos será pauta das reuniões da presidenta Dilma Rousseff, nesta segunda-feira (24), no Palácio do Planalto, com prefeitos, governadores e movimentos sociais. A medida foi anunciada na última sexta-feira (21), em pronunciamento à nação. O programa Café com a Presidenta de hoje retomou os principais pontos abordados por Dilma, como a necessidade de se aproveitar a força das manifestações para acelerar as realizações no país.

“Se aproveitarmos bem o impulso desta nova energia política, poderemos fazer, melhor e mais rápido, muita coisa que o Brasil ainda não conseguiu realizar por causa de limitações políticas e econômicas. Mas, se deixarmos que a violência nos faça perder o rumo, estaremos não apenas desperdiçando uma grande oportunidade histórica, como também correndo o risco de colocar muita coisa a perder. Como presidenta, eu tenho a obrigação tanto de ouvir a voz das ruas, como dialogar com todos os segmentos, mas tudo dentro dos primados da lei e da ordem, indispensáveis para a democracia”, disse.

Dilma destacou que o Brasil não pode aceitar que uma minoria violenta destrua o patrimônio público e privado, tentando levar o caos aos principais centros urbanos do país. Ela lembrou que as demandas das manifestações ganharam prioridade nacional, como o combate sistemático a corrupção e mais qualidade nos serviços públicos como educação, atendimento de saúde, transporte público a preço justo e mais segurança.

“Vou convidar os governadores e os prefeitos das principais cidades do país para um grande pacto em torno da melhoria dos serviços públicos. O foco será: primeiro, a elaboração do Plano Nacional de Mobilidade Urbana, que privilegie o transporte coletivo. Segundo, a destinação de cem por cento dos recursos do petróleo para a educação. Terceiro, trazer de imediato milhares de médicos do exterior para ampliar o atendimento do Sistema Único de Saúde, o SUS. Anuncio que vou receber os líderes das manifestações pacíficas, os representantes das organizações de jovens, das entidades sindicais, dos movimentos de trabalhadores, das associações populares. Precisamos de suas contribuições, reflexões e experiências, de sua energia e criatividade, de sua aposta no futuro e de sua capacidade de questionar erros do passado e do presente”, afirma.

Confira a íntegra


Leia

Powered by WPeMatico

23jun/13

Nota à imprensa: esclarecimentos sobre investimentos do governo federal para a Copa do Mundo

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A matéria veiculada pelo Portal UOL na manhã deste domingo (23), assinada por Rodrigo Mattos e Vinicius Konchinski, distorce informações, faz relações incorretas e induz o leitor a uma interpretação errada dos fatos. Cabe esclarecer o seguinte:

– Não há um centavo do Orçamento da União direcionado à construção ou reforma das arenas para a Copa.

– Há uma linha de empréstimo, via BNDES, com juros e exigência de todas as garantias bancárias, como qualquer outra modalidade de crédito do banco. O teto do valor do empréstimo, para cada arena, é de R$ 400 milhões, estabelecido em 2009, valor que permanece o mesmo até hoje. O BNDES tem taxas de juros específicas para diversas modalidades de obras e projetos. O financiamento das arenas faz parte de uma dessas modalidades.

– Não houve qualquer aporte de recursos do Orçamento da União nos últimos anos para a Terracap (Companhia Imobiliária de Brasília). Portanto, a matéria do UOL está errada. Não há recurso algum do Orçamento da União para a obra de nenhuma das arena, o que inclui o Estádio Nacional Mané Garrincha.

– Isenções fiscais não podem ser consideradas gastos, porque alavancam geração de empregos e desenvolvimento econômico e social, e são destinadas a diversos setores e projetos. Só as obras com as seis arenas concluídas até agora geraram 24.500 empregos diretos, além de milhares de outros indiretos, principalmente na área da construção civil.

– É importante reforçar que todos os investimentos públicos do Governo Federal para a preparação da Copa 2014 são em obras estruturantes que vão melhorar em muito a vida dos moradores das cidades. São obras de mobilidade urbana, portos, aeroportos, segurança pública, energia, telecomunicações e infraestrutura turística.

– A realização de megaeventos representa para o país uma oportunidade para acelerar investimentos em infraestrutura e serviços, melhorando as cidades e a qualidade de vida da população brasileira. Os investimentos fortalecem a imagem do Brasil, de seus produtos no exterior e incrementa o turismo no país, gerando mais empregos e negócios para o povo brasileiro.

Ministério do Esporte
Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão


Leia

Powered by WPeMatico

14jun/13

Dilma lança obra de VLT que vai ligar região portuária ao centro do Rio

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Dilma antes da cerimônia de assinatura de contrato para construção e operação do VLT nas áreas central e portuária. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma antes da cerimônia de assinatura de contrato para construção e operação do VLT nas áreas central e portuária. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Foi firmado, nesta sexta-feira (14), no Rio de Janeiro, o contrato para a implantação do sistema de Veículo Leve sobre Trilho (VLT) que vai ligar a região portuária ao centro da cidade, com 42 estações e um investimento de R$ 1,2 bilhão. Segundo a presidenta Dilma, ao integrar vários modais, esse VLT é fundamental na construção da melhoria de vida da população.

“O VLT é um elemento fundamental na construção da melhoria de vida da população. (…) Parabenizo o prefeito por estar dando o melhor possível em matéria de integração de modais e de VLT. (…) Ele ressuscita o Centro para a população da cidade. E ele precisa integrar todos os modais de transportes, que trazem as pessoas para desfrutar deste centro”, afirmou.

VLT

O projeto contará com investimentos de R$ 1,2 bilhão, sendo R$ 500 milhões do Governo Federal através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Mobilidade. As obras devem ser iniciadas no segundo semestre deste ano.

O projeto da Prefeitura será executado por meio de parceria público-privada (PPP), com o Consórcio VLT Carioca sendo responsável pelas obras de implantação, compra dos trens e sistemas, operação e manutenção por 25 anos.

O sistema vai ligar a região portuária ao centro financeiro da cidade e ao Aeroporto Santos Dumont, e contará com seis linhas e 42 estações em 28 quilômetros de vias. A capacidade final do meio chegará a 285 mil passageiros por dia.


Leia

Powered by WPeMatico

14jun/13

No Rio, Dilma Rousseff anuncia investimentos para Rocinha, Lins e Jacarezinho

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Dilma cumprimenta alunos e funcionários do Complexo Esportivo da Rocinha. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma cumprimenta alunos e funcionários do Complexo Esportivo da Rocinha. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff destacou, nesta sexta-feira (14), no Rio de Janeiro, os investimentos do governo federal em comunidades e favelas, que já alcançaram, durante seu mandato, R$ 5,9 bilhões. No evento, a presidenta anunciou R$ 2,66 bilhões para intervenções na Rocinha e nos complexos do Lins e do Jacarezinho. Segundo Dilma, esses aportes se traduzem em qualidade de vida para os moradores.

“O investimento total, no meu período, em favelas totaliza hoje R$ 5,9 bilhões. Isso significa qualidade de moradias, acesso a UPAs, escolas para os jovens e crianças, e centro esportivo que dá acesso ao lazer. Significa também a precondição para que a gente pacifique uma comunidade e acabe com o controle privado da violência, que muitas vezes aconteceu por descaso do poder público”, destacou.

Investimentos

O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2 terá R$ 2,66 bilhões em investimentos para as comunidades da Rocinha e para os complexos do Lins e do Jacarezinho. Entre as intervenções, estão previstas obras de macrodrenagem de esgoto e água, instalação de rede coletora de lixo, abertura e alargamento de vias, além da construção de creches e de 475 unidades habitacionais.


Leia

Powered by WPeMatico

14jun/13

Agenda: investimentos em infraestrutura na Rocinha e nos complexos do Lins e do Jacarezinho

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Agenda presidencialA presidenta participa, nesta sexta-feira (14), às 10h, no Rio de Janeiro, de cerimônia de anúncio de investimentos em infraestrutura urbana e equipamentos sociais nas comunidades da Rocinha e nos complexos do Lins e do Jacarezinho. Às 12h45, ela assina contrato para construção e operação do veículo leve sobre trilhos (VLT) nas áreas central e portuária.


Leia

Powered by WPeMatico

13jun/13

A JMJ é oportunidade para os jovens encontrarem o sentido da sua vida, diz padre Jorjão

Figura muito presente no meio da juventude carioca, o padre Jorjão participou de todas as JMJs, exceto a de Filipinas. Em entrevista para o site oficial da JMJ Rio2013, ele conta as suas experiências nestes encontros da juventude, diz porque os jovens devem participar da Jornada e revela quais as transformações que a JMJ propiciou para sua vida.

Powered by WPeMatico

13jun/13

Vamos fazer uma Copa segura e deixar um grande legado, afirma Dilma Rousseff

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Dilma, no centro de comando de Brasília, conversa com o ministro Aldo Rebelo, do Esporte, e com o governador, Sérgio Cabral, na unidade do Rio. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

Dilma, no centro de comando de Brasília, conversa com o ministro Aldo Rebelo, do Esporte, e com o governador Sérgio Cabral, que estavam na unidade do Rio. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta quinta-feira (13), em Brasília, durante cerimônia de entrega do Sistema Integrado de Comando e Controle para Segurança de Grandes Eventos, que o Brasil fará uma Copa do Mundo segura e deixará um grande legado de integração na área de segurança. O sistema é composto por centros integrados de comando e controle móveis, caminhões adaptados e equipados com sistemas de comunicação, videomonitoramento e gestão de eventos.

“Acredito que uma das grandes questões que a população brasileira levanta, em relação aos grandes eventos – Copa e Olimpíada – é, primeiro, nós termos capacidade de mostrar que vamos fazer uma Copa das Confederações, uma Copa do Mundo e uma Olimpíada segura e, segundo, que vamos deixar um grande legado para a população brasileira, sob a forma da integração dos órgãos de segurança pública da União, dos estados e dos municípios”, defendeu.

Os veículos atuarão como postos avançados de comando e controle para o trabalho conjunto das forças de segurança e de socorro a emergências. Também serão entregues os seguintes equipamentos: kit antibomba, com materiais necessários ao desarme seguro de explosivos; imageadores aéreos, que captam imagens com altíssima resolução e enviam para os centros de controle; desencarceradores, equipamento usado para remoção de pessoas presas a ferragens ou escombros; kits de armamento menos letal e plataformas móveis de observação.

“Nós estamos aqui hoje para entregar mais uma realização. Esse sistema integrado de comando e controle inaugurado integra toda a política de segurança para os grandes eventos e também para legar um ganho para a segurança pública da nossa população. O governo federal investiu R$ 1,8 bilhão, sendo que R$ 1,1 bilhão pelo Ministério da Justiça, e R$ 700 milhões por meio do Ministério da Defesa e das Forcas Armadas”, explicou Dilma.


Leia

Powered by WPeMatico

13jun/13

Vamos fazer uma Copa segura e deixar um grande legado, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta quinta-feira (13), em Brasília, durante cerimônia de entrega do Sistema Integrado de Comando e Controle para Segurança de Grandes Eventos, que o Brasil fará uma Copa do Mundo segura e deixará um grande legado de integração na área de segurança. O sistema é composto por centros integrados de comando e controle móveis, caminhões adaptados e equipados com sistemas de comunicação, videomonitoramento e gestão de eventos.

“Acredito que uma das grandes questões que a população brasileira levanta, em relação aos grandes eventos – Copa e Olimpíada – é, primeiro, nós termos capacidade de mostrar que vamos fazer uma Copa das Confederações, uma Copa do Mundo e uma Olimpíada segura e, segundo, que vamos deixar um grande legado para a população brasileira, sob a forma da integração dos órgãos de segurança pública da União, dos estados e dos municípios”, defendeu.

Os veículos atuarão como postos avançados de comando e controle para o trabalho conjunto das forças de segurança e de socorro a emergências. Também serão entregues os seguintes equipamentos: kit antibomba, com materiais necessários ao desarme seguro de explosivos; imageadores aéreos, que captam imagens com altíssima resolução e enviam para os centros de controle; desencarceradores, equipamento usado para remoção de pessoas presas a ferragens ou escombros; kits de armamento menos letal e plataformas móveis de observação.

“Nós estamos aqui hoje para entregar mais uma realização. Esse sistema integrado de comando e controle inaugurado integra toda a política de segurança para os grandes eventos e também para legar um ganho para a segurança pública da nossa população. O governo federal investiu R$ 1,8 bilhão, sendo que R$ 1,1 bilhão pelo Ministério da Justiça, e R$ 700 milhões por meio do Ministério da Defesa e das Forcas Armadas”, explicou Dilma.


Leia

Powered by WPeMatico

13jun/13

Ministro do Esporte fala sobre a preparação do Brasil para Copa das Confederações

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

O ministro destacou a sustentabilidade dos projetos dos estádios. Foto: Elza Fiúza/ABr

O ministro destacou a sustentabilidade dos projetos dos estádios. Foto: Elza Fiúza/ABr

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, enfatizou, no programa Bom Dia, Ministro, nesta quinta-feira (13), os legados físicos e imateriais que serão deixados pela preparação do país para receber a Copa do Mundo, em 2014. No próximo sábado, a Copa das Confederações começa em Brasília, com a partida entre Brasil e Japão, no estádio Mané Garrincha.

“Já podemos dizer que, a partir da preparação do Brasil para a Copa do Mundo, há um legado na geração de empregos, de renda, no fluxo de turistas para nossas sedes. Com a Copa, elas passam a ser mais conhecidas. A imprensa internacional, revistas, jornais e rádios passam a visitar e a divulgar o país. Isso sem contar com os estádios, com engenharia avançada, sustentabilidade, aproveitamento de energia e água da chuva. (…) Da afirmação do Brasil não apenas do ponto de vista material, como os estádios, aeroportos, equipamentos de segurança, mas um momento privilegiado para o Brasil mostrar ao mundo um projeto civilizatório, tolerante, que não cultiva o ódio”, afirmou.

» Confira outros pontos do programa no Portal da Copa


Leia

Powered by WPeMatico

12jun/13

Oferecer acesso ao crédito para beneficiários do Minha Casa, Minha Vida é fundamental, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Dilma Rousseff faz entrega simbólica dos primeiros cartões do Minha Casa Melhor. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR.

Dilma Rousseff faz entrega simbólica dos primeiros cartões do Minha Casa Melhor. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR.

A presidenta Dilma Rousseff anunciou, nesta quarta-feira (12), em Brasília, o cartão Minha Casa Melhor, que vai disponibilizar aos beneficiários do programa Minha Casa, Minha Vida R$ 5 mil em crédito para compra de móveis e eletrodomésticos. A linha de financiamento vai totalizar R$ 18,7 bilhões, e estará disponível aos usuários pela Caixa Econômica Federal e pelo Banco do Brasil. A presidenta ressaltou, em discurso, a importância do acesso dessa faixa da população ao crédito, e a bens mais modernos e eficientes.

“O Minha Casa Melhor é preciso em garantir aos bens modernos que não gastam tanta energia para a população, que no Brasil não tem acesso ao crédito e que pode ter acesso ao crédito. Ao mesmo tempo, ele assegura acesso a bens, e ao mesmo tempo, ele assegura que esses bens sejam mais eficientes. (…) É fundamental que essa parcela da população tenha acesso ao crédito. E aí, o que nós vamos garantir? Taxas de juros de 5%, 48 meses para pagar e vamos exigir que as pessoas estejam em dia com o programa de pagamento da sua moradia”, afirmou.

As famílias de qualquer faixa de renda poderão financiar até R$ 5 mil, com taxas de 5% ao ano, prazo de pagamento de até 48 meses e desconto de 5% em relação aos preços à vista. Entre os itens disponíveis estão geladeira, fogão, lavadora de roupas automática, computador, TV digital, guarda-roupa, cama de casal e de solteiro (com ou sem colchão), mesa com cadeiras e sofá.

“Eu queria aqui reiterar o que eu disse no 1º de maio, a respeito de o Brasil ter mudado de fase. O Brasil mudou de fase porque nós tornamos o compromisso com maior qualidade de vida, com melhor acesso a bens, com melhor emprego, com melhor renda um compromisso de toda nação. E acredito que um país vencedor será sempre aquele país que faz com que todo o seu povo seja vencedor”, disse.


Leia

Powered by WPeMatico

12jun/13

Usuários do Minha Casa, Minha Vida terão crédito de R$ 18,7 bilhões para comprar móveis e eletrodomésticos

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Os beneficiários do Minha Casa, Minha Vida terão à disposição linha de crédito especial de R$ 18,7 bilhões para comprar móveis e eletrodomésticos. O anúncio do financiamento, chamado de Minha Casa Melhor, foi feito pela presidenta nesta quarta-feira (12) pela presidenta Dilma Rousseff. As famílias poderão financiar até R$ 5 mil, com taxas de 5% ao ano, prazo de pagamento de até 48 meses e desconto de 5% em relação aos preços à vista. Entre os itens disponíveis estão geladeira, fogão, lavadora de roupas automática, computador, TV digital, guarda-roupa, cama de casal e de solteiro (com ou sem colchão), mesa com cadeiras e sofá.

O acesso aos recursos será por meio de um cartão magnético, emitido pela Caixa Econômica Federal e pelo Banco do Brasil, operadores do programa. A linha de financiamento estará disponível por 12 meses, a partir da emissão do cartão. Esse prazo permitirá aos beneficiários planejar suas compras e pesquisar o melhor preço, dentro do limite de R$ 5 mil. Cada produto tem um limite máximo de preço (vide tabela abaixo). O cartão de compras será entregue na residência do beneficiário após dez dias, para ser utilizado nas 12 mil lojas credenciadas em todo o país.

MÓVEIS
PRODUTO
PREÇO MÁXIMO DE VENDA
Guarda-Roupa
Até R$ 380,00
Cama de Casal, com ou sem Colchão
Até R$ 370,00
Cama de Solteiro, com ou sem Colchão
Até R$ 320,00
Mesa com Cadeiras
Até R$ 300,00
Sofá
Até R$ 375,00
ELETRODOMÉSTICOS
PRODUTO
PREÇO MÁXIMO DE VENDA
Refrigerador
Até R$ 1.090,00
Fogão
Até R$ 599,00
Lavadora de Roupas Automática
Até R$ 850,00
TV Digital
Até R$ 1.400,00
Notebook com acesso a Internet ou Computador, com teclado, mouse e monitor com acesso a Internet
Até R$ 1.150,00

Leia

Powered by WPeMatico

12jun/13

Aldo Rebelo fala de Copa das Confederações e conversa com internautas no Bom Dia, Ministro desta quinta

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Uma edição especial do programa Bom Dia, Ministro terá, nesta quinta-feira (13), às 8h, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, conversando com rádios e também com usuários das redes sociais sobre a Copa das Confederações, que terá sua abertura no próximo dia 15, em Brasília (DF), quando o Brasil estreia contra o Japão.

Para participar, é só enviar a pergunta usando a hashtag #BDM. O ministro ainda conversará com blogueiros esportivos. O Blog do Planalto e o Portal da Copa acompanharão o bate papo e continuam juntos na cobertura durante toda a competição, com as notícias produzidas pela equipe do site do governo federal para os torneios sendo reproduzidas em tempo real em blog.planalto.gov.br por meio de um widget (você também pode usá-lo em seu site ou blog: veja aqui).

Obstáculos superados

Na última segunda-feira (10), depois de reunião com os ministros envolvidos na preparação da Copa das Confederações, Aldo Rebelo afirmou que todas as dificuldades e desafios na preparação dos eventos haviam sido superados. Para o ministro, o evento já está sendo um sucesso com a entrega dos estádios, a preparação dos planos operacionais e a chegada de turistas e delegações.

“Repassamos todos os planos operacionais relacionados com as seis cidades-sede: os dois ciclos de reuniões com as cidades, com os estados, com os organizadores para repassar todas as tarefas dos planos operacionais. E concluímos que superamos todas as dificuldades, todos os desafios relacionados com a preparação da Copa, desde a entrega dos estádios. Todos foram entregues e testados em eventos”, explicou.


Leia

Powered by WPeMatico

12jun/13

Agenda: anúncio de linha de financiamento para aquisição de móveis e eletrodomésticos aos beneficiários do Minha Casa, Minha Vida

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Agenda presidencialA presidenta Dilma Rousseff participa, nesta quarta-feira (12), às 11h, no Palácio do Planalto, de cerimônia de anúncio de linha de financiamento para aquisição de móveis e eletrodomésticos aos beneficiários do programa Minha Casa, Minha Vida.


Leia

Powered by WPeMatico

11jun/13

Novos Jovens Adoradores é legado da Vigília de intercessão pela JMJ

O legado que a Vigília dos Jovens Adoradores vai deixar para a Arquidiocese do Rio de Janeiro é o aumento do número dos jovens adoradores do Santuário de Adoração Perpétua. A Vigília acontece toda segunda sexta-feira do mês no Santuário de Adoração Perpétua na Igreja de Sant’Ana. Esta é a ultima edição realizada na igreja. Haverá ainda uma vigília na Catedral Metropolitana no próximo mês.

Powered by WPeMatico

11jun/13

ANTT divulga normas de fiscalização de transporte para a JMJ

Para evitar a circulação de transportes clandestinos durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) divulgou novos procedimentos de fiscalização de transportes nos dias do evento. De acordo com a agência, a resolução foi tomada devido ao aumento significativo de passageiros e veículos durante os dias da JMJ.

Powered by WPeMatico

11jun/13

Dilma lamenta morte de Jacob Gorender

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Foi com tristeza que recebi a notícia da morte do amigo e companheiro Jacob Gorender. Autor de duas obras clássicas da historiografia brasileira, O Escravismo Colonial e Combate nas Trevas, Gorender foi um pensador do Brasil. Não teve medo das polêmicas intelectuais, assim como não teve medo de defender suas ideias, mesmo pagando o pior dos preços.

Nós nos conhecemos presos no Dops, em São Paulo. Ele estava convalescente de torturas e foi conselheiro importante em um momento crucial na minha vida.

Aos familiares, amigos e admiradores, deixo as minhas condolências e homenagens a este grande brasileiro.

Dilma Rousseff
Presidenta da República Federativa do Brasil


Leia

Powered by WPeMatico

11jun/13

Em coluna, Dilma fala sobre o investimento em educação superior

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Conversa com a PresidentaEm resposta a Gildásio Brito dos Santos, funcionário público de Barra do Corda (MA), a presidenta Dilma Rousseff explicou, na coluna Conversa com a Presidenta desta terça-feira (11), a distribuição de campus da Universidade Federal do Maranhão no estado. Ela ainda lembrou que 36 municípios receberam Institutos Federais de Ensino Tecnológico Superior em 36 municípios.

“A expansão da educação superior em todo o país sempre foi uma prioridade para nós, e ganhou mais força com o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), criado em 2007. Em todo o Brasil, houve um salto de 45 para 59 Universidades Federais de 148 campus para 274. O número de municípios atendidos por Universidades Federais mais que dobrou, de 114 para 272. Serão criados mais 47 novos campus até 2014”, disse.

A presidenta ainda lembrou a sanção, na última semana, de leis que criam quatro novas universidades federais: Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), Universidade Federal do Sul Sudeste do Pará (UNIFESSPA), Universidade Federal do Sul da Bahia (UFESBA) e Universidade Federal do Cariri (UFCA). Ela afirmou que o governo continua empenhado em ampliar o acesso às universidades federais em todo o Brasil, para garantir cada vez mais a democratização deste espaço.

Confira a íntegra


Leia

Powered by WPeMatico

10jun/13

JMJ lança bichinhos de pelúcia da fauna brasileira

A Jornada Mundial da Juventude lançou uma série de bichinhos de pelúcia. Com o dia dos namorados chegando, esta é uma oportunidade para aqueles que querem presentear a pessoa amada. São seis tipos de bichos: o tucano, a onça, a arara azul, a arara vermelha, o tamanduá e o macaco. O preço dos bichinhos de pelúcia é de R$79,90, com venda exclusiva pelo site oficial da Jornada.

Powered by WPeMatico

10jun/13

Desafios com a preparação da Copa das Confederações foram superados, afirma Aldo

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Ministros debateram organização da Copa das Confederações. Jose Cruz/ABr

Ministros debateram organização da Copa das Confederações. Jose Cruz/ABr

As dificuldades e os desafios na preparação para a Copa das Confederações foram superados. Essa foi a conclusão do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, depois de reunião, nesta segunda-feira (10), no Palácio do Planalto, de representantes dos ministérios envolvidos na preparação para o evento.

“Repassamos todos os planos operacionais relacionados com as seis cidades-sede: os dois ciclos de reuniões com as cidades, com os estados, com os organizadores para repassar todas as tarefas dos planos operacionais. E concluímos que superamos todas as dificuldades, todos os desafios relacionados com a preparação da Copa, desde a entrega dos estádios. Todos foram entregues e testados em eventos”, explicou.

Segundo o ministro, entre as áreas repassadas estão segurança, com a entrega de equipamentos para os centros de comando e controle; mobilidade, com planos especiais de trânsito para os dias dos jogos; comunicações, com a promessa das operadoras para garantir a qualidade do serviço; e turismo, com atenção especial para evitar que hotéis cobrem preços abusivos durante o evento. Para Aldo, a Copa das Confederações já é um sucesso.

“Ela já está sendo um sucesso porque, na medida em que nós entregamos os estádios, preparamos os planos operacionais, começamos a receber as delegações, os turistas, gerando emprego, renda para a população. Eu acho que isso já é uma demonstração que a Copa das Confederações é um sucesso e a Copa do Mundo também será um sucesso”, acredita.


Leia

Powered by WPeMatico

10jun/13

Queremos ser parceiros solidários e fomentar um intercâmbio crescente com Portugal, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (10), em Lisboa, em brinde durante jantar oferecido pelo presidente de Portugal, Cavaco Silva, que conta com a afinidade de valores, raízes comuns e a energia que provém do sentimento profundo de amizade entre brasileiros e portugueses para realizar os objetivos em comum. Dilma afirmou ainda que o Brasil deseja ser um parceiro solidário de Portugal.

“O Brasil acompanha com atenção o esforço do povo português para atravessar uma circunstância econômica estagnante. Conhecemos a história de Portugal, a grandeza de seu povo, a energia de seus filhos empreendedores. Somos um povo herdeiro dessas qualidades. Sabemos que as dificuldades transitórias serão superadas, queremos ser parceiros solidários e fomentar um intercâmbio crescente. Afinal, os verdadeiros amigos são aqueles que se fazem presentes nos momentos de dificuldade”, disse.


Leia

Powered by WPeMatico

10jun/13

Brasil e Portugal estão mudando o patamar da relação, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff afirmou, depois de encontro com o presidente português, Aníbal Cavaco Silva, nesta segunda-feira (10), que a relação entre Portugal e o Brasil está mudando de patamar com investimentos diretos de empresas. Ela lembrou da atuação da Embraer, com a inauguração de duas unidades em Évora, e da Galp, empresa portuguesa de petróleo que participa da exploração do pré-sal.

“Nós temos todo o interesse de ampliar a nossa relação comercial e os investimentos recíprocos que temos entre os nossos países. Nós estamos mudando o patamar desse relacionamento, eu acredito, que para além dos tradicionais campos nos quais sempre cooperamos, de importação de produtos primários ou manufaturados simples”, afirmou Dilma, em declaração à imprensa.


Leia

Powered by WPeMatico

10jun/13

Brasil bate recorde de produção de alimentos com menor desmatamento em 24 anos

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Café com a presidentaA presidenta Dilma Rousseff falou, no Café com a Presidenta desta segunda-feira (10), sobre os R$ 136 bilhões em investimentos para o Plano Safra da Agricultura e da Pecuária 2013/2014, e destacou o desenvolvimento da agropecuária brasileira, combinado com a conservação ambiental. Em 2012, a produção de grãos cresceu quase 11%, chegando a safra recorde de 184 milhões de toneladas, e a área plantada aumentou 4,6%. Ainda assim, foi registrado o menor desmatamento na Amazônia nos últimos 24 anos.

“No ano passado, nós atingimos a menor taxa de desmatamento na Amazônia dos últimos 24 anos. Ao mesmo tempo, nós batemos recordes de produção de alimentos no Brasil. Isso mostra que nós temos a capacidade de combinar o crescimento da produção agrícola com a proteção do meio ambiente. E neste Plano Agrícola, nós ampliamos ainda mais o Programa ABC, que significa Agricultura de Baixo Carbono, que vai ter R$ 4,5 bilhões para financiar práticas sustentáveis na agricultura, como, por exemplo, o plantio direto na palha, a recuperação de pastagens degradadas, a plantação de florestas”, detalhou Dilma.

A presidenta também lembrou da importância da criação da Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater), que terá a missão, por meio de empresas públicas e privadas contratadas, de levar a tecnologia pesquisada e desenvolvida pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) para os pequenos e médios produtores rurais. Segundo Dilma, a agência ainda trará de volta para a Embrapa as necessidades e demandas dos agricultores e pecuaristas.

“A Anater é uma novidade. Com ela, nós vamos aumentar o acesso dos agricultores do nosso país ao conhecimento e à tecnologia que vão ajudar a melhorar a produtividade no campo. A Anater vai trabalhar muito ligada à Embrapa. Uma, a Embrapa, pesquisa, cria tecnologias, inova processos e produtos; a outra difunde essa tecnologia, esses processos e esses novos produtos, e faz com que o agricultor, o pecuarista tenha acesso ao que há de melhor em matéria de inovação e novas práticas. A Anater vai atender a toda agricultura brasileira, pequenos, médios e grandes produtores”, afirmou.

Confira a íntegra


Leia

Powered by WPeMatico

10jun/13

Agenda: encerramento do Ano do Brasil em Portugal

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Agenda presidencialA presidenta Dilma Rousseff, nesta segunda-feira (10), está em Portugal, onde participa, às 17h10 (horário local, com mais 4h em relação a Brasília), de encontro com o presidente português, Aníbal Cavaco Silva, no Palácio de Belém. Às 17h55, será feita uma declaração à imprensa. E, às 18h30, ela se reúne com o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho. Dilma ainda participa, às 20h45, de cerimônia de entrega do Prêmio Camões, no Palácio Nacional de Queluz; e, às 21h15, de jantar oferecido jantar pelo presidente de Portugal.


Leia

Powered by WPeMatico

07jun/13

Dilma Rousseff emite nota sobre eleição de Paulo Vannuchi para Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff emitiu, nesta sexta-feira (7), nota em que afirma que a eleição do ex-ministro Paulo Vannuchi para uma das vagas da Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos é motivo de orgulho para o governo brasileiro.

Confira a íntegra

A eleição do ex-ministro Paulo Vannuchi para uma das vagas da Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos é motivo de orgulho para o governo brasileiro.

No Brasil, Vannuchi consolidou o papel institucional da Secretaria de Direitos Humanos e contribuiu para o resgate da verdade histórica sobre as vítimas da ditadura.

Sua capacidade de trabalho, seu empenho e dedicação asseguram que dará contribuição relevante à OEA e ao compromisso brasileiro com o fortalecimento do Sistema Interamericano de Direitos Humanos.

Dilma Rousseff
Presidenta da República Federativa do Brasil


Leia

Powered by WPeMatico

06jun/13

Agência tem missão de difundir tecnologia para pequenos e médios produtores, afirma Dilma

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

Presidenta lança Plano Safra da Agricultura Familiar e envia projeto para criação da Anater. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR.

Presidenta lança Plano Safra da Agricultura Familiar e envia projeto para criação da Anater. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR.

Durante o anúncio do Plano Safra da Agricultura Familiar 2013/2014, nesta quinta-feira (6), que inclui investimentos de R$ 39 bilhões, a presidenta Dilma Rousseff encaminhou projeto de lei para o Congresso Nacional, em regime de urgência, para a criação da Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater). Segundo Dilma, o novo órgão terá o objetivo de difundir a tecnologia para pequenos e médios produtores rurais.

“A Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural é um órgão de difusão de tecnologia para quem não tem acesso a tecnologia, e que não tem acesso nós sabemos que está concentrado nos pequenos, nos médios e em alguns grandes produtores. (…) Porque tem de levar o acesso à tecnologia? Porque nós mudamos o patamar. Com tecnologia, você produz na mesma área mais e melhor, diminui o custo da propdução, se adapta e respeita o meio ambiente onde está”, justificou.

A presidenta ainda ressaltou a integração entre a Anater e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Segundo Dilma, a comunicação entre as duas empresas tem o objetivo de levar para os agricultores familiares e médios a assistência técnica baseada na tecnologia produzida pela Embrapa, e trazendo de volta as demandas dos produtores no campo, numa via de mão dupla.

“Esse é o processo de democratizar a tecnologia. Primeiro, difundir e, segundo, olhar a demanda. Ver o que as pessoas precisam. Então, eu concordo que essa era uma obsessão do governo federal. (…) O que nós queremos com a agência, é que a gente suba essa média. Que a gente permita que mais produtores brasileiros sejam capazes de produzir mais em uma área menor, ou em uma área igual, com maior produtividade e eficiência”, afirmou.

Segundo o ministro Pepe Vargas, a Anater terá como principal papel a contratação de assistência técnica e de empresas para verificar a qualidade dos serviços prestados. Ele ainda deu mais detalhes sobre a integração entre a Anater e a Embrapa, com o presidente da agência, por exemplo, integrando o Conselho Deliberativo da empresa de pesquisa. Em coletiva, Vargas também afirmou que o novo órgão deverá contar com aproximadamente 130 funcionários e um orçamento, já em 2014, de cerca de R$ 1,3 bilhão.


Leia

Powered by WPeMatico

06jun/13

Plano Safra da Agricultura Familiar 2013/2014 terá R$ 39 bilhões

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

A presidenta Dilma Rousseff anuncia, nesta quinta-feira (6), o Plano Safra da Agricultura Familiar 2013/2014 com o investimento de R$ 39 bilhões. O Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), principal fonte de crédito de custeio e investimento dos pequenos produtores, terá o investimento de R$ 21 bilhões, uma expansão de mais de 400% desde 2003.

O lançamento para a safra 2013/2014 marca os dez anos do Plano para a agricultura familiar. Nesse período, a renda da agricultura familiar cresceu 52%, o que permitiu que mais de 3,7 milhões de pessoas ascendessem para a classe média. O segmento é responsável por 84% dos estabelecimentos rurais do País; 33% do Produto Interno Bruto (PIB) Agropecuário e por empregar 74% da mão de obra no campo.

Dez anos

Em dez anos de Plano Safra da Agricultura Familiar, 2,5 milhões de agricultores familiares movimentaram R$ 97 bilhões. O investimento do governo federal foi de R$ 22,3 bilhões para a safra 2012-2013, 430% a mais do que o destinado no primeiro plano, destinado ao perído 2002-2003. Nesta quinta-feira (6), será lançado a nova edição do plano para a safra 2013-2014.

Já a compra de alimentos pelo governo federal movimentou R$ 4,5 bilhões e apoiou cerca de 160 mil famílias durante os dez anos de Plano Safra. O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) é uma das políticas públicas centrais no fomento à agricultura familiar e recebeu R$ 1,2 bilhão na safra atual (2012-2013) – 630% mais do que os R$ 164,6 milhões de 2003.


Leia

Powered by WPeMatico

06jun/13

IBGE confirma safra recorde de 185,9 milhões de toneladas

Reproduzimos aqui o blog do Planalto Federal.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) confirmou, nesta quinta-feira (6), que o Brasil vai colher 185,9 milhões de toneladas de grãos na safra de 2012/13, ou seja, 14,8% superior à safra passada (161,9 milhões de toneladas). Já a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima uma produção de 184,30 milhões de toneladas, representando um crescimento de 10,9% em relação à produção anterior, que foi de 166,17 milhões de toneladas.

Os levantamentos de safra apresentam números divergentes porque o IBGE e a
Conab operam com metodologias distintas, mas reafirmam a tendência de uma produção agrícola recorde, indicada desde a divulgação das primeiras pesquisas referentes à safra 2012/13.

O IBGE apurou neste quinto levantamento de safra um crescimento de 0,5%, isto é, mais de 959.709 toneladas em relação à estimativa de abril (161,9 milhões de toneladas). A área a ser colhida em 2013, estimada em 52,9 milhões de hectares, cresceu 8,4% frente a 2012 (48,8 milhões de hectares) e 0,2% (+128.262 hectares) frente à prevista no mês anterior.

Ainda segundo o IBGE, o arroz, o milho e a soja – representam 92,2% da estimativa – responderam por 86,0% da área a ser colhida. Em relação a 2012 houve acréscimos na área de 8,9% para o milho, 10,9% para a soja e um pequeno decréscimo de 463 ha (-0,0%) na área colhida de arroz. Quanto à produção estimada, os acréscimos em relação a 2012 foram de 3,9% para o arroz, de 10,0% para o milho e de 23,5% para a soja.

Conab

Por sua vez, o 9º. levantamento da Conab indica que o aumento foi de 18,13 milhões de toneladas em relação à safra anterior se deve, sobretudo, às culturas de soja e milho segunda safra, que apresentam crescimento nas áreas cultivadas de 10,7 e 17,5%, respectivamente.

A pesquisa da Conab informa que a produção de soja deve crescer 22,4%, ou seja, 81,28 milhões de toneladas para a safra de 2012/13, ante 66,38 milhões de toneladas da última colheita. O milho 2ª safra também teve bom desempenho, com aumento recorde e 11,5% sobre as 39,11 milhões de toneladas do último ano, chegando a 43,62 milhões de toneladas.

O levantamento da Conab identificou que a área total plantada cresceu 4,6% sobre as 50,89 milhões de hectares da safra passada e chegou a 53,20 milhões de hectares.


Leia

Powered by WPeMatico

05jun/13

Voluntariado: um trabalho que santifica

Importante ofício na construção de um evento internacional como a JMJ, as traduções também podem ser ocasião de crescimento espiritual e santificação. Foi essa a experiência vivida pela voluntária italiana Cláudia Giampietro quando foi escalada para ser intérprete da visita da comitiva litúrgica do Vaticano presidida pelo monsenhor Guido Marini.

Powered by WPeMatico